Advertisements

A Prefeitura insiste no Morumbi

A FIFA mais uma vez emitiu parecer contrário à utilização do Morumbi para a Copa do Mundo.

Desta vez falou sobre as arquibancadas.

Disse que não há lugares suficientes, e adequados para o torneio.

Que, no máximo, poderia receber partidas da primeira fase da Copa.

Gilberto Kassab, são-paulino, insiste na candidatura Tricolor.

Fato que pode atentar contra sua gestão, no caso de não aprovação definitiva pela entidade.

A cidade de São Paulo não pode ficar relegada a partidas menores de um torneio mundial, o maior de todos, do esporte mais popular do Planeta.

O Morumbi é a melhor opção no momento, desde que as coisas caminhem nos prazos já estipulados.

A Prefeitura tem que assumir logo que injetará dinheiro publico na empreitada e iniciar as obras, ou desistir rapidamente, ainda a tempo de evitar o vexame.

Advertisements

Facebook Comments

166 comentários em “A Prefeitura insiste no Morumbi”

  1. Paulinho, o recado foi dado. Se persitirem com o Morumbi, a cidade de São Paulo perderá a abertura da copa.
    Convenhamos, seria um mico e tanto.

  2. kkk… estão trabalhando a todo vapor para tirar o Morumbi. A FIFA só fale de Morumbi, tem muita sujeira ai. O Maracanã, o Mineirão, o Beira Rio hoje são piores que o Morumbi???

    Sobre arquibancadas?? tem gente trabalhando muito forte para tirar a candidatura do Morumbi, e gente influente.

    Vc paulinho, da pulos de alegria quando ve uma noticia da FIFA batendo no Morumbi. Não fale sobre injustiça feita com o estádio e se quer menciona uma possivel politicagem para tirar o Morumbi da copa. Ate porque vc faz parte dessa cupula!

  3. Ah sim os outros estádios do Brasil estão todos em perfeitas condições. O único problema do Brasil para a copa do mundo é o Morumbi. O único que não tem dinheiro é o Morumbi. Os outros estão uma beleza só.
    A Fifa errou em escolher o brasil como sede de copa do mundo. Aqui não se tem condições de construir um hospital imagina um estádio.

    Mas a fifa não devria ter visto isso antes de escolher o brasil como sede?

  4. Não entendo a fúria das torcedoras do time da Vila Sônia. Se a Fifa diz que não pode, pra que insistir? E outra, o Kassab deveria ser um pouco mais útil à população e parar de pensar que o mundo é uma bola azul em torno de seu umbigo….

  5. Mas voce não acha estranho? Primeiro o problema era a area de entrevista, mudaram o projeto, depois foi a area externa, tambem resolveram.. agora é a capacidade interna…
    Tenho certeza que esse secretario esta querendo ganhar dinheiro construindo um novo estadio.
    Enquanto isso os demais estadio sem nada a reclamar.

  6. Não é porque os outros estádios são ruins que o morumbi passa a ser bom.

    O projeto lançado pelo são paulo é ruím….

    mesmo depois da reforma, pelo projeto, tenha grana ou não, é ruím….

  7. Olha tudo o q vier do Jerome Valke, deve ser descosiderado, pois o mesmo possui interesse na construção de uma nova arena em SP, onde ja até indicou investidores russos para isso.

    É incrivel como ele sempre quer criar empecilho na candidatura unica e exclusiva do Morumbi. Uma hora é o entorno do estadio, outra hora é espaço na arquibancada (o q so pode ser brincadeira), agora so falta ele falar q não pode ser estadio oval, tem q ser quadrado….hahaha

    Olha o q saiu no site da gazeta esportiva ontem, falando q BNDES garante Morumbi e mais quatro sedes, onde conclui-se q não é apenas o Morumbi que esta com problemas para conseguir investidores, pois os 3 estadios particulares, incluindo outros utilizarão os recursos deste banco.

    http://www.gazetaesportiva.net/nota/2009/09/21/600493.html

    O problema é q o Morumbi ja é a sede de SP, e esse tal de Jerome Valke, o mesmo q se envolveu em escandalos com as administradoras de cartões não deve ser levado a sério, homem sem credibilidade e que busca a todo custo beneficiar seus interesses.

  8. http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20090922/not_imp438807,0.php

    MORUMBI VETADO PARA A ABERTURA

    Secretário-geral da Fifa critica novo projeto e diz que estádio só tem condição de receber jogos menores

    Jamil Chade, ZURIQUE

    A Fifa endurece o discurso contra o Morumbi e veta, agora, o novo projeto apresentado pelo São Paulo. A abertura do Mundial de 2014 e os jogos importantes, como as semifinais, não poderão ser realizados no estádio do São Paulo, segundo a entidade. No próximo fim de semana, o comitê executivo da Fifa desembarca no Rio. O Estado apurou que alguns de seus integrantes vão visitar São Paulo para verificar a situação.

    Agora, o problema do Morumbi não é mais apenas sua parte externa, mas também a capacidade interna para organizar os jogos da Copa. A Fifa afirmou que o plano de reforma apresentado pelo clube é insuficiente. “Não vamos assinar embaixo de um projeto como esse”, afirmou o secretário-geral Jerome Valcke. Hans Klaus, diretor de comunicações, vai mais longe e insinua que a solução pode ser mesmo construir outro estádio. “A grande questão é se um estádio de algumas décadas está adaptado para hoje”, disse Klaus ao Estado.

    A Fifa e o São Paulo vêm travando batalha nos últimos meses. Valcke confirmou que o primeiro projeto apresentado pelo clube não permitiria o uso do Morumbi para a Copa. No dia 8, Valcke havia afirmado que o estádio tem problemas de estrutura, principalmente nas imediações. E chegou a cogitar a possibilidade de ser construído outro estádio na capital paulista. “Na recente visita que fizemos ao Brasil constatamos, por exemplo, que há um problema grave de espaço em São Paulo, sobretudo na área externa”, declarou o secretário na ocasião.

    No mesmo dia, o São Paulo respondeu às críticas. “O São Paulo está absolutamente seguro de que o projeto apresentado em 4 de setembro atende sobremaneira a todas as exigências oficialmente formuladas pela Fifa”, destacou o clube em nota oficial. Os dirigentes prepararam nova proposta e a enviaram à Fifa. As modificações em relação ao projeto original se referem especialmente ao acesso ao estádio, à falta de estacionamento e à tribuna de imprensa.

    Valcke deixou claro que essas questões não foram resolvidas e disse que ainda há problemas de falta de capacidade interna. “Algumas coisas estão melhores, mas faltam muitas a resolver”, afirmou. “Não podemos assinar um papel dizendo que está tudo bem.” Valcke observou que o “problema central” é a falta de espaço interno. “Se a cidade quer jogo da semifinal, precisa ter 65 mil lugares. E não tem”, disse.

    Técnicos da Fifa explicaram que o novo projeto do Morumbi fala em 62 mil lugares, mas sem as condições de segurança adequadas. A exigência da Fifa é de que o estádio tenha pelo menos 60 mil assentos para a abertura e 65 mil para a semifinal.

    Valcke optou por não entrar em detalhes. Mas sua equipe indicou que, se as regras de segurança forem aplicadas, o estádio teria capacidade inferior a 60 mil espectadores. “Não estamos pedindo, por enquanto, um novo estádio. O que dizemos é que o Morumbi não é um estádio perfeito para a Copa, se quiser receber um jogo do nível de semifinal ou a abertura”, disse Valcke. Além disso, a Fifa continua apontando probemas no acesso ao estádio e na área de imprensa.

  9. Viajou, a arena produtora de gaz pode até ficar pronta amanha, mas não será sede da copa, ja é o Morumbi. Acorda para a vida palmeirense frustado.

  10. Outra meu amigo Gustavo, o grande problema é começarem a construção da Arena, cuidado q o grande Belluzzo pode-se queimar e pagar um grande mico.

  11. O maracanã não é pior que o morumbi, após a reforma do pan ficou muito melhor, tem espaço no entorno, tem espaço dentro e de facil acesso e é o estadio mais tradicional do mundo hoje, o mineirão idem, tem espaço no entorno, dentro, e é publico e receberá merecidamente investimento publico…

    Esse papinho furado seu, que esta apenas falando as palavras dos seus dirigentes, não cola….

  12. Essa profusão notícias sobre o Morumbi deveria deixar os jornalistas intrigados, se fossem jornalistas de verdade. Senão vejamos, quando foi decidido que a Copa seria no Brasil, e que São Paulo seria a sede; devo imaginar que as autoridades esportivas, políticas tomaram decisões sobre qual local seria indicado para receber os jogos. Não foi o São Paulo, individualmente que apresentou o Estádio pra FIFA..foi a Cidade e o Estado de São Paulo que tomaram essa decisão em conjunto com o clube, federação, CBF, etc.etc
    Não tenho argumentos para discutir capacidade do estádio, se deve ou não deve sediar a copa, pois isso acredito não é o cerne do assunto. Há claramente , nos dias de hoje uma campanha orquestrada para retirar o Morumbi como sede da Copa. O São Paulo pode apresentar o projeto que for,pode derrubar o Estádio e construir outro no local, que sofrerá esta campanha .
    Só sobreviverá a esse maremoto de críticas se tiver respaldo do Governo do Estado,do Presidente da República e do Ministro dos Esportes, que parece, até esse momento,estão do lado do Morumbi. Se esses elementos pularem do barco.aí o São Paulo ficará como Mico.

    Gostaria de saber quem está por detrás disso tudo..

  13. Cada hora é uma coisa diferente.

    Primeiro a area p/ imprensa, depois a area para os caminhoes de TV, depois os vestiarios, depois o entorno… para tudo o SPFC tem respondido.

    Agora a bola da vez é a arquibancada… A proxima implicancia com certeza sera com o verde do gramado, que deve estar fora dos padroes da Fifa.

    Nao vejo uma linha sobre os demais estadios, ou melhor projetos, porque estadio ninguem tem. Qual situacao do entorno do Beira Rio ?? e das arquibancadas da Fonte Nova ?? e do Recifao ??

    Hoje o Painel da FSP diz que o diretor da Fifa tem ligacoes com empreiteiras. Sera que isso explica parte da coisa ??

    Voce nao acha que isso tb vale um post ??

  14. Como você é cara de pau, Paulinho!

    Até hoje não li no seu blog, uma única crítica ao tal Jerôme Valcke, envolvido no imbróglio Mastercard-Fifa, quando o então diretor de marketing mentiu em ação da Mastercard movida contra a Fifa, o que acabou custando U$90milhões à entidade máxima do futebol. E depois disso, ainda foi promovido para o cargo de secretário-geral.

    E mais, ele está ou não por trás dos interesses econômicos de empreiteiras?

    Que diferença pro Juca Kfouri, que reiteradas vezes desmacarou esta figura, seja nas suas colunas da FSP, no blog ou na CBN.

    Você neste ponto: Morumbi-Copa2014, claramente escreve em “sintonia” com o Citadini, seu “parceiro” e fonte ligada ao Corinthians.

    Pra que destacar “Kassab, são-paulino”?
    “[…] ou desistir rapidamente, ainda a tempo de evitar o vexame”?

    Você subestima a inteligência dos seus leitores, Sr. Paulo…

    Paulinho: Falou bobagem. Evidente que o dirigente da FIFA é um bandido. MAs não quer dizer que seu parecer, neste caso, é equivocado. O SP tem que reformar o estádio. Sou a favor do Morumbi, desde que seja utilizado dinheiro privado. Simples.

  15. devido a ter tanta força contrária, o spfc tem que retirar a candidatura mesmo e deixar que construam um estádio com o dinheiro publico, já que é isso que o povo de são paulo quer. um abraço.

  16. E o Chiqueirão lá tem ou vai ter capacidade para 65 mil pessoas? Acorda! Se a capacidade do Morumbi não é suficiente, imagine a do Chiqueiro…

  17. Chará, como diz o ditado, ” em terra de cego, quem tem um olho é rei”, o SPFC sempre foi rei com um olho apenas, num país miserável, o time do Morumbi destacou e soube aproveitar a oportunidade oferecida pelo senhor Laudo Natall (prefeito e governador de são paulo), ganhou o Morumbi e deitou em berço esplendido, achando que tinha o melhor estado particular do mundo………vc esta desinformado ou não deve conhecer estes estádios, o Maracanã é muito melhor que o morumbi , é um estádio central, com trêm a poucos metros , o problema seria estacionamento, o Mineirão idem, a diferença é que por serem estádios estaduais ninguém esta gritando com a inevitável utiliização de dinheiro público.
    mas pode ficar tranquilo, se tiver jogos em SP, será no morumbi.

  18. Mais uma vez o SPFC quer utilizar o dinheiro do povo para beneficio proprio. Já nao basta o terreno e o financiamento do privadão na década de 1960/70.

    Esse time me da nojo. Nao ligo onde seja disputada a Copa, desde que a obra seja financiada com dinheiro privado, que seja até no “fielzão.”

    http://www.sanguepalestra.wordpress.com

  19. Caro Emerson, das 12 sedes escolhidas, apenas três estádios são particulares Morumbi , Beira Rio e Arena da baixada o melhor dos 3 porém pequeno demais, todos os demais são ou serão públicos, então a cobrança por utilizar dinheiro público ocorrerá, mas o que for gasto justa ou injustamente será incorporado ao patrimonio público, totalmente diferente do que esta prestes a acontecer em SP, o governo municipal e estadual vão ajudar a maquear o morumbi, contruir um edificio garagem anexo , em uma praça pública ,que só será usado depois da copa parcialmente em dias de jogos do SPFC ou quando mandar jogos com os outros grandes de SP, ou seja , novamente a história se repetira, no qual apenas o SPFC será beneficiado………….penso existir coisas mais prioritárias do que copa do mundo, mas já que aceitou-se fazer que faça o melhor, e a cidade mais rica desta merda de país não puder ter um estádio decente é assinar o atestado de completa incompetencia. Hoje é mais barato investir na contrução de um estádio, em uma área com infra estrutura montada (metro,hospital, localização, vias de acesso, etc,etc) do ue maquear o morumbi, só que o que prevalece hoje é a hipocrisia e o politicamente correto e ninguém quer assumir a responsabilidade e declarar-se favorável a contrução de um estádio público.
    Grato

  20. Arena em 2012???????………….kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Todos nós sabemos mto bem que os reais motivos dos atrasos da reforma do pinga mijo, não documento não, é a possível (mesmo q minima) troca de estadio sede de SP, pois so irão construir se forem sede, pois ai valeria o investimento, estão enrolando o Palmeiras.

    Assim q confirmarem o Morumbi, oq acontecerá dia 30, a falida e sem credibilidade WTorre anunciará o fim da reforma do pinga mijo.

    Pode anotar ai.

  21. hauahuahauahuahauahahua esse post foi engraçado, o morumbi nao tem lugares suficientes???? hauhauhauahuahahua ai ai ai ai

    cabe 80 mil no estadio e nao tem lugar suficiente……..hauahuahaa cada uma….é na javari que cabe, no morumbi nao……

    alias vcs deveriam agradecer ao sao paulo que sozinho esta tentando levar o nome da cidade num grande evento esportivo, novamente né, pq é o unico time da cidade que aparece pro mundo, pq se dependesse do guarani da pompeia e do braga do tatuape nos estariamos perdidos, nem jogo de copa teria aqui, pq sao dois times sem titulo e sem estadio, o sao paulo leva a cidade nas costas, essa é a realidade, isso que da termos apenas um time grande na cidade

  22. Esse cara da Fifa é amigo do Teixeira e ligado a empreiteiras.
    O mandatário da CBF pede que ele fale essas coisas para minar a chance de parceiros do SPFC nas reformas.

    O Lula tá p… com o CBF king e já falou que o São Paulo tem emprestimo garantido e que as obras vão acontecer!

    Isso é briga politica.

    São Paulo não pode construir outro estádio por questões geográficas. Além disso é melhor modernizarmos os 4 estádios grandes que já temos em São Paulo. (Pacaembu, Morumbi, Palestra e Canindé)

    Não temos tantos jogos que justifique tal construção. Vide a Arena Barueri.

  23. Dinheiro público, ou seja, meu dinheiro, para um estádio particular, ou melhor, de propriedade única e exclusiva do SPFC?

    Ou seja, sr. Kassab, isso significa que eu que sou palmeirense, meu vizinho que é corintiano e outros milhões de contribuintes que não torcem pelo SPFC terão seu dinheiro usado para a reforma do estádio particular de propriedade única e exclusiva do SPFC, time para o qual não torcem?

    Ou seja, nós que não torcemos pelo SPFC somos todos otários? Esse é o recado, sr. Kassab?

    Pena que, 40 anos depois, essa nova tentativa de golpe no bolso do contribuinte em prol do ESTÁDIO PARTICULAR MAIS PÚBLICO DO MUNDO não terá exito, mas graças a Fifa, que dia após dia vem minando a candidatura do Panetone Stadium em doses homeopáticas, afastando possíveis investidores que não colocam dinheiro em incertezas. Graças a Deus, a justiça será feita!

  24. o pior de tudo nessa história que já ta enchendo o saco é que os torcedores insanos do SP ainda se vangloriam de terem um estádio como sede (que duvido seja) de uma copa como essa de 2014.

    será que nunca vão entender que essa copa nada mais tem do o propósito de encher ainda mais os bolsos desses politicos FDP???

    ao inves de gastarem os dedos digitando coisas imbecis aqui, porque não vao fazer protesto contra essa copa???

    épor isso que sempre digo

    “o povo tem os politicos que merece”

    bando de analfabetos politicos

  25. Se são paulo ficar fora da abertura e não receber jogos importantes das fases de mata – mata , vai ser uma vergonha !!!!!!! Imagina a maior e mais rica cidade do país perder para BERIZONTE ???? QUE MICOOOOOO!!!!!! ACHO QUE O MORUMBI NÃO SERÁ PALCO DA ABERTURA MESMO, É SÓ VER A ABERTURA DAS ULTIMAS OLIMPIADAS E COPAS …..OS ESTADIOS SÃO LUXUOSOS , EXISTE ESPAÇO FORA E DENTRO DOS ESTADIOS ………….MAS VAMOS VER O QUE QUE DÁ ……..

  26. E tudo caminha para a construção de um estádio (elefante branco) em Brasilia, ou pior, um para o curintia.

    Ei paulinho, pq vc nao investiga este tal Jerome, talves ele tenha “parcerias” com certas cúpulas daqui.

    Quem atuallmente patrocina a fifa?

    Se a patrocinadora for igual a de algum clube brasileiro, ja estara explicado, vide o mundial de 2000 que o clube vencedor tinha como ‘investidor’ o mesmo patrocinador da fifa

  27. Vc é tão bom Jornalista q ate agora não se deu conta(OU FINGE Q NÃO) q so criticam o MORUMBI, parece ate q os outros projetos estão perfeitos, pq sera???

    Antes aram os pontos Cegos, depois o local pra imprensa dentro do Estadio, depois o Lugar pra carros de transmissão fora do estadio e receber os VIPs, todos os SP mostrou soluções, ai eles inventam um novo.

    Ta mais do q claro q isso tudo esta sendo feito não pq é o SPFC, se fosse qualquer outro clube o dono do Morumbi fariam o mesmo, estão querendo é ROUBAR dinheiro, e levar a abertura da Copa para Minas Gerais do Aecio Neves grande amigo do Ricardo Teixeira.

    Mas é melhor fingir q estão fazendo esse circo todo “apenas” pq o MORUMBI não serve…

  28. Tomei a liberdade de colar abaixo o comentário do Luis Carlos Qurtarollo sobre o assunto. achei interessante e bem colocado:

    É, acho que a Fifa não quer o Morumbi na Copa de 2014.

    Daqui a pouco o Sr. Jerome Valcke, secretário-geral da entidade, dirá que o estádio não serve nem para treinamento das Seleções.

    Por que isso? É estranho. Todo mês o Sr. Valcke vem a público para dizer que o Morumbi não serve.

    Eu ouvi ainda no ano passado e não acreditei muito, mas já estou mudando de ideia.

    Um dirigente me disse: “Vão enrolar o Morumbi até não mais poder e depois forçarão uma barra para que seja construído um novo estádio em São Paulo. Aí como o tempo já será escasso, o Governo Federal (leia-se Lula) entra na parada a toque de caixa, sem precisar de licitação, e faz a Arena. Como aconteceu nos Jogos Pan-Americanos, lembram-se?”

    É um estádio fantasma que assusta o Morumbi.

    A maquete sobrenatural ou virtual, como queiram, tem aficionados de grande porte e é mais difícil lutar contra o que ainda não existe.

    São Paulo sozinho, por mais santo que seja o seu nome, não segura essa. Haja exorcistas.

    Eu e você internauta ainda estamos em setembro de 2009, mas tem gente já vivendo em 2014, pensando lá na frente e garanto que não é para o nosso bem.

    Um novo grande estádio em São Paulo seria utilizado por qual clube depois da Copa?

    Seria barato. Só uma taxinha de manutenção para não ficar parado.

    Seria mais um Elefante Branco no país chamado Brasil.

    O que devia acontecer é uma adaptação do que já existe e acabar com essa estória de que tem que se construir 10 ou 12 novas Arenas para a Copa do Mundo.

    E, depois? Quem vai utilizar essas Arenas?

    De que adianta ter um estádio para 100 mil pessoas se não enche nunca.

    O custo da manutenção é muito alto e a Copa do Mundo só dura um mês.

    Quantos jogos porventura aconteceriam em cada Arena durante a Copa?

    Cerca de no máximo 4 para as capitais mais importantes, dois ou um naquelas mais distantes.

    Mais um fato que deveria ser levado em consideração pela Fifa e por todos aqueles que defendem novos estádios no país.

    A Copa do Mundo hoje é um show de televisão, é um evento mais turístico do que para o povo do próprio país.

    Ou alguém aí acha que o brasileiro terá condições de pagar 200 dólares para ver um jogo de Copa do Mundo.

    Os torcedores brasileiros na sua grande maioria não pagarão.

    Verão pela televisão. É um evento para estrangeiro ver.

    Até o horário não terá nada a ver com os nossos costumes.

    Os jogos são feitos para a televisão e para a TV da Europa, não para a tv brasileira.

    Portanto, não haverá jogos às 22 horas, o que já é um ganho.

    Os horários serão provavelmente às 11, 13 e 15 horas, quando muito 16 horas, para pegar a noite começando na Europa.

    Não será necessário nem gastar muita energia elétrica. Os jogos serão com luz natural no Brasil.

    Então porque toda essa fobia por novas e caras Arenas?

    O ideal é se cobrar ingressos mais caros e deixar como está.

    Se um estádio tem capacidade para 30, 40 ou 50 mil lugares, está de bom tamanho. Encheu, encheu e acabou. Sem mais discussão.

    Mas a Fifa “escraviza” o país sede no seu chamado Caderno de Encargos.

    O “Caderninho” é o maior troféu político e de negociação da entidade.

    Em cima dele todos tem que conversar.

    E a conversa está indo bem rápida.

    Ou o São Paulo senta e conversa ou São Paulo, a capital, vai ficar na periferia da Copa do Mundo.

    Cá entre nós, não sei se seria tão ruim assim.

  29. É, acho que a Fifa não quer o Morumbi na Copa de 2014.

    Daqui a pouco o Sr. Jerome Valcke, secretário-geral da entidade, dirá que o estádio não serve nem para treinamento das Seleções.

    Por que isso? É estranho. Todo mês o Sr. Valcke vem a público para dizer que o Morumbi não serve.

    Eu ouvi ainda no ano passado e não acreditei muito, mas já estou mudando de ideia.

    Um dirigente me disse: “Vão enrolar o Morumbi até não mais poder e depois forçarão uma barra para que seja construído um novo estádio em São Paulo. Aí como o tempo já será escasso, o Governo Federal (leia-se Lula) entra na parada a toque de caixa, sem precisar de licitação, e faz a Arena. Como aconteceu nos Jogos Pan-Americanos, lembram-se?”

    É um estádio fantasma que assusta o Morumbi.

    A maquete sobrenatural ou virtual, como queiram, tem aficionados de grande porte e é mais difícil lutar contra o que ainda não existe.

    São Paulo sozinho, por mais santo que seja o seu nome, não segura essa. Haja exorcistas.

    Eu e você internauta ainda estamos em setembro de 2009, mas tem gente já vivendo em 2014, pensando lá na frente e garanto que não é para o nosso bem.

    Um novo grande estádio em São Paulo seria utilizado por qual clube depois da Copa?

    Seria barato. Só uma taxinha de manutenção para não ficar parado.

    Seria mais um Elefante Branco no país chamado Brasil.

    O que devia acontecer é uma adaptação do que já existe e acabar com essa estória de que tem que se construir 10 ou 12 novas Arenas para a Copa do Mundo.

    E, depois? Quem vai utilizar essas Arenas?

    De que adianta ter um estádio para 100 mil pessoas se não enche nunca.

    O custo da manutenção é muito alto e a Copa do Mundo só dura um mês.

    Quantos jogos porventura aconteceriam em cada Arena durante a Copa?

    Cerca de no máximo 4 para as capitais mais importantes, dois ou um naquelas mais distantes.

    Mais um fato que deveria ser levado em consideração pela Fifa e por todos aqueles que defendem novos estádios no país.

    A Copa do Mundo hoje é um show de televisão, é um evento mais turístico do que para o povo do próprio país.

    Ou alguém aí acha que o brasileiro terá condições de pagar 200 dólares para ver um jogo de Copa do Mundo.

    Os torcedores brasileiros na sua grande maioria não pagarão.

    Verão pela televisão. É um evento para estrangeiro ver.

    Até o horário não terá nada a ver com os nossos costumes.

    Os jogos são feitos para a televisão e para a TV da Europa, não para a tv brasileira.

    Portanto, não haverá jogos às 22 horas, o que já é um ganho.

    Os horários serão provavelmente às 11, 13 e 15 horas, quando muito 16 horas, para pegar a noite começando na Europa.

    Não será necessário nem gastar muita energia elétrica. Os jogos serão com luz natural no Brasil.

    Então porque toda essa fobia por novas e caras Arenas?

    O ideal é se cobrar ingressos mais caros e deixar como está.

    Se um estádio tem capacidade para 30, 40 ou 50 mil lugares, está de bom tamanho. Encheu, encheu e acabou. Sem mais discussão.

    Mas a Fifa “escraviza” o país sede no seu chamado Caderno de Encargos.

    O “Caderninho” é o maior troféu político e de negociação da entidade.

    Em cima dele todos tem que conversar.

    E a conversa está indo bem rápida.

    Ou o São Paulo senta e conversa ou São Paulo, a capital, vai ficar na periferia da Copa do Mundo.

    Cá entre nós, não sei se seria tão ruim assim.

  30. O presidente do Atlético PR disse que não vai por o time em mais uma divida milionária por anos, só por dois ou três jogos da copa, o dinheiro que eles tem é, se não me engano de 30 a 50 milhões, que já estavam previsto no orçamento do clube para o aumento da capacidade da arena, se quiserem usar o estádio para a copa que pagem o resto das adequações ao encargo da FIFA.
    Postura que a diretoria do São Paulo devia ter assumido no inicio, e não batido no peito e dizer que reformaria o Morumbi sozinho, porque a copa é de São Paulo e não do São Paulo, então que pagem a conta, a prefeitura, o gov. do estado, federal, CBF, FIFA, para qualquer um desses deveriam dizer, “Toma a chave quando acaba a reforma me liga”.

  31. “A cidade de São Paulo não pode ficar relegada a partidas menores de um torneio mundial, o maior de todos, do esporte mais popular do Planeta.”

    A cidade de São Paulo não pode ficar sem a abertura, pela sua força economica no pais, a abertura tem q ser em SP. O estadio de Brasilia, não poderá sediar a abertura, pois será diminuida a capacidade para 40mil lugares, o mineirão e tão ruim qto o Morumbi. Então vamos dar preferencia para quem toca economicamente o pais. O Estado de SP.

    Abertura em SP ja.

  32. Falou e disse amigo Gustavo Leite. Uma Arena magnífica, cm capacidade paa 42 mil pessoas, gramado a 7 metros da arquibancada. Um caldeirão espetacular !!!
    Quanto ao Morumbi. Sem chances, a não ser que distribuam binóculos, ou melhor, telescópios para o público conseguir assistir o jogo.
    Sem condições de ser Padrão-FIFA.

    FRANCISCO TERRA. BRAÇO FORTE. MÃO AMIGA.

  33. Paulinho, o presidente do Atlético PR já disse que não gastará um tostão em reformas. O Internacional espera o dinheiro de um terreno que nem foi vendido. Os estádios públicos não realizaram as licitações, mesmo com o prazo vencido, e são todos maquetes ainda. Alguns não tiveram nem a localização definida. E o único criticado é o Morumbi?

  34. E vc realmente acredita q a Wtorres vai construir a Arena Palestra?

    Não leu as noticias?

    Ah ta. Já sei o argumento. A “imprensinha” está inventando noticias neh.

  35. Na última vez, o problema era a área externa. Agora, passou a ser as arquibancadas.

    Está mais do que na cara que existe um esquema para tirar o Morumbi da Copa. E quem tá metido nessa história é o Ricardo Teixeira, o Jerome Valcke e mais alguns que podem aparecer aí. Nem preciso falar dos corintianos invejosos, Roque Citadini, Andrés Sanches etc.

    O Gilberto Kassab e o Serra estão certos em não querer a construção de um novo estádio em São Paulo.
    Estão querendo usar a cidade pra fazer lavagem de dinheiro, pra alegrar a máfia Russa, o sr. Ricardo teixeira etc. Se o Kassab e o Serra permitirem isso, poderá ficar ruim pra eles também quando descobrirem o esquema.

    Os problemas do Morumbi já foram resolvidos com o novo projeto. Então, não tem motivos pra se construir um novo estádio. Esses caras tem que procurar outro lugar pra encher os bolsos.

  36. Ha ta bom… agora vc faz campanha para que se use dinheiro publico no morumbi desde que seja assumido pela prefeitura… tão patética sua postura quanto a do Kassab, Feldman etc…

  37. É isso mesmo Paulinho, vc tá com a galera da FIEL!!! Vamo construi o estádio lá na Freguesia do Ó e entregar pro timão!!!

  38. Mentira,
    O fato do Kassab ser são paulino não quer dizer nada.
    Ele é ligado ao mercado imobiliário… Ou seja, quer beneficiar ese setor coma construção de um estádio.

  39. Creio que fatos muito mais graves podem atentar contra a má getão de Kassab na prefeitura, fatos esses que não são sequer mencionados aqui.

  40. Paulinho, por que diabos só batem no Morumbi? Por que a imprensa e a FIFA não bate também no Mineirão? Será que o Morumbi é tão pior estádio assim?

    Você, especialista em teorias da conspiração, não vê que há algo cheirando mau nesta perseguição da FIFA?

    E pare de fazer campanha velada por outro estádio. Seja homem e diga claramente que você está torcendo para que sobre uma graninha pública e o Corinthians ganhe um novo estádio.

  41. Vamos de Panetone e pronto. Vamos parar com esse negócio de dinheiro de iniciativa privada, o estádio está com 87% de suas obras prontas, o estado de São Paulo tem força política, o projeto é um dos melhores do mundo, etc. etc. etc. Vamos cair na real. Somos país de 3o. mundo. Ninguém vai meter um tostão em canoa furada. O Panetone é o que tem para a Copa. Mete uma mão de cal e vamos que vamos. Vamos mostrar ao mundo o que somos e não o que queremos ser. Somos 3o. mundo e não temos grana para as reformas. Então, vamos com o que temos. E se não der abertura, OK. Se não der semifinal, OK. E se não der nada, OK. Ninguém vai morrer por isso. Um mes passa rápido. Ninguém vai se lembrar que a abertura não foi no estado de São Paulo. O importante é não usar dinheiro público em estádio particulares. Entenda-se BNDES no mesmo saco. Não me venham com historinhas de empréstimos que serão pagos que é história para boi dormir. Porque nenhum banco privado oferece o empréstimo? Porque é uma barca furada.

  42. Se não tem não tem espaço no morumbi, NEM COM TODO DINHEIRO DO MUNDO DA JEITO NAQUELA POSILGA ARENA DO PALMERDAS!

  43. Melhor que o Morumbi está os estádios de outras cidades, como em Recife… que ainda nem está confirmado o terreno…

    Paulinho, vc acredita em tanta conspiração… Vc não acha que pode haver uma conspiração contra o estádio do Morumbi?

  44. Velho Casca, eu conheço, hoje o Maracanã esta em melhores condições que o Morumbi pela reforma para o Pan. Agora os outros estão muito piores, mas muito mesmo…Só um detalhe mesmo o Maracanã estando melhor ainda não tem condição de sediar nenhum jogo, tera que ser reformado novamente como todos os outros.

  45. A FIFA não deu parecer nenhum, foi o tal do Jerome de novo que abriu a boca e falou besteira, o mesmo que é amigão do Ricardo Teixeira e que tem um escândalo com cartões de créditos nas costas.

    Antes o problema era o entorno do Morumbi, agora se fala em capacidade, sendo que para uma abertura a capacidade mínima, de acordo com o caderno de encargos da FIFA, é de 60 mil torcedores.

    Já perceberam como cada semana de notícias contra o Morumbi um ponto é inventado? Já foi estacionamento, já foi área de convivência, já foi estrutura para a imprensa, já foi entorno, já foi localização da entrada dos times, agora é a capacidade… Qual será a invenção da próxima semana?

    Parabéns ao Kassab pela firmeza em deixar claro que outro estádio não será construído, opinião que com certeza é a mesma do Serra.

    Na verdade o Morumbi é o pano de fundo de uma briga política entre 3 cidades: São Paulo, BH e Brasília, que tem interesse na abertura da Copa. Só não enxerga quem não quer.

  46. Paulinho, você é sempre o primeiro a questionar quando o assunto é dinheiro de empreiteiras que teoricamente beneficiariam o Corinthians na construção de um possível estádio. Pois bem, o fato de empreiteiras atuarem beneficiando o Corinthians não pode, agora você defende a utilização de dinheiro público para reformar o Murumbi. Será que já não basta o que o Laudo Roubel investiu de dinheiro de todos os Paulistas da saúde, educação e etc para a construção do Morumbi no passado e depois doou ao são paulo jf? Abraços!!!

    Paulinho:Não defendo,meu caro,pelo contrário, mas eles estão loucos para utilizar, que assumam logo…

  47. hahhahaha Pode ter certeza do q digo, se não for no Morumbi, vai ser em uma nova arena q depois será doada para o time da marginal sem numero.

    Agora Arena ultragaz? jamais…….e outra ela não ficará pronta em 2012 e nem em ano algum.

  48. Quem te disse que é mais barato construir um estadio novo
    do que reformar um ja existente?

    E onde é essa area com infra estrutura que poderia ser construido esse novo estadio?

  49. 42.000 menos 7.000 de imprensa e V.I.Ps ficam magnificos 35.000 lugares, não dá pra jogar nem Botsuana X Iran.

  50. Também gostaria de saber quem está por trás disso

    Mas claramente se percebe que muita gente tá sendo usada.

  51. Não interessa ser a abertura da COPA. Que mandem a abertura da copa pra outro lugar, e a Arena Palestra Itália sediará alguns jogos, e também será a casa ITALIANA na COPA. Quem aqui disse que a Arena Palestrina TEM que ser a abertura??? Bando de bocós!!!

  52. O que o Paulinho está fazendo é omitir que Jerome Wack é um picareta de marca maior, associado ao Ricardo Teixeira, Del Nero outros picaretas que querem a todo custo construir um estadio em SP, com todas as regalias que tal empreitada proporciona aos larápios.

    Jerome Wack é amigo pessoal de ricardo teixeira, frequentador de sua mansão em Miami e é mesmo sujeito que mentiu no caso dos cartões de crédito da FIFA, fazendo a entidade ser multada em 90 milhoes. Estranhamento, em vez de ser demitido, ele foi promovido a secretário geral.

  53. Não acho que o artur falou bobagem.

    Voce paulinho nunca deu uma linha pra desmascarar esse secretario da FIFA,ao invés disso destaca cada declaração desse sr.

    Falar que vc é a favor do morumbi,desde que bla bla bla,parece piada
    Muito pelo contrário,pelo menos aqui no blog e na MSM demostra
    bem ao contrario.

    Seria interessante ler a coluna do Jose Cruz”Copa 2014: Manaus ameaçada de perder sede”

    Todos estádios estão atrasados.e se o SP fizer um emprestimo
    mesmo que seja do BNDES ,tem que pagar esse emprestimo não?

  54. E outro detalhe

    Que conhecimento vc tem pra dizer que o parecer desse senhor
    não é equivocado ?que não tem interesses por trás?

  55. Que tal vc mesmo se informar??

    E ver que o Painel Fc cometeu um erro em não checar as informações?????

    O Belluzo mesmo deu uma entrevista, como a WTORRE soltou uma nota confirmando as Cartas de Credito do Grupo Votorantin e do Banco Santander -Banespa

    PS: E AI LININHA, VAI FICAR QUIETINHO OU VAI ASSUMIR QUE FALOU MERDA, QUANDO DISSO QUE O BANESPA NÃO EXISTE MAIS???

    JAH SEI VAI FICAR QUEITINHO COM A CALCINHA ATOLADA NO RABO QUE VC GOSTA BASTANTE NÉ?

  56. Paulinho me responda. O que será do Morumbi/Pq Antartica/Caninde e Pacaembu se for construido um estádio novo em São Paulo? Quem ficará com o prejuizo? Por favor me responda!

  57. Pulinho,

    mas porque destaca que Kassab é São Paulino e não destaca que Jerome é bandido?
    Alem disso, pelo que consta, Kassab não um entusiasta do morumbi. Onde na matéria diz que Kassab está “insistindo”?
    Me parece que vc jogando para a galera de Palmerenses e Corintianos.

  58. ” (…)afastando possíveis investidores que não colocam dinheiro em incertezas.!”
    Isso é verdade e vc acabou confessando que não está nem ai pro dinheiro publico. Está preocupado é em minar os investimento no morumbi

  59. Paulhinho daqui a pouco vão reclamar da cor do gramada.Não está tão verde quanto deveria.
    Lamentavel.
    Precisa dar tempo para as obras ,mas a vontade de um arena galinhastica é muito grande.

  60. O Estadão não tem mais a credibilidade a tinha.

    Prefiro acreditar após um comunicado oficial da entidade.

  61. Paulinho,

    Você é “a favor” do Morumbi, mas que sejam utilizados apenas recursos privados, correto ?

    E se não for possível utilizar apenas recursos privados ?

    Você passa a ser a favor de fazer um estádio novo, com recursos totalmente públicos ? E que seja doado ao SCCP ?

    Ou tem outra solução menos ridícula que essa ?

  62. O próximo argumento vai ser os bancos de reserva, não pode ser aberto, tem q ser fechado e com ar condicionado, e o tecnico não pode tomar chuva qdo for dar instruções ao time……kkkkkkkkkkkkk

    A grama tb, é mto verde, não pode esta fora dos padrões FIFA.

    VTC a Fifa e suas frescuras.

    É meu amigo, tão querendo tirar de qualquer jeito a sede do SP.

    Interesses políticos e a podridão do futebol.

  63. como todo palmeirense e todo corintiano tão pouco cagando
    pro dinheiro publico que vai jorrar que nem agua em outros estados.eles querem o morumbi fora,só isso.

  64. A Arena Palestra não esta sendo construída para a Copa do Mundo,
    mas se a Fifa quiser, pode mandar que teremos um estádio
    de primeiro mundo.

  65. A impresinha esta fazendo uma força danada para ajudar o seu
    clube sem alma.

    E quem nã leu as notícias meu caro, foi você.

  66. João que diga o Boca, Liverpool, sem falar dos sem estádio
    como Internazionale e Milan.

    Ehhhhhhh João se liga.

  67. E quem falou que a abertura da Copa do Mundo será
    em São Paulo, deixa de ser ignorante rapaz.

    Agora volta a ler os encargos da Fifa.
    Corre vamvi, corra.

  68. Uéeeeeeeeee o Ricardinho não é aquele mesmo que o JJ,
    fica puxando o saco todo dia.

    Uéeeeeeeeee o SPFW já pagou os 6 contos que pegou com
    a FPF???????

  69. Ahhhhhh essa é facil quem sempre tem interesse por trás
    advinha, advinha………. é time dos vamvis

  70. Oswaldo, pq você nunca reclamou do dinheiro do BNDES para a construção do METRÔ DA VENEZUELA? Onde você estava?

  71. Ainda torço para um veredito final da FIFA em relação a sede BRASIL-2014, ou seja…o Brasil fora da Copa por não ter condições de sediar.
    Seria melhor para todo mundo.

    Agora…o SPFC quer crédito ao BNDES, mas se um pode, por que os demais não podem?!
    Essa relação se tornaria totalmente promíscua, e abrem-se as torneiras da gastância pública (mesmo que fosse empréstimo é público).

  72. A prefeitura tem uma dívida superior a 2 vezes a receita corrente líquida, e a Lei de Responsabilidade Fiscal determina que o máximo é de 1,2 vezes, não podendo mais contrair empréstimos, a prefeitura não está conseguindo cumprir a LDO aprovada em 2008 para o ano calendário 2009, tendo que cotar merenda escolar, limpeza pública, obras como viadutos, escolas, etc. A prefeitura tem mais de 10 bilhões de R$ de precatórios em atraso, a prefeitura tem um estádio para prática de futebol defitário que lhe causa mais de 2 milhões de R$ de prejuízo por ano, porque seu principal usuário paga um aluguel irrisório, que não é suficiente para mantê-lo, e os lucros do desvio desse dinheiro público (impostos) vão para onde?
    Então lhe pergunto: de onde e como a prefeitura e o Prefeito Gilberto Kassab vão tirar dinheiro público para por em outro estádio, que irá prejudicar o atual e ainda ser deficitário, é muita irresponsabilidade sua querer imputar ao prefeito que ele escolheu o Morumbi.
    P.S.: o BNDES é um banco Federal, o governo federal é comandado pelo presidente da República, que esteve no Morumbi em 24/06/2009, junto com sua esposa, mais os ministros do esporte e do turismo, o gernador Serra, o prefeito Kassab, o presidente da FPF, o presidente do corinthians, e mais um monte de autoridades, foram de helicóptero, e porque você acha que foram lá? porque o SPFC mandou e são todos um bando de frouxos e foram correndo? ou porque o SPFC desistiu, disse que não mais reformaria o Morumbi para a copa e sim para a comunidade Sãopaulina e eles que construíssem outro estádio? a segunda pergunta é a correta, e como o Estado de SP deve mais de 30 bilhões de R$ só de precatórios, mais de 20 bilhões somente em precatórios alimentícios, o governo federal não pode por dinheiro dele, senão, por isonomia terá de por em todas as 12 sedes, não há alternativa, e o SPFC não vai gastar a qualquer custo, mesmo porque não há garantia de que a abertura será no estádio previamente escolhido, como aconteceu na copa da Alemanha, cuja abertura seria em Berlim e cinco meses antes, este mesmo secretário-geral da FIFA disse que o gramado não estaria 100% para o dia da abertura e transferiu a abertura para Munique. Assim, mesmo que o SPFC cumpra com o que exigem, só por sacanagem vão transferir o jogo, e de idiotas a diretoria do SPFC não tem nada.

  73. É muito dificil do pessoal aqui entender isto. Eles querem o pinga mijo reformado ou um estadio novo.

  74. Painel FC
    22/09/2009 10:20

    por leonardo_nobrega

    Folha de S. Paulo

    Sem manha. O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, deixou claro ontem que o São Paulo deve parar de encarar as críticas da Fifa ao Morumbi pelo lado emocional. Afirma que entidade não persegue o estádio, mas apenas faz análises sobre o projeto da arena baseada em avaliação técnica.

    Assunto. Comentário que circulava entre autoridades e dirigentes ontem sobre Jérôme Valcke: ele tem forte ligação com empreiteiras.

    Apoio. O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, disse que virá a público defender o Morumbi sempre que a Fifa se manifestar contra o projeto. E acredita que não há espaço para outra arena na cidade.

    Corneta. Kassab cobrou Juvenal ontem sobre o empate do São Paulo com o Santo André: “Poxa, Juvenal, não poderíamos ter levado aquele gol”, disse. “Nem me fale, fiquei revoltado”, respondeu o cartola são-paulino.

  75. Pior é, um mês de copa, a copa se vai e as dividas ficam por dez anos para o SPFC. Pra mim nem essa copa poderia passar bem longe de SP. se o Juvenal assumir uma divida dessa vai nos desestabilizar por muitos anos.
    Se o governo quer a copa no Morumbi que pague !!!!!!

  76. Concordo plenamente que o Morumbi não passa a ser bom só porque os outros estádios são ruins. Mas porque a crítica é sempre exclusivamente direcionada ao Morumbi??? Converse com os moradores de Porto Alegre, e veja que a discussão lá é sobre o Beira-Rio. Você ainda tem alguma dúvida de que essa discussão é totalmente clubística, e que todos os que não são são-paulinos estão fingindo estarem preocupados com o uso do dinheiro público apenas para não ver um rival fortalecido???

    Outra coisa, o que você conhece do projeto??? Nem a imprensa e nem os sócios tiveram acesso aos detalhes das novas versões do projeto após a contratação da GMP. Quem é você para falar se ele é bom ou não?

    Enfim, isso tudo já encheu o saco. A copa em SP pode ser no Morumbi, no Canindé, no Pacaembú, na Rua Javari, no pinga-mijo ou na fazendinha. Pouco importa. O principal é que não seja utilizado dinheiro dos MEUS impostos na construção de um novo estádio aqui, que invariavelmente dará prejuízo para a prefeitura e cujos custos eu terei que arcar pelo resto de minha vida como contribuinte.

  77. Principalmente os torcedores rivais.

    Eles são os mais idiotas ao pensar que ganham alguma coisa com a Copa fora do Morumbi. Só não percebem que isso é tudo que os safados que estão planejando um estádio novo querem.

  78. Celso Retardado, nos ajude, nos ilumine, nos dê o exemplo.

    Conte aí para nós em quem você votou nas últimas eleições e dê uma breve explicação sobre os motivos de cada voto.

    Abra nossas mentes, ó iluminado.

    .
    .
    .

    Agora tira a lanterna do rabo e vai tomar seu gardenal, seu idiota.

  79. A reforma do Morumbi ainda é o mais viável em termos financeiros para a cidade de São Paulo e os governantes sabem disso. Parece que quem não entende são os torcedores e jornalistas rivais.
    De minha parte, torço para que meu clube consiga financiar a cobertura e atrair investidores para o anel inferior, propiciando mais ganho financeiro, por que os 20 milhões de reais ano, que o Morumbi proporciona hoje ainda é pouco para o Tricolor.
    Quanto a Copa não dou a mínima. Saúde, Educação e Infra-estrutura é o que o Brasil necessita, a copa só vai enriquecer mais ainda os políticos e dirigentes da CBF.
    Saudações São Paulinas.

  80. Interessante a excitação dos sãopaulinos para que o Morumbi não seja mesmo vetado pela Fifa, como tudo leva a crer.

    Eles criticam qualquer um que defenda um novo estádio na cidade, sob o argumento de que “não deve ser usado dinheiro público para um novo estádio”, pois vez que provavelmente ele será repassado ao “Curinthiá”… então, isso não pode… mas, se for para o SPFC fazer o puxadinho com dinheiro público… bom, aí é diferente… aí pode…

    Eles criticam a possibilidade da Arena Palestra (futuro estádio mais moderno do País) como possível sede paulista sem ser a abertura, dizendo que “é tudo mentira, não existe projeto”, mesmo sendo o Belluzzo, uma pessoa séria, estando por trás do assunto.

    Para defender a reforma do Mastodonte Jurássico e salvá-lo do abandono, vale tudo: aí sim é politicamente correto usar dinheiro público para tentar fazer um puxadinho e enganar a Fifa, mas para um novo estádio que pode ficar depois para o time da marginal s/n, nem pensar… é isso?

    PAREM COM ESSA HIPOCRISIA, TORCEDORES SÃOPAULINOS! DIGAM LOGO QUE VCS TEM MEDO MESMO É DE QUE, COM UM NOVO ESTÁDIO (ARENA OU DO “CURINTHIÁ”) AQUELE PRIVADÃO SE TRANSFORME EM UM IMENSO MICO! O QUE VCS QUEREM MESMO É MAIS UMA FORCINHA DO GOVERNO, COMO FOI NOS ANOS 60!

    Encarem a real: a Arena Palestra é uma realidade, e se o curinthiá tiver o seu estádio tb, NINGUÉM mais joga naquele lixo. E então, o que vcs irão fazer com aquele projeto horroroso, decadente, mal localizado, inútil e irreformável? Vão encher com seus públicos ridículos de 3 mil pessoas por jogo? Ou vão alugar para empresas de entulho depositarem caçambas lá?

    Torcida efêmera, volátil e, agora, usurpadora do dinheiro público também… impressionante a hipocrisia de voces sãopaulinos! É o “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”.

  81. Ricardo Teixeira e Gilberto Kassab tomam café da manhã juntos logo mais. Vão conversar sobretudo sobre a Copa do Mundo de 2014 na capital paulista. Ou mais especificamente da falta de estádio adequado em São Paulo, que ambiciona sediar o jogo de abertura.

    Teixeira vai mostrar a Kassab um relatório da Fifa que detalha um a um os problemas do Morumbi – considerados insolúveis pela turma da Fifa.

    Em resumo, se depender do Morumbi a maior cidade do Brasil não sediará a abertura da Copa de 2014.

    Ou ergue um estádio novo ou a cidade terá que se contentar com jogos de oitavas-de-final.

    Por Lauro Jardim

    WHERE’S THE SPFW COMPETENCE? HAHAHAHAHAHAHAHAH

  82. Este e so mais um exemplo dos servicos prestados pelos xxxxxxxxxxxx da Vila Sonia.Vamos ficar sem jogos importantes da nossa selecao aqui!Alem de posseiros,prevaricadores(contrucao deste estadio)e oportunistas!(Tomar o Caninde Durante a II Guerra)Um pouco de humildade a Bebunzal Bebuncio e Pit Bitoca nao fariam mal

  83. O ricardinho é aquele nomeou o Beluzo para dirigr a delegação no mundial de sub20.
    O São Paulo não deve nada a fpf.
    Pelo contrario, a FPF deve muito ao São Paulo, que levou o nome do futebol Paulista ao ponto mais alto do brasil, enquanto clubes menores como corintians e palmerdas só aparecem nas paginas policiais ou alugando a barriga para vender jogadores.

  84. Estadio de primeiro mundo…..hahahha

    Vai te catar cambada de palmeirense, nunca ganhou nada e fica se achando pq uma empresa falida disse q vai reformar o pinga mijo….e até agora nada.

  85. A CANALHICE E O FANATISMO ANDAM DE MÃOS DADAS NAS OPINIÕES DESTE FÓRUM DE DEBATES! ENXERGUEMOS O ÓBVIO, O QUE O JORNALISTA PAULINHO ESTÁ CANSADO DE DIZER: NÃO HÁ CONDIÇÕES DE O MORUMBI SER A SEDE CASO O APORTE DE DINHEIRO PRIVADO NÃO O ABASTEÇA! DINHEIRO PÚBLICO EM ESTÁDIO PRIVADO, NEM PENSAR! E MESMO CONTANDO COM DINHEIRO PRIVADO, SAIBAMOS QUE COM O MORUMBI NÃO SEDIAREMOS NEM A PRIMEIRA NEM A ÚLTIMA PARTIDA. FAREMOS PAPEL DE COADJUVANTES. DEIXEMOS AS IDEOLOGIAS E O FANATISMO DE LADO. AS OPÇÕES SÃO ESTAS:

    1 – REFORMA DO MORUMBI COM DINHEIRO PRIVADO (DESEJADO PELO JORNALISTA PAULINHO E POR TODAS AS PESSOAS DE BEM). CONSEQÜÊNCIA: SEREMOS MEROS COADJUVANTES NA COPA, DADO QUE O ESTÁDIO SOFRE DE PROBLEMAS ESTRUTURAIS IRREMEDIÁVEIS.

    2 – REFORMA DO MORUMBI COM DINHEIRO PÚBLICO (NÃO DESEJADO POR PESSOAS DE BEM POIS SE TRATA DE APROPRIAÇÃO INDÉBITA).
    CONSEQÜÊNCIA: SEREMOS MEROS COADJUVANTES NA COPA, DADO QUE O ESTÁDIO SOFRE DE PROBLEMAS ESTRUTURAIS IRREMEDIÁVEIS.

    3 – CONSTRUÇÃO DE NOVO ESTÁDIO EM SÃO PAULO COM DINHEIRO PÚBLICO (NÃO DESEJADO POR PESSOAS DE BEM, TENDO EM VISTA A ROUBALHEIRA QUE SE INSTALARÁ).
    CONSEQÜÊNCIAS: SEREMOS PROTAGONISTAS NA COPA, SEDIANDO ABERTURA OU FINAL. O ESTÁDIO SERÁ APÓS CERTO PERÍODO, APROPRIADO POR UMA INSTITUIÇÃO PRIVADA (CORINTHIANS) O QUE NÃO É DESEJÁVEL.

    4 – CONSTRUÇÃO DE NOVO ESTÁDIO EM SÃO PAULO COM DINEHIRO PRIVADO (DESEJADO POR PESSOAS DE BEM E PELOS AMANTES DO FUTEBOL).
    CONSEQÜÊNCIAS: SEREMOS PROTAGONISTAS NA COPA, SEDIANDO ABERTURA OU FINAL. O ESTÁDIO SERÁ APÓS A COPA DE RESPONSABILIDADE DE ALGUMA INSTITUIÇÃO PRIVADA. TODOS SAEM GANHANDO.

    ANDRADE NETO, VERITAS VINCIT.

  86. Jodecir, página políciais, hummmmm deve ser o
    efeito da pipoca cor de rosa.

    Ou da vergonha de ser expulso eternamente de torneio na
    Espanha.

    Não deve nada pra FPF, hahahahaha conta a da Branca de Neve

  87. PQP, eu que pensei que ele tivesse morrido na ultima
    malhação do Judas na Rua Lavapés.

  88. O CORINTHI4S NÃO VAI PRECISAR DE ESTÁDIO, AINDA MAIS UMA ARENA, PARA DISPUTAR A SÉRIE D EM 2015 A FAZENDINHA ESTÁ EXCELENTE.

  89. que mané puxadinho ser de pele rosea e rabo torcido.

    puxadinho é pras suas negas….

    arena ultragaz realidade aonde?

    so se for na computação grafica,realidade virtual

    O que tem de realidade de vcs é o pinga mijo,aquele lixo

    e vem falar dos outros…é o cúmulo.

    totalmente fora da realidade o coitado.

  90. Esse tá bem informado, hein!!! Acabou de matar o Laudo Natel.
    Cada coisa que tenho que ler aqui!!!

  91. 10/10/07 – 10h51 – Atualizado em 10/10/07 – 14h30

    Santander planeja ter marca única e extinguir banco Real
    A bandeira Real deve durar mais três anos.
    Banco terá participação de mercado similar à de Bradesco e Itaú.

    Da Agência Estado
    Tamanho da letra
    A- A+
    saiba mais
    Santander planeja ter marca única e extinguir banco Real Compra do Real pelo Santander deve provocar demissões Santander pode se tornar o maior banco privado do país Decisão abre espaço para Santander comprar o Banco Real
    ——————————————————————————–
    O banco Santander pretende adotar a estratégia de marca única no Brasil, segundo comunicado enviado aos acionistas na Espanha. Com isso, a instituição deverá extinguir a bandeira ABN Amro Real no país, assim como fez com a tradicional marca Banespa. Apesar disso, a bandeira Real continuará a ser utilizada enquanto durar a integração das operações, estimada para ocorrer em três anos. Durante esse período, serão mantidas separadas as estruturas comerciais das instituições.

    O banco destaca que, na maioria dos processos de integração bancária na América Latina, manteve marcas distintas por um período relativamente longo. Segundo o banco espanhol, apenas agora as instituições que possui no México, Chile e Brasil convergem para uma única bandeira: Santander. Tal estratégia não se limita à América Latina, estendendo-se, em regra, a todos os mercados em que o grupo opera. De acordo com o banco, há pouquíssimas exceções, como o Banesto e o Banif na Espanha.

    No comunicado aos acionistas, o Santander ressalta que ficará com os seguintes negócios do ABN Amro: unidades latino-americanas, em que se destaca o Real, no Brasil; a Banca Antonveneta na Itália; e o Interbank y DMC Consumer Finance, instituição especializada em crédito ao consumo na Holanda. Por esses ativos, pagará US$ 19,9 bilhões, o que corresponde a 27,9% da oferta total que o consórcio formado por Royal Bank of Scotland Group (RBS), Fortis e Santander fez pelos ativos do grupo holandês ABN Amro. O Santander espera financiar 51% do total a ser pago.

    Segundo o banco espanhol, confirmada a vitória do consórcio, começará uma reestruturação do ABN, incluindo a divisão dos ativos. Por um período transitório para a reestruturação, o ABN Amro será uma unidade do RBS e propriedade conjunta dos bancos por meio de uma sociedade a ser constituída para essa operação: a RFS Holding. O RBS, líder do consórcio, coordenará a reorganização.

    Concorrentes
    Após a concretização da compra do ABN Amro, o Santander buscará alcançar, no médio prazo, o mesmo nível de resultado dos concorrentes Bradesco e Itaú no Brasil. O banco tentará atingir tal objetivo mediante sinergias, melhora das operações e investimento numa marca líder no País.

    Segundo o comunicado aos acionistas, o banco a ser formado no Brasil terá participação de mercado similar à de Bradesco e Itaú. Entretanto, mesmo após toda a sinergia esperada até 2010, a instituição resultante vai gerar lucro líquido pelo menos 25% inferior ao previsto para os concorrentes.

    Para justificar a oferta pelo ABN aos acionistas, o Santander ressalta que os sistemas bancários latino-americanos estão se beneficiando atualmente de menor risco, maior estabilidade, alto crescimento econômico e maior demanda por produtos e serviços, fatores que sugerem a necessidade de um maior investimento na região.

    http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL147757-9356,00-SANTANDER+PLANEJA+TER+MARCA+UNICA+E+EXTINGUIR+BANCO+REAL.html

    ***(*) ******(*)

    NOTAR QUE A NOTICIA EH DE 10/10/2007.
    BANDO DE IMBECIL

  92. Queiram ou não, a abertura ocorrerá em São Paulo(Morumbi), ou Maracanã, e a final no Rio(Maracanã).

    As outras sedes(BH, Brasília e Porto Alegre), ficarão no máximo com alguma semi-final.

  93. Os projetados 60.000 lugares para torcedores, previstos anteriormente nos cadernos de encargos, agora, segundo ele, são 65.000. Esse é o número ideal. Pelo visto, se houver alteração no projeto e o Morumbi comportar 65.000 torcedores, o ideal passará a ser uma capacidade de 70.000.

    fonte: um blog no globoesporte.com

  94. IMPEACHMENT!!!

    Essa administração municipal já foi longe demais com essa insistência com o TRAMBOLHO DO JARDIM LEONOR!

    A cidade de São Paulo já foi prejudicada ao abrir mão de pleitear a fianal da Copa-2014, tudo porque optaram por reformar aquele DESASTRE ARQUITETÔNICO, ao invés de construir uma arena nova.

    De lá para cá, a situação foi se agravando e ficando mais vexatória.

    Agora, São Paulo, cidade mais importante do Brasil, corre o risco de virar uma SUBSEDE DE IMPORTÂNCIA DIMINUTA!

    Tudo porque a prefeitura está embriagada por um coquetel explosivo, uma MISTURA DE INCOMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA COM DESRESPEITO AO PRINCÍPIO DA IMPESSOALIDADE.

    Pelo bem de São Paulo, essa administração precisa ser impedida!

    IMPEACHMENT!!!

  95. PQP, ENFIM UMA VOZ QUE TEM A RAZAO ESTAMPADA NA SUA FRONTE:

    http://colunas.globoesporte.com/olharcronicoesportivo/2009/09/22/uma-estrela-miseravel-ou-o-morumbi-continua-no-telhado/

    Uma estrela miserável ou o Morumbi continua no telhado

    ter, 22/09/09por Emerson Gonçalves |categoria Copa 2014, Crônicas

    Não falo de nenhum jogador e o adjetivo miserável do título está aplicado no sentido de pobreza, mesmo. Falo, portanto, do Brasil, a estrela do planeta pós-crise.

    New York Times, Financial Times, Wall Street Journal e outros menos votados vivem incensando o Brasil e citando o país como exemplo. Estamos no G20, nosso presidente é “o cara”, segundo o cara que de fato é “o cara” e nesse andar da carruagem vamos papar os Jogos Olímpicos de 2016, fazendo barba e cabelo com a Copa do Mundo de Futebol de 2014. Nem por isso deixando o Brasil de ser tão miserável como é e podemos ver nas cidades e nos sertões.

    Por conta disso tudo, “dona” FIFA não deixa por menos e faz exigências que não fez à pobre África do Sul (cuja distribuição de renda é melhor que a brasileira) e tampouco fez à rica Alemanha. Provavelmente, Blatter e Valcke andam lendo demais sobre o pré-sal e a entrada de Pindorama na OPEP, lembram dela? Além disso, seus assessores devem ter-lhes passado a obra completa com os discursos do presidente da república. Ela existe, sim, e dizem que foi impressa em papel cor-de-rosa, não por aquilo que Diego Souza e Helio dos Anjos não gostam, mas por ser essa a cor com que o presidente encara seu país e seu reinado.

    Para atender às exigências de “dona” FIFA, todo mundo corre atrás de projetos mirabolantes. Somente a cidade de Brasília vai gastar – segundo previsão oficial – 700 milhões de reais em sua portentosa arena. A mesma oficial previsão dizia que o Engenhão custaria 40 milhões. Ficou, ainda oficialmente, em 400 milhões e, para sorte da prefeitura da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, um clube dispôs-se a pegar o elefante, digo, estádio e usá-lo e mantê-lo. Quem assumirá a arena brasiliense? O Brasiliense? O Gama? O Senado da República? A Câmara dos Deputados?

    No caso de uma dessas duas instituições republicanas, como a arena será coberta e coisa e tal, os senhores senadores ou os senhores deputados correrão a fazer uma licitação, logo cancelada devido à urgência, o que permitirá a contratação de empresa de notória capacidade na área e por mera coincidência com fortes e estreitas ligações com altas figuras republicanas, para dotar toda a arena de portentoso, também, sistema de ar condicionado, com umidificação automática para os meses de secura extrema. O gramado será substituído por bonitos tapetes persas importados da China, sobras de produção dos uigures de Xinjiang com a comercialização atravancada pela ação dos verdadeiros manufatureiros dos tapetes persas, os turcos e iranianos. Razões maiores de estado, todavia, levarão o próprio presidente a decidir pela compra dos “persas” chineses, repetindo a ação desastrada e precipitada dos caças franceses. Isso porque o Sarkozy veio sem a Carla… Tivesse ela acompanhado o maridão e seríamos, novamente, a França Antártida.

    Tapetes persas? Um estádio sem gramado?

    Ora, não fará falta, Brasília tem outros estádios, inclusive um recém-reformado, por um custo bem camarada, digo, razoável. Além disso, a cidade não tem futebol, logo, para que mais gramados?

    Manaus também não tem futebol, mas terá portentosa arena (gosto de portento, de coisas portentosas; são chiques, são espetaculares, são “tudo de bom”, por isso essa portentosa repetição ao invés de sinônimos), construída com portentosíssima verba do rico estado amazonense. Belém tem futebol e multidões enlouquecidas pelo esporte bretão que consagrou Teixeira, mas não terá a Copa. Bom, fosse eu um turista europeu, iria para Belém e de lá, por ponte aérea ou ponte hidrorivária (bárbara) ou ponte aéreo-hidroviária, por nada desse mundo deixaria de ir a Manaus, no coração da selva amazônica. Por sinal, o intervalo entre um jogo e outro da primeira fase daria certinho para subir o Amazonas em luxuoso barco, conhecer Manaus e arredores e voltar voando a tempo do apito inicial do jogo seguinte. Isso é bobagem minha, a Copa será em Manaus e a floresta ganhará portentoso elefante branco, que no prazo de um ano será cinza-ruína.

    Em Cuiabá o elefante não será branco e sim verde, não por ser palmeirense, mas por ser essa a nova cor da moda e a cor adotada pelo governador matogrossense, que nunca deixou de ser verde, uma vez que a soja é verde (a bem da verdade: a soja é uma bênção para onde está implantada, gerando empregos, renda e preservando o solo, graças ao plantio direto, empregado em larga, para não dizer total, escala).

    Em Belo Horizonte não sei qual será a cor do estádio, o velho Mineirão, que será reformado por módica quantia, ainda desconhecida, oficialmente, mas extra-oficialmente estimada em 300 milhões. De reais, felizmente. O que não quer dizer que o custo final não venha a ser, também, 300 milhões. De libras ou, com muita sorte, de euros.

    Bom, soube de fonte segura que o pessoal do Guiness está preparando nova e portentosa edição do livro de recordes, tendo como motivação a Copa no Brasil. Nunca antes o Guiness dedicou uma edição inteira a um único evento em um único país.

    Pois bem, nesse cenário bilionário, Jerome Valcke, secretário-geral da FIFA e já velho conhecido deste Olhar Crônico Esportivo, reconheceu ontem, durante evento de lançamento da nova campanha da Coca-Cola, que o novo projeto do Morumbi atende às exigências fifescas. Disse, porém, que a capacidade do estádio não é suficiente para a partida de abertura ou qualquer partida importante da Copa.

    Os projetados 60.000 lugares para torcedores, previstos anteriormente nos cadernos de encargos, agora, segundo ele, são 65.000. Esse é o número ideal. Pelo visto, se houver alteração no projeto e o Morumbi comportar 65.000 torcedores, o ideal passará a ser uma capacidade de 70.000. Pelo visto, parte II, ou a mui rica e pouco estimada cidade de São Paulo faz uma arena de dois bilhões de reais, pouco mais de um bilhão de dólares, ainda não contando com todo o superfaturamento, ou os paulistanos serão contemplados somente com Gana x Afeganistão, Austrália x Montenegro e vice-versa e versa e vice. E só na primeira fase, pois a cidade não terá estádio à altura de Camarões x Irã ou, nesse caso então nem pensar, Ilhas Faroe x Vietnã, pelas oitavas-de-final.

    É fato, depois disto: o Morumbi não desceu do telhado.

    Fico aqui pensando em como deve ser bom ser rico. Deve ser uma beleza.

    E pensando que já se fez manifestações contra a ingerência do FMI em nossa economia.

    E que muito já se gritou contra o imperialismo ianque.

    Parece-me chegado o momento de manifestações contra o imperialismo fifesco e seus fantoches.

    Convoque-se aquele companheiro expert em organizar as massas (meia-dúzia de protestadores – para não confundir com protestantes – que fazem muito barulho e agitação e transformam marolas em tsunamis) e vamos às ruas contra esse novo imperialismo.

    Como?

    Ah… O companheiro agora é lobista da confederação?

    Bom, sempre resta o sonho irrealizável da locupletação para todos, não?

    (Irrealizável, sim, porque no locupletamento dá-se o enriquecimento de um ou uns em detrimento de outro ou outros; logo, locupletar-nos-emos todos em detrimento de quem? De nós mesmos? Aí seria um novo socialismo, não moreno, mas bronzeado.) (E seria ético um socialismo baseado na locupletação?)

    ***(*) ******(*)

  96. Tanto conheço que estou dizendo!! O Mineirão tem mais pontos cegos do que o Morumbi. Vc batem com a falacia do ridiculo do cartola da FIFA. Não são os argumento do presidente do São Paulo que eu uso. Veja aqui embaixo.

    Os projetados 60.000 lugares para torcedores, previstos anteriormente nos cadernos de encargos, agora, segundo ele, são 65.000. Esse é o número ideal. Pelo visto, se houver alteração no projeto e o Morumbi comportar 65.000 torcedores, o ideal passará a ser uma capacidade de 70.000.

    Tenho até hoje o jornal lance do ano retrasado, acho que ainda deve ter o link no lance sobre essa matéria. O Morumbi só perdia para o estádio da Arena Atleticana e para o Engenhão (deta-lhe da matéria, o engenhão não existia ainda, era só projeto). Fizeram comparações com TODOS os estádios e mostraram pontos cegos, banheiros, vias para deficientes, camarotes e etc…

    Os mimados acima não estão preocupados com dinheiro publico e sim em ver o São Paulo sediar a abertura da copa. Mas sonham em ver o governo gastar dinheiro publico para erguer uma arena para depois ser dada a um time sem estádio.

    Quanto a velha falacia sobre a história do Morumbi, isso é coisa de crias do citadine. Quem estudou a história a fundo viu que foram carnes vendidos e quem comprou sabia o que estava fazendo. Foi doado metade do terreno, do resto foi o São Paulo que investiu para a construção do Morumbi, não foi atoa que o clube mais vencedor do país ficou 16 anos sem titulo jogando praticamento com amadores para poder erguer um dos mais tradicionais palcos do país.

    Mas a inveja é isso ai, somos os mais visados, o mais invejado, tudo isso tem explicação, a soberania nacional do São Paulo.

  97. Os projetados 60.000 lugares para torcedores, previstos anteriormente nos cadernos de encargos, agora, segundo ele, são 65.000. Esse é o número ideal. Pelo visto, se houver alteração no projeto e o Morumbi comportar 65.000 torcedores, o ideal passará a ser uma capacidade de 70.000.

  98. MARIA LUCIA, A PARADA EH SINISTRA DESSE MALDITO AI DA FIFA.

    O CARA DIZIA QUE O PROBLEMA ERA O ESPACO AO REDOR DO ESTADIO, A GMP ELABOROU UM PROJETO CALA A BOCA PRO IMBECIL DA FIFA.

    UMA DAS EXIGENCIAS DA FIFA ERA QUE O ESTADIO DEVERIA TER NO MINIMO 60,000 LUGARES, AGORA O CARA QUER 65,000.
    O PROJETO DA GMP PREVE 62,000 LUGARES.

    OS MERDAS QUE FREQUENTAM ESTE BLOG, SEM CONHECER NEM ONDE EH A ENTRADA DO SEU PINGA MIJO, VEM AQUI CRITICAR O QUE NAO SABEM.

    SE VAI TER OU NAO VAI TER COPA NO MORUMBI, EU TO POUCO ME LIXANDO. O PROBLEMA EH QUE QUEREM MENOSPREZAR ALGO QUE NAO TEM, AI EH DURO DE ATURAR.

    O JJ DISSE UMA ENTREVISTA NA REUNIAO DA CARTOLAGEM SOBRE A COPA:
    “NOS GOSTAMOS DESSA BRIGA, EH ALGO PELO QUAL NOS VAMOS LUTAR. NOS SOMOS GUERREIROS”.

    ESSE EH O ESPIRITO DESSE CLUBE, QUE ME ENCHE DE ORGULHO.

    EU SOU SAOPAULINO, E NAO TROCO ESSA CAMISA POR NADA…

    ***(*) ******(*)

    PS. VAO A MERDA.

  99. 22 de setembro de 2009

    Para evitar atrito com Fifa, São Paulo adota o silêncio até o dia 30

    Por Luciano Borges

    Silêncio. É a nova estratégia que os dirigentes do São Paulo decidiram adotar para evitar especulações sobre o estádio do Morumbi e a possibilidade dele servir como sede do jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014.

    “Até o dia 30, não vamos mais comentar ou responder a qualquer sobre este tema”, disse Adalberto Batista, vice de marketing e chefe da comissão que cuida das reformas do estádio para o Mundial.

    Trata-se de uma precaução. No dia 30 deste mês, a FIFA divulga no Rio de Janeiro a análise formal de todos os projetos dos estádios brasileiros que se propõem a receber jogos em 2014. Depois de saber o que a entidade tem a dizer sobre o Morumbi, os são-paulinos vão falar.

    Na tarde desta segunda-feira, durante a Rodada de Negócios sobre a Copa 2014, promovida pela Câmara Brasil – Portugal de Comércio, o presidente do São Paulo ouviu dos repórteres a última restrição apontada por Jérôme Valcker, secretário-geral da FIFA: o Morumbi não teria capacidade para 75 mil espectadores esperados para uma abertura de Copa.

    Juvenal Juvêncio decidiu dar a volta e não respondeu diretamente a Valcker, que tem sido o porta-voz das más notícias. Apoiado pelo governo federal e estadual, o dirigente tricolor voltou a dizer que o estádio estará pronto para o evento antes mesmo que o final de 2012.

    http://borgesluciano.blog.terra.com.br/

  100. Boa noite godBoa noite a todos se esse prefeito incompetente que já ta tirando verba até de lixo se ele der dinheiro pro morumbi é inaseitavel tanta gente passando fome sem moradia sem dignidade e esses fdp querendo fazer estadio lamentavel esses politicos espero que se alguem fizer estadio aqui naum seja com dinheiro publico coisa que eu acho dificil …

  101. e ai Nitto…

    pelo jeito, vc ainda não tomou seu remédio de educação, né?

    respondendo a sua pergunta…

    não votei em NINGUEM, e nunca votei em NINGUEM.

    sabe porque?

    porque esses vermes, ratos e FDP não merecem meu voto, nenhum deles.

    e sabe porque não voto em nenhum deles? a resposta é simples… é só vc assistir tv e ai saberá.

    abraços.

  102. Do blog do Lauro Jardim.

    E agora, Kassab? | 6:44 – Dia 22/09/2009

    Ricardo Teixeira e Gilberto Kassab tomam café da manhã juntos logo mais. Vão conversar sobretudo sobre a Copa do Mundo de 2014 na capital paulista. Ou mais especificamente da falta de estádio adequado em São Paulo, que ambiciona sediar o jogo de abertura.

    Teixeira vai mostrar a Kassab um relatório da Fifa que detalha um a um os problemas do Morumbi – considerados insolúveis pela turma da Fifa.

    Em resumo, se depender do Morumbi a maior cidade do Brasil não sediará a abertura da Copa de 2014.

    Ou ergue um estádio novo ou a cidade terá que se contentar com jogos de oitavas-de-final.

    Por Lauro Jardim

  103. New York Times, Financial Times, Wall Street Journal e outros menos votados vivem incensando o Brasil e citando o país como exemplo. Estamos no G20, nosso presidente é “o cara”, segundo o cara que de fato é “o cara” e nesse andar da carruagem vamos papar os Jogos Olímpicos de 2016, fazendo barba e cabelo com a Copa do Mundo de Futebol de 2014. Nem por isso deixando o Brasil de ser tão miserável como é e podemos ver nas cidades e nos sertões.

    Por conta disso tudo, “dona” FIFA não deixa por menos e faz exigências que não fez à pobre África do Sul (cuja distribuição de renda é melhor que a brasileira) e tampouco fez à rica Alemanha. Provavelmente, Blatter e Valcke andam lendo demais sobre o pré-sal e a entrada de Pindorama na OPEP, lembram dela? Além disso, seus assessores devem ter-lhes passado a obra completa com os discursos do presidente da república. Ela existe, sim, e dizem que foi impressa em papel cor-de-rosa, não por aquilo que Diego Souza e Helio dos Anjos não gostam, mas por ser essa a cor com que o presidente encara seu país e seu reinado.

    Para atender às exigências de “dona” FIFA, todo mundo corre atrás de projetos mirabolantes. Somente a cidade de Brasília vai gastar – segundo previsão oficial – 700 milhões de reais em sua portentosa arena. A mesma oficial previsão dizia que o Engenhão custaria 40 milhões. Ficou, ainda oficialmente, em 400 milhões e, para sorte da prefeitura da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, um clube dispôs-se a pegar o elefante, digo, estádio e usá-lo e mantê-lo. Quem assumirá a arena brasiliense? O Brasiliense? O Gama? O Senado da República? A Câmara dos Deputados?

    No caso de uma dessas duas instituições republicanas, como a arena será coberta e coisa e tal, os senhores senadores ou os senhores deputados correrão a fazer uma licitação, logo cancelada devido à urgência, o que permitirá a contratação de empresa de notória capacidade na área e por mera coincidência com fortes e estreitas ligações com altas figuras republicanas, para dotar toda a arena de portentoso, também, sistema de ar condicionado, com umidificação automática para os meses de secura extrema. O gramado será substituído por bonitos tapetes persas importados da China, sobras de produção dos uigures de Xinjiang com a comercialização atravancada pela ação dos verdadeiros manufatureiros dos tapetes persas, os turcos e iranianos. Razões maiores de estado, todavia, levarão o próprio presidente a decidir pela compra dos “persas” chineses, repetindo a ação desastrada e precipitada dos caças franceses. Isso porque o Sarkozy veio sem a Carla… Tivesse ela acompanhado o maridão e seríamos, novamente, a França Antártida.

    Tapetes persas? Um estádio sem gramado?

    Ora, não fará falta, Brasília tem outros estádios, inclusive um recém-reformado, por um custo bem camarada, digo, razoável. Além disso, a cidade não tem futebol, logo, para que mais gramados?

    Manaus também não tem futebol, mas terá portentosa arena (gosto de portento, de coisas portentosas; são chiques, são espetaculares, são “tudo de bom”, por isso essa portentosa repetição ao invés de sinônimos), construída com portentosíssima verba do rico estado amazonense. Belém tem futebol e multidões enlouquecidas pelo esporte bretão que consagrou Teixeira, mas não terá a Copa. Bom, fosse eu um turista europeu, iria para Belém e de lá, por ponte aérea ou ponte hidrorivária (bárbara) ou ponte aéreo-hidroviária, por nada desse mundo deixaria de ir a Manaus, no coração da selva amazônica. Por sinal, o intervalo entre um jogo e outro da primeira fase daria certinho para subir o Amazonas em luxuoso barco, conhecer Manaus e arredores e voltar voando a tempo do apito inicial do jogo seguinte. Isso é bobagem minha, a Copa será em Manaus e a floresta ganhará portentoso elefante branco, que no prazo de um ano será cinza-ruína.

    Em Cuiabá o elefante não será branco e sim verde, não por ser palmeirense, mas por ser essa a nova cor da moda e a cor adotada pelo governador matogrossense, que nunca deixou de ser verde, uma vez que a soja é verde (a bem da verdade: a soja é uma bênção para onde está implantada, gerando empregos, renda e preservando o solo, graças ao plantio direto, empregado em larga, para não dizer total, escala).

    Em Belo Horizonte não sei qual será a cor do estádio, o velho Mineirão, que será reformado por módica quantia, ainda desconhecida, oficialmente, mas extra-oficialmente estimada em 300 milhões. De reais, felizmente. O que não quer dizer que o custo final não venha a ser, também, 300 milhões. De libras ou, com muita sorte, de euros.

    Bom, soube de fonte segura que o pessoal do Guiness está preparando nova e portentosa edição do livro de recordes, tendo como motivação a Copa no Brasil. Nunca antes o Guiness dedicou uma edição inteira a um único evento em um único país.

    Pois bem, nesse cenário bilionário, Jerome Valcke, secretário-geral da FIFA e já velho conhecido deste Olhar Crônico Esportivo, reconheceu ontem, durante evento de lançamento da nova campanha da Coca-Cola, que o novo projeto do Morumbi atende às exigências fifescas. Disse, porém, que a capacidade do estádio não é suficiente para a partida de abertura ou qualquer partida importante da Copa.

    Os projetados 60.000 lugares para torcedores, previstos anteriormente nos cadernos de encargos, agora, segundo ele, são 65.000. Esse é o número ideal. Pelo visto, se houver alteração no projeto e o Morumbi comportar 65.000 torcedores, o ideal passará a ser uma capacidade de 70.000. Pelo visto, parte II, ou a mui rica e pouco estimada cidade de São Paulo faz uma arena de dois bilhões de reais, pouco mais de um bilhão de dólares, ainda não contando com todo o superfaturamento, ou os paulistanos serão contemplados somente com Gana x Afeganistão, Austrália x Montenegro e vice-versa e versa e vice. E só na primeira fase, pois a cidade não terá estádio à altura de Camarões x Irã ou, nesse caso então nem pensar, Ilhas Faroe x Vietnã, pelas oitavas-de-final.

    É fato, depois disto: o Morumbi não desceu do telhado.

    Fico aqui pensando em como deve ser bom ser rico. Deve ser uma beleza.

    E pensando que já se fez manifestações contra a ingerência do FMI em nossa economia.

    E que muito já se gritou contra o imperialismo ianque.

    Parece-me chegado o momento de manifestações contra o imperialismo fifesco e seus fantoches.

    Convoque-se aquele companheiro expert em organizar as massas (meia-dúzia de protestadores – para não confundir com protestantes – que fazem muito barulho e agitação e transformam marolas em tsunamis) e vamos às ruas contra esse novo imperialismo.

    Como?

    Ah… O companheiro agora é lobista da confederação?

    Bom, sempre resta o sonho irrealizável da locupletação para todos, não?

    (Irrealizável, sim, porque no locupletamento dá-se o enriquecimento de um ou uns em detrimento de outro ou outros; logo, locupletar-nos-emos todos em detrimento de quem? De nós mesmos? Aí seria um novo socialismo, não moreno, mas bronzeado.) (E seria ético um socialismo baseado na locupletação?)

  104. Eu só não quero uma coisa: O clube endividado por 10 anos para fazer graça durante 1 mês.

  105. Pior que é verdade.

    Alguém sabe onde foi a abertura da Copa de 1950? Onde foram disputadas as semifinais? Quais foram os estádios utilizados na Copa?

    A única coisa que marcou foi a final no Maracanã. Por ter sido Brasil x Uruguai, com derrota da nossa seleção em casa. O resto já morreu na memória do torcedor.

    Ser sede da Copa é legal. Ter o estádio reformado é bom e necessário. Mas o São Paulo não pode entrar em loucuras não. Pé no chão, sempre.

  106. cada hora uma coisa….seria melhor eles falarem q querem um estadio novo…e nao ficarem com esses atos vergonhosos

    Lula sendo corintiano deve ta influenciando nisso tudo

  107. CONCORDO COLEGUINHA , MORUMBIIIII JÁAAAAAAAAAAAAAA , FIFA É MALVADAA CUM A JENTEEMM…

    ***(*) ******(*)

  108. Li que um estádio completo hoje custária por volta de 1 bilhão pra ser construido, e que a reforma do morumbi custará em torno de 500 milhões, porém, a infra estrutura que terá que ser realizada será de 15 bilhões.

    Vc questionou a região, a zona Oeste, especificamente no bairro da Pompéia, onde fica o terreno da Telesp, bem próximo ao Ct do SPFC e Palmeiras, tem muito mais infra estrutura, do que a vila Sonia, lá tem estações de trem e metro, acesso pela marginal, avenidas largas e possibilidade de estacionamento subterraneo, hospitais próximos, etc,etc,etc…….este terreno inclusive foi tentado a compra dele pelo fundo de investimento que pratocinou o Corinthians em 98 e pertence a telefonica .

  109. E AE PAULINHO ?
    COMO FICA ? VAI INVESTIGAR O TAL DE JEROME VALCKE OU NAO VAI ?

    VAI ME DECEPCIONAR DE NOVO COMO O CASO DO GAS ?

    ***(*) ******(*)

  110. MAS PAULINHO,

    O PARECER DELE PODE NAO SER EQUIVOCADO, MAS TAMBEM PODE SER. AFINAL, COMPROVADAMENTE, TRATA-SE DE UMA FIGURA QUE TEM INTERESSES FINANCEIROS, INCLUSIVE EH LIGADO A EMPREITEIRAS.

    ASSIM, MELHOR INVESTIGAR E/OU AGUARDAR.

    QUANTO AO DINHEIRO, CERTAMENTE SERAH COM DINHEIRO PRIVADO, ATEH PORQUE QUANDO SE FAZ UM EMPRESTIMO E SE PAGA, O DINHEIRO GASTO EH DE QUEM PAGOU PELO MESMO.

    ***(*) ******(*)

  111. MEU VELHO, AI TU PEIDOU NA FAROFA.
    DESISTIR UMA OVA.
    ENQUANTO NAO QUISEREM O MORUMBI ( QUE JAH EH O ESTADIO DA COPA ), AI EH QUE NOS VAMOS QUERER O DANADAO LAH NA ABERTURA.
    A GENTE EH ASSIM

    ***(*) ******(*)

  112. ASTOLPHO, BELO NOME PRA UM IMBECIL.

    SEU FDP, O TERRENO FOI DOADO.
    O MORUMBI ERGUIDO COM ESFORCO DE ABNEGADOS VISIONARIOS.

    E A PAÇOCA ITALIA, QUE FOI VENDIDA PRA CASA DE TOLERANCIA EM PARCELAS A PERDER DE VISTA, TEVE APENAS A PRIMEIRA PARCELA QUITADA, A RESTANTE FOI CALOTE !!!

    VSF LIXAUM !!!

    ***(*) ******(*)

  113. FICA NA TUA BOBAUM ?!?!?!
    O MUSEU NAO FAZ PARTE DESSE PROCESSO…
    CARA CHATO.

    ***(*) ******(*)

  114. SE NAO RECEBER A ABERTURA, NAO SERAH VERGONHA NENHUMA PRA NOS APENAS, SERAH PRA TODOS OS PAULISTANOS.

    AFINAL, ISSO SIGNIFICA QUE NAO HOUVE NENHUM PROJETO CAPAZ AO MENOS DE SUPERAR O MORUMBI.

    DE QUALQUER FORMA, SOSSEGA O FACHO QUE A COPA SERAH NO MORUMBI.

    ***(*) ******(*)

  115. EH ISSO AE.
    TODO MUNDO VE, E DAH DE JOAO SEM BRACO.

    EM TODO CASO, A COPA, EM SAO PAULO, SERAH NO MORUMBI.

    ***(*) ******(*)

  116. CASSETE !!!
    NAO EH A COPA BARALHO !!!
    EH A LUTA CONTRA OS LADROES !!!

    TEM QUE SER O MORUMBI PRA NAO CONSTRUIREM UM ESTADIO DE 800 MILHOES NA CIDADE !!! E NAO EH NEM PELA GRANJA, PORQUE QUEM VAI QUERER ARRENDAR O ESTADIO PRA GRANJA ? ISSO SERIA SUICIDIO POLITICO !!!

    O SAO PAULO FC SOH TEM A PERDER COM COPA DO MUNDO. IREMOS NOS ENDIVIDAR POR ANOS, O QUE PODE SIGNIFICAR ANOS SEM TITULOS IMPORTANTES.

    POR OUTRO LADO, O ESTADIO REFORMADO, COM METRO PERTO, PODE SER MUITO BOM PRAS FINANCAS DO CLUBE, AFINAL O ACESSO VAI MELHORAR.

    EU ACHO QUE TUDO ISSO EH PERDA DE TEMPO, ATEH PORQUE O MORUMBI JAH ESTAH NA COPA.

    AGUARDEM O DIA 30 E VERAO

    SAUDACOES TRICOLORES PRA DOIS SAOPAULINOS COMBATIVOS DO BLOG: JODECIR E FERNANDO.

    ***(*) ******(*)

    NOI_X_

  117. Ok

    Kassab está corretíssimo.

    Assim como a prefeitura de Berlim que reformou um estádio contruído nos anos 30 para a copa de 2006.

    Se a Fifa não quer paciência.

    Que a cidade de São Paulo fique de fora.

    Não há problema nenhum. O estado de São Paulo não pode participar dessa vergonhosa farra dos dirigentes da corruupta CBF e da corrupta Fifa.

    Elefante branco? No meu bolso não.

    Se não for o Morumbi caros cartolas..

    Abraços…

    Bye Bye.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: