Advertisements

Igreja da Mentira Nata

Conversei com um funcionário da redação do Mentiroso Nato.

Ele me disse que no local todos recebem “presentinhos” de fontes e até “jabás” de gente que precisa ser comentada, ou ter seu “produto” citado.

Há até um teto financeiro para aceitar os “presentes”.

O que passar de determinado valor tem que ser acertado direto com o patrão.

Com o caráter já corrompido pela convivência nefasta, o rapaz disse que todos os jornalistas fazem isso.

E que quem não fizer acabará desempregado, ou na miséria.

Mentiroso Nato, como Edir Macedo, tem seguidores fiéis.

Todos querem enriquecer.

Pouco se importam com o jornalismo.

Advertisements

Facebook Comments

19 comentários em “Igreja da Mentira Nata”

  1. Esse cidadao é um mentiroso… fica se vangloriando de ter criado a Jason e na verdade naum foi ele quem criou.

    Desde ano passado o Daniel Perrone (site globo.com) ja vem fazendo essa alusao.

    e agora vem o safado e quer pegar carona na criacao…

    vai dormir Mentiroso

  2. Pra bom entendedor , meia palavra basta, parece que vc entendeu direitinho! Parabéns, vá buscar seu diploma!

  3. Celso… parabéns pela sua falta de interpretação de texto…

    Que graça teria chamá-lo pelo nome?

    A graça está em chamá-lo pelo “apelido”…

    Meu deus… como você aguenta estes comentários, Paulinho?

  4. E quem mais faz isso( de dar agrados e lembrancinhas) é o Julio Casares do SPFW pra todos os jornalistas falarem apenas bem deles , o único que fala algo desse desprezivel time é o seu blog , que também fala do SEP e infelizmente do SCCP .

  5. Justiça decreta sigilo em ação contra membros da Universal
    21 de agosto de 2009 • 12h55 • atualizado às 12h55

    O juiz Glaucio Roberto Brittes de Araujo, da 9ª Vara Criminal de São Paulo, determinou segredo de Justiça na ação contra o bispo Edir Macedo e mais nove integrantes da Igreja Universal do Reino de Deus. Os membros da Igreja são acusados pelos crimes de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.
    A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) não confirmou a data da decisão do juiz, apenas informou que o caso “está sob sigilo”. A ação criminal foi aberta no dia 11 de agosto, depois que a Justiça paulista acatou denúncia apresentada pelo Ministério Público (MP) com base em investigação feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).
    Segundo o levantamento feito pelo Ministério Público e pela Polícia Civil, as fraudes vinham sendo praticadas há pelo menos 10 anos. Os acusados usariam dinheiro de doações dos fiéis para benefício próprio.
    A investigação constatou que a movimentação chegaria a R$ 1,4 bilhão por ano em dízimos coletados em 4,5 mil templos em 1,5 mil cidades do País. Só no período de 2003 a 2008, os depósitos para a Igreja Universal do Reino de Deus alcançaram R$ 3,9 bilhões.

  6. É impressionate, tudo foi criação dele, que segundo ele, é como uma Itaipú, uma usina de idéias.
    Dai-me paciência!

  7. Como eu estava assistindo no dia posso falar, pq vi e ouvi MN dizendo o seguinte qndo ainda trabalhava na TV IURD:

    “…na frente d kda clube do Brasil tinha q ter uma estátua do edir macedo…”

    só ñ lembro do contexto o qual a frase estava inserida, mai q ele disse isso, ele disse; sñ m engano foi na época em q a TV Dízimo qria comprar o paulistinha.

  8. Já que você quer colocar em questão a ética no jornalismo, a propósito: o Kajuru fazer merchan a rodo em seu site, o que você acha? Agora ele virou “jornaleiro”?

    Ou será que você usa dois pesos e duas medidas? Um fazer propaganda o transforma em mau-caráter, banda podre, antiético, e outro, seu ídolo, pode?

    Estranho você, sempre tão preocupado com os rumos do jornalismo, não comentar essa guinada do seu ídolo aqui no blog.

  9. Só digo um nome Paulinho: rogério micheletti (escrito assim msmo c/ letras minúsculas a altura do caráter dele, s é q tem algum)

    E o pior foi um famoso goleiro verde dizer meses atrás q o tal MN era o jornalista q ele mais gostava. Na minha modesta opinião é uma declaração gravíssima. Primeiro por levantar suspeita sobre a retidão desse goleiro em ter como objeto d adoração tamanho calhorda e segundo por chamá-lo d, pasme, jornalista, uma ofensa aos Jornalistas!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: