Advertisements

Barrichello em busca do título

Barrichello, impecável, venceu o GP de Monza.

Desde o início demonstrou estar focado em uma conquistar algo que nem imaginava mais poder conseguir.

O brasileiro, nas últimas duas provas, correu como nunca havia feito em toda a sua carreira.

Com coragem, e buscando sempre a vitória.

Talvez, por este motivo, elas aconteceram.

Barrichello decidiu parar apenas uma vez nos boxes, e correu um grande risco, ao não trocar a caixa de cambio, que apresentava problemas.

Se o fizesse, teria que largar atrás, fatalmente perdendo a chance de conquistar o GP.

Logo na largada, Rubinho, que saiu em quinto, ganho uma posição.

Aos poucos, sua estratégia foi surtindo efeito e, pouco tempo depois, já ocupava a ponta da corrida, posição que segurou, com maestria, até o final.

Em segundo lugar chegou seu companheiro de equipe, Jenson Button, que em nenhum momento ameaçou sua posição.

O inglês teve que se esforçar um pouco mais, disputando sua colocação com Hamilton, seu compatriota.

Mas, na última volta, o “Inglês Voador” errou feio, chocou-se contra o muro, abandonando a prova.

Em terceiro, beneficiado pela batida, chegou Kimi Raikkonen, da Ferrari.

Confira abaixo a classificação final do GP da Itália.

1 – Rubens Barrichello (BRA/Brawn GP) – 1h16min21s706
2 – Jenson Button (GBR/Brawn GP) – a 2s866
3 – Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – a 30s664
4 – Adrian Sutil (AUT/Force India) – a 31s131
5 – Fernando Alonso (ESP/Renault) – a 59s182
6 – Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) – a 1min00s693
7 – Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber) – a 1min22s412
8 – Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) – a 1min25s427
9 – Giancarlo Fisichella (ITA/Ferrari) – a 1min26s856
10 – Kazuki Nakajima (JAP/Williams) – a 1 volta
11 – Timo Glock (ALE/Toyota) – a 1 volta
12 – Lewis Hamilton (ING/McLaren) – a 1 volta
13 – Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) – a 1 volta
14 – Jarno Trulli (ITA/Toyota) – a 1 volta
15 – Romain Grosjean (FRA/Renault) – a 1 volta
16 – Nico Rosberg (ALE/Williams) – a 2 voltas

Abandonaram:

Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India) – 23 voltas
Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) – 20 voltas
Robert Kubica (POL/BMW Sauber) – 16 voltas
Mark Webber (AUS/Red Bull) – 1 volta

Advertisements

Facebook Comments

18 comentários em “Barrichello em busca do título”

  1. O Rubinho tem chances reais de ganhar o campeonato. Se ele for determinado, é com certeza mais piloto que o Jenson Button.
    Aliás, tecnicamente ele é do nível de Massa, Raikonnen e Alonso.

    FRANCISCO TERRA. BRAÇO FORTE, MÃO AMIGA.

  2. É incrível mas apesar de tudo ainda me pego torcendo para o Rubinho. Mesmo com todos os podres da F1 e da antiga falta de garra dele.

  3. quer apostar quanto que vai aparecer uns piadistas aqui, achando um jeito de avacalhar com o piloto mesmo após MAIS UMA vitória irretocável?

    Rubinho neles (galvão incluso)!!!

  4. Alguem pra criticar o Barrichelo ???

    Eu ja critiquei muito, mas só burro não muda de opinião, quando não existe favorecimento interno a coisa muda de figura.

  5. Parabens a ele, qualquer um que entende e gosta de F1 é obrigado a reconhecer que esse é o ano dele, se não fossem os contra-tempos do começo do ano e aquela sacanagem da Brawn favorecendo o Button ele ja seria lider e possivelmente campeão com mais facilidade, ele esta num momento magico e com boas chances de levar 2009 e calar a todos que o humilharam por anos com piadinhas ignorantes.
    Um heroi brasileiro e de bom carater.

  6. Olá Paulinho,

    Falando sério, o Brasil vive um momento único nos esportes, pois dois dos esportistas mais escrachados do país estão dando a volta por cima: Dunga e Barrichello.
    Todos temos as diferências quanto a eles, do estilo de jogo ( a ‘Era Dunga’) e pilotagem (escudeiro de Schumacher) à subserviência de ambos ao poder que lhes emprega, mas é inegável a dedicação, sucesso e superação deles.

    Saudações corinthianas

  7. Parabens Rubinho!!!! 3 corridas seguidas com “sangue nos olhos”…. Continue assim que o tão sonhado título vem, para desespero dos piadistas e humoristas de plantão…. Eu acredito e sempre torcerei por vc!!!Será para fechar o ano com chave de ouro….Deus está guardando uma coisa especial para vc cara, e acredito que sua hora chegou…Como vc mesmo disse, no inicio do ano, nem emprego vc tinha, hj está brigando pelo mundial….Torço muito para vc, pois nunca teve o reconhecimento de suas qualidades como piloto…Apenas esculachado e diminuido pelo povo brasileiro, que são induzidos por formadores de opinião que não sabem o que é F1 e esperavam do Rubinho ser um novo Senna….Rubinho nunca foi um gênio e nunca será…mas é um bom piloto, mas o tratamento que recebe do brasileiro é vergonhoso… Veja na F1 e na europa. como ele é respeitado, só aqui que é tratado desse jeito…lamentavel….
    Rubinho, vença e não dedique ao povo brasileiro não como vc fez na vitória anterior a essa…dedique a vitória a sua família, como o fez nessa ultima corrida, seus filhos…e aos seus fãs…não ao Brasil, pq eles não merecem ser lembrado nos momentos bons por vc….Quem conhece o minimo de F1, sabe que o Rubinho é um bom piloto…Não estaria a mais de 15 anos na categoria top do automobilismo se fosse 1/10 do que a maioria absoluta dos brasileiros acham dele… Parabens Rubinho!!!
    Ninguem mais do que vc merece esse titulo….

  8. Vai ser divertido se ele perder o título na última corrida, por 1 ponto. Uma bela vingancinha para os Rubistas que comemoraram a derrota do Massa em 2008…

  9. As chances são pequenas, mas se o título vier… Será uma das maiores viradas da história da F1, sem nenhum exagero.

    Força Rubinho! Um piloto “humano”, acima de tudo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: