Advertisements

Palavra do Magrão

Aos vencidos, a repulsa

Por SÓCRATES

http://www.cartacapital.com.br/app/coluna.jsp?a=2&a2=5&i=4097

Todos nós temos defeitos, muitas vezes gravíssimos, e nem sempre nos damos conta de sua existência. Contudo, alguns são fruto de desvios de comportamento provocados por estímulos sociais específicos que valorizam apenas e tão somente a vitória. Aos vencedores, a glória, o reconhecimento. Aos vencidos, a repulsa e a dor de ser literalmente ignorado como um nada, um zero à esquerda.

E é dos primeiros que quero falar. Há na sociedade contemporânea uma tendência coletiva à competição, muitas vezes restrita a pontos discutíveis quanto à sua importância. O que leva muita gente, por exemplo, a criticar qualquer passo na busca de um caminho que ofereça a possibilidade de criar uma aldeia mais justa e igualitária. Como na política de cotas para negros nas universidades ou de fila ou passe especial para idosos, para responder a seus compromissos.

Pois é, como só os vencedores têm vez, há uma verdadeira corrida em busca de um lugar de destaque. Muitas vezes utilizando métodos pouco convencionais, apoiados no que podemos chamar de autopromoção. Discutível? Nem tanto! Todos têm o direito de lutar por um lugar ao sol, principalmente quando não atropelam os concorrentes.

 O que surpreende, porém, é a resposta do público em geral, o qual frequentemente aceita passiva e resignadamente a estratégia utilizada, o que só reforça esse tipo de postura. Como o que aconteceu por estes dias, quando uma das promessas do nosso futebol foi a público demonstrar sua insatisfação com as críticas recebidas recentemente, conceituando-se como um jogador “diferenciado” e que deveria, portanto, ser preservado delas.

Esquece-se de que os grandes da história sempre pautaram suas atitudes na humildade e no respeito aos demais. E que jamais necessitaram potencializar artificialmente seus talentos.

Aliás, seria muito bom que todos os jogadores se preocupassem com suas qualificações humanas, e não somente profissionais, evitando tragédias como o texto a seguir, nascido de uma brincadeira que corre na “rede” e que nos remonta ao grau de formação de nossos atletas… “diferenciados” ou não.

ENTREVISTA DE EMPREGO:

– Nome?

– José Luiz.

 – Escolaridade?

– Terceiro grau completo!

– Pois bem, senhor José, vamos começar com perguntas simples, sobre conhecimentos gerais, história, geografia, ciências, personalidades…

– Certo. Pode começar.

– Quem foi Stalin?

– Um cara que cantava estalando os dedos.

– E Lenin?

– Tocava nos Beatles.

– O senhor não quer dizer Lennon?

– Esse fazia dupla com a Lilian.

– Ah… Leno!

– Não… cantano.

– Vamos mudar de assunto. O que é equação?

– É a arte de montar uma égua.

– E equitação?

 – É quando a gente paga todas as nossas dívidas.

– O que é um quelônio?

– É um tipo de mineral radioativo.

– Não seria plutônio?

– Não, não… esse é o nome completo do cachorro do Mickey.

– O que é fotossíntese?

– Denominação técnica para um retratinho 3×4.

– O que é um símio?

– Um cara que nasceu na Símia.

– Na Símia… certo. E qual é a capital da Símia?

– Nessa tu me pegou: não me lembro agora…

– Quem era Pancho Villa?

– Companheiro de Dom Caixote.

 – O que é um caudilho?

 – É um ossinho que tem na ponta da coluna e que, segundo os cientistas, comprova que o homem tinha rabo e é descendente do macaco.

– Uau… Onde fica a vesícula?

– Debaixo da clavícula.

– Onde ficam os glúteos e para que servem?

– Ficam na garganta e servem para engolir.

– Onde fica o baço?

– Não é baço. É braço. São dois e ficam antes das mãos. – Para que servem as fibras ópticas?

 – Para movimentar os olhos.

– Onde fica o Triângulo das Bermudas?

– Qualquer costureira sabe: entre o cós e o gavião.

– Quem descobriu a Lei da Gravidade?

– Um médico ginecologista francês, o doutor Jeckyll.

– Putz! E quem foi Sócrates?

– Sócrates?! Ô DOTÔ?! Esta é fácil: jogou no Corinthians! …e na Ágora ateniense também.

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “Palavra do Magrão

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: