Advertisements

Sobre a Copinha

Muitos são os pedidos para que este espaço comente a primeira rodada da Copinha.

Não posso enganar o leitor.

Qualquer vitória de equipe grande na primeira fase, contra equipes inexpressivas e que disputam o torneio apenas para promover atletas de empresários, são tão obrigatórias e evidentes que impossibilitam uma análise verdadeira.

Somente após as quartas de final, quando os melhores times do torneio estiverem na disputa, poderemos ter a real noção da qualidade das equipes e de seus atletas.

Dos jogos que vi ontem, a equipe do São Paulo demonstrou ter um atleta interessante e que merece ser melhor observado.

Lucas Gaucho fez gols com a categoria de quem parece entender do riscado.

O Corinthians, assim como a grande maioria dos grandes, atropelou uma das molezas do campeonato.

Gostei do futebol do garoto Jadson e também do menino Elias.

Dos filhos de dirigentes, André Vinicius não comprometeu, e Fran entrou apenas no final, com poucas oportunidades de demonstrar seu futebol.

Voltaremos a comentar algo sobre o torneio após as quartas de final, ou em caso de algum acontecimento extraordinário.

Facebook Comments
Advertisements

14 comentários sobre “Sobre a Copinha

  1. Moura

    O lobby em favor dos filhos do diretor e do conselheiro foi grande.. Matérias foram destaques no jornal Lance de ontem e no site da Globo..

  2. terencio trindade

    No ano passado não comentou no final. Espero que agora cumpra a promessa. Apesar que como costumo dizer, você comentando futebol é um ótimo jornalista policial.

  3. Nemias

    O Andre Vinicius jogou muito
    Muleque de personalidade
    Pode esquecer a possibilidade de nepotismo

  4. Ronaldo Fenômeno

    Você deveria deixar para trás as mágoas do passado e torcer para o Timão ser Campeão da Libertadores em 2010…

  5. Sidney

    O Corinthians ganhou bem, mas a expulsão do zaqueiro adversário foi estranha ou não.

  6. Simon

    Olá Paulinhoo, parabéns pela matéria, ontem assisti o jogo, achei muito chato pois o adversario era muito fraco.
    O mais estranho foi o fato do reporter da sport Tv toda hora falar no nome do filho do andré negão, devo reconhecer que o menino nao comprometeu, mas também não jogou contra ninguem, qto o filho do fran, jogou pouco tempo e não teve chance de exibir o seu futebol, mas acontece espero que no próximo jogo o técnico permita que o “franzinho” possa jogar um pouco mais.

    Abraços.

  7. Alex

    Eu nunca tinha visto o filho do Negão jogar, mas tirando o fato de ser filho de um pai teoricamente podre, o garoto tem boa estatura, é veloz e apesar do fraco adversário, jogou muita bola na minha opinião.
    Deu pra ver que joga sério quando precisa e sabe sair jogando. Gostei de algumas investidas ao ataque e acho que ele tem tudo para ser um grande jogador, apesar do pai, é claro!

    Sobre o Franzinho… não vi nada de que tenha chamado a atenção.

  8. Pingback: Incompetência premiada « Blog do Paulinho

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: