Advertisements

São Paulo diz NÃO para o cigarro

 

“A lei não é de interesse da saúde pública”

Adriano Diego, líder do PT na Assembléia

 

O estado de São Paulo acaba de dar um grande exemplo para o país.

Foi aprovada uma lei que proíbe o fumo em qualquer lugar fechado dentro dos limites paulistas.

Nem os fumódromos serão permitidos.

Uma maravilha !

A nova lei afronta os fabricantes de cigarro, verdadeiras indústrias do suicídio.

Além disso, preserva o direito das pessoas que tinham sua saúde prejudicada pelo vício daqueles que insistem em preencher os pulmões com nicotina.

A votação foi expressiva.

O governador José Serra deve sancionar a lei em até dez dias.

Destaco abaixo o nome dos Deputados Estaduais que trabalharam a favor da indústria da morte e votaram contra a nova lei.

Lembre-se deles na hora de votar novamente.

Major Olímpio (PV)

Adriano Diogo (PT)

Ana do Carmo (PT)

Ana Perugini (PT)

Antonio Mentor (PT)

Beth Sahão (PT)

Carlinhos Almeida (PT)

Donisete Pereira Braga (PT)

Enio Tatto (PT)

Fausto Figueira (PT)

Hamilton Pereira (PT)

José Cândido (PT)

José Zico Prado (PT)

Marcos Martins (PT)

Maria Lucia Prandi (PT)

Roberto Felício (PT)

Rui Falcão (PT)

Simão Pedro (PT)

Vanderlei Siraque (PT)

Vicente Cândido (PT) (Amigo de Kia Joorabchian e Andres Sanches, intermediou a transação que visava trazer Boris Berezovski ao Brasil)

Facebook Comments
Advertisements

78 comentários sobre “São Paulo diz NÃO para o cigarro

  1. Cris Gardner

    Ninguém morre por fumaça assim como o caso da bebida que pode atingir terceiros
    Não foi confirmado em nehum estudos os maleficios levados pelos fumantes passivos.
    Mas realmente que mata e faz mal é mais que comprovado
    Mas impede a bebida então em bares so pode beber em casa
    E também libera a Kannabis que ja foi mais que comprovado que a mesma é menos prejudicial que a nicotina
    E seu grande idolo FHC era uma maconheiro nato assumido em entrevista a Playboy e 1986 as vesperas da candidatura para prefeito que ele apanhou do Janio

  2. yu

    bom exemplo,agora vamos ver como vai sr esta fiscalizaçao,e o cumprimento da lei.qem e qantos vao fiscalizar…

  3. kasparaitis

    nossa, q engraçado. eu estou vendo mal ou só tem duas siglas partidárias nesta lista? q venham os petistas como sempre com seu bla-bla-bla! (tentando inutilmente rebater OS FATOS)

  4. geraldo lina

    Paulinho, soh uma coisa.
    Parece que o Serra estah de amores com a Soninha ?!?!?!
    Daqui a pouco ele vai proibir o cigarro e liberar a maconha ????
    Hipocrisia pouca eh bobagem.

    Cuidado com os governantes de atos populistas !!!
    Desde Collor a Lulla, VAMOS ACORDAR !!!

    De qualquer maneira, eh uma grande vitoria dos que nao fumam, jah que de acordo com os medicos, o fumante passivo corre o mesmo risco de ter AVC e ATAQUES CARDIACOS ( obviamente em % menor ) que o fumante viciado.

    ***(*) ******(*)

    PS. Tem um goleiro de uma agremiacao ai que gosta de pitar seu SOUZA CRUZ nao eh mesmo ? Seria o FRANGUEIRO FALANTE ???

    Bom, agora que o TITIO SERRA deu a ordem, quero ver se ele vai largar. Eu pessoalmente duvido jah que quando o MADUREIRA manda ele ficar no gol, ele sobe pro ataque tentar fazer gol.

    HAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHAUHAUHA

    Marcos, seu IMBECIL:
    GOLEIRO ARTILHEIRO EH SOH O ROGERIO CENI

    VAI TE CATAR !!!

    ***(*) ******(*)

    1) Gianluigi Buffon (ITA/Juventus)
    2) Iker Casillas (ESP/Real Madrid)
    3) Rogério Ceni (BRA/São Paulo) – ESSE NAO FUMA !!!
    4) Petr Cech (ING/Chelsea)
    5) Marcos (BRA/Palmeiras)
    6) Júlio César (BRA/Internazionale)
    7) Edwin van der Sar (HOL/Manchester United)
    8 ) Pepe Reina (ESP/Liverpool)
    9) Jens Lehmann (ALE/Stuttgart)
    10) Dida (BRA/Milan)
    11) Francesco Toldo (ITA/Internazionale)
    12) Guillermo Ochoa (MEX/América-MEX)
    13) Brad Friedel (EUA/Aston Villa)
    14) Victor Valdés (ESP/Barcelona)
    15) Roberto Abbondanzieri (ARG/Boca Juniors)
    16) Sébastien Frey (FRA/Fiorentina)
    17) Grégory Coupet (FRA/Atlético de Madrid)
    18) Andrés Palop (ESP/Sevilla)
    19) Manuel Neuer (ALE/Schalke 04)
    20) Andréas Isaksson (SUE/PSV)
    21) José Cevallos (EQU/LDU Quito)
    22) René Adler (ALE/Bayer Leverkusen)
    23) Diego Alves (BRA/Almería)
    24) Farid Mondragón (COL/Colônia)
    25) Tim Howard (EUA/Everton)
    26) Victor (BRA/Grêmio)
    27) Carlos Kameni (CAM/Espanyol)
    28) Doni (BRA/Roma)
    29) Léo Franco (ARG/Atlético de Madrid)
    30) Gomes (BRA/Tottenham)
    31) Oswaldo Sánchez (MEX/Santos Laguna)
    32) Marco Amelia (ITA/Palermo)
    33) Diego Cavalieri (BRA/Liverpool)
    34) Ben Foster (ING/Manchester United)
    35) Ricardo (POR/Betis)
    36) Artur Boruc (POL/Celtic)
    37) Igor Akinfeev (RUS/CSKA Moscou)
    38) Óscar Córdoba (COL/Millonarios)
    39) Aldo Bobadilla (COL/Independiente Medellín)
    40) Robert Green (ING/West Ham)
    41) Hugo Lloris (FRA/Lyon)
    42) Steve Mandanda (FRA/Olympique de Marselha)
    43) Juan Carlos Henao (COL/Real Cartagena)
    44) Sebastián Viera (URU/Villarreal)
    45) Jerzy Dudek (POL/Real Madrid)
    46) Jaroslav Drobny (TCH/Hertha Berlim)
    47) Mauricio Caranta (ARG/Boca Juniors)
    48) Renan (BRA/Valencia)
    49) Óscar Ustari (ARG/Getafe)
    50) Fábio Costa (BRA/Santos)

    8)

  5. Evandro Meireles

    Esse partido é uma máfia, facção ou como melhor definirem.

  6. Eduardo

    Paulinho, seria interessante você também postar algo sobre a mudança do plano diretor da cidade de São Paulo proposta pelo Kassab. Esse assunto é muito mais importante do que essa lei do fumo, pois prejudicará décadas à frente a cidade de São Paulo, facilitando a rapinagem dos especuladores imobiliários. A propósito: não sou petista e nem defensor do PT e também defendo a proibição do fumo em espaços fechados. Mas as falcatruas e as políticas equivocadas que beneficiam meia dúzia de milionários em detrimento da maioria da população devem ser veiculadas por órgãos sérios como o seu blog.

  7. Paulo Roberto

    Tem um paspalho ai que alem de xxxxx eh petralha, nao tem coisa pior num ser humano.

  8. Paulo Roberto

    O goleiro Catador de Borboletas, conseguiu engolir 2 perus contra o S Caetano esta em 3o? Esse pessoal deve acreditar ate em duendes.
    Eh obvio que ele nao fuma, ele leva.

  9. Larissa Beppler

    Como disse um corinthiano lá na comunidade… Prostituição de menores à luz do dia pode e cigarro não pode… São Paulo caminha para se tornar a cidade mais chata do mundo.

    E ah.. A gente vive no Brasil e aqui lei precisa “pegar” e me parece que essa não pega… Já imaginou fumante 5 hrs numa balada, num bar, etc… bebendo sem fumar? Pois é.

  10. Andre

    Eu morava em NY quando lei similar foi la criada. Agora moro em Londres e, aqui, a mesma lei entrou em vigor em 2006. Uma beleza.

    Entrar em um pub em Londres era impossivel. O ar era irrespiravel. Sugerir que nao ha fatos que comprovam o risco para fumantes passivos eh piada.

    Excelente iniciativa, independente do partido ou da pessoa que a tenha tomado.

  11. emygdio ribeiro do prado jr

    Desta vez,votaram uma lei que beneficia o povo,portanto ,aplausos calorosos para os partidos que instruiram os seus politicos a aprovarem a lei,em contra partida repudiamos tambem com bastante indignação esta lista de politicos que com sabedoria vc. coloca em seu blog,cujos nomes e partidos vejo por aí alguns acéfalos defendendo com furor….claro que só poderiam ser na sua maioria deputados desta estrebaria que carrega a sigla de PARTIDO DOS TRABALHADORES ,composto com um elenco de fazer inveja ,a qualquer zoológico do mundo ,com raros representantes do puxa saquismo interesseiro das fabricas de cigarros ,bem como,estão pouco se lichando ,pela saúde púbica de seus eleitores ,mas,estes mesmos cidadãos que um dia por crerem em papai Noel ,votaram nestes vermes ambulantes ,que ainda carregam no peito uma placa luminosa do partido da corrupção e da falta de moral ,com tanto orgulho ,será facilmente indentificável na proxima eleição ,lembrem-se dos nomes do partido e ferro neles ,afinal Papai Noel não existe !

  12. MarceloKaja

    Tomara que essa lei ultrapasse os limites do estado de São Paulo e avance pelo Brasil afora.
    Chega de engolir fumaça dos outros.

  13. eliandro

    Caro Paulinho, confesso que esperava muito mais de você. Porém vejo que está se perdendo no mundo dos clichês, o fato de você ser contra ou a favor do cigarro não interessa. Pois do mesmo jeito que aumentam as restrições ao fumo o estado brasileiro (tanto no ambito minicipal, estadual e federal) deveria preocupar com coisas muito mais importantes. Porque não regulamenta a legislação sindical e investiga a situação fraudulenta dessas “empresas”, porque a prefeitura de são paulo não impõe limites a empresas de transporte público (ao invés de liberar a bagunça com fez agora em 2009), porque o nosso prefeito Kassab não impõe limite a essa baderna da 25 de março e suas adjacências. Porque a dupla fantástica do DEM/PSDB não vem a público explicar o golpe armado para Copa de 2014 no Morumbi, ou vc acha que alguma empresa privada vai reconstruir o Morumbi, bom se depois da Copa a Caixa Economica for privatizado.

  14. Rafael Costa (rivale)

    Dessa fez sou obrigado a concordar com os petistas!

    Não sou fumante e nem poderia ser pois tenho asma, porém acho que essa lei é extremamente autoritária e mexe diretamente na vida de entes privados.
    Daqui a pouco vão querer proibir a venda de batatas fritas, já que esse tipo de alimento, dizem, faz muito mal à saúde.

  15. a carlos

    ……ENQUANTO ISSO EM BRASÍLIA PARA O PT AUMENTAR O IPI DOS CIGARROS A BRIGA FOI GRANDE COM AS BANCADAS DE PSDB E DEM
    QUE DIZIAM QUE SE OS CIGARROS AUMENTASSEM MUITO AS FABRICAS DE CIGARROS PODERIAM FALIR…….

    SITUAÇÃO AQUI………

    OPOSIÇÃO LÁ…………..

    LÁ COMO CÁ………….CACA!!!!!!!!!!!!!!!!

  16. Tri-Mundial!!!

    Paulinho, e quanto aos estádios de futebol? Como frequentador assíduo do morumbi, sempre desejei que os malditos fumantes fossem proibidos de adentrar aos estádios portando cigarros… e outras “cositas mas”.

  17. Victor Thor

    Paulinho , o direito de quem quer fumar é o mesmo de quem não fuma , ok???? vc de vez em quando é um cara muito chato !!!! irritante!!!!continua denunciando a corja , que é um tema muito mais interessante , tb quero informar que todos não passam de um bando de bunda mole!!!! que a hora deles esta proxima , vai sair tudo de camburão .

  18. SANGUE VERRDE

    O PT virou o Partido dos Tabagistas. Que eles gostavam de enfiar o fumo no povo, todos sabiam. Agora levar fumo, não. 2010 está chegando, e com ele, a esperança de defenestrar essa turma bandida do poder. Fumo NeLLes.

  19. Bruno Camargo

    Agora publica a lista dos que são contra a cpi do desabamento do metro.

  20. Luís Carlos

    Acho que quem fuma deveria se tocar em não prejudicar os outros, não precisando de lei nenhuma para isso, mas a lei, que é boa (se for aplicada) não foi aprovada por sensibilidade dos deputados pelos anseios da sociedade.

    Nenhuma emissora de rádio ou tv ganha dinheiro com fabricante de cigarro há muito tempo. Por isso a lei foi aprovada.

    Quero ver fazer o mesmo com as bebidas, que patrocinam eventos esportivos e culturais; fazem merchandising em todas as novelas, filmes e bigbrotheres do mundo; patrocinam fartamente candidatos etc. Enfim, a indústria de bebida é de longe a que mais gasta com propaganda.

    Se a fumaça do cigarro prejudica até quem não fuma, a bebida alcoólica provoca o mesmo efeito, São mulheres e crianças vítimas de violência doméstica e até estupro; é gente que é assassinada por motivos banais; são pessoas que aguardam ônibus nas paradas que são atropeladas etc etc e etc.

    Político demagogo nunca faltou nos palanques.

  21. Marcelo Barbagallo

    Como pode uma pessoa filiada ao PARTIDO VERDE votar contra uma lei dessa???!!!!
    Depois nós, pessoas comuns, achamos que essa turma é corrupta e eles ficam ofendidos!
    Querem fumar? Fumem dentro de suas casas ou em algum lugar onde só vocês respirem esse lixo tóxico.
    Eu gosto de jantar comida com gosto de comida… eu tenho problemas para respirar quando alguém “solta” sua fumaça perto de mim…
    Danem-se fumantes… que vocês se encontrem com meu pai, que morreu por causa deste vício.

  22. Rodrigo

    Curioso. Sob a alegação que esta era uma medida política (?) o PT fechou questão e votou contra o projeto. Ainda bem que o motivo foi político, pois senão os inimigos iriam dizer que a poderosa industria do cigarro cooPTou todos eles.

  23. Milton neves

    mano eu fumo e vou continuar fumando em qualquer lugar e quero ver quem vai apagar meu cigarro !!!!

  24. Bruno de Souza

    Paulinho,
    em mais um exercício de moralismo, escreves essa coluna…
    O que mais vai defender? O fim da prostituição? O fim do sexo entre menores de idade? O fim do sexo antes do casamento? A proibição de venda de bebida alcoólica?
    Não está fácil…
    Sou contra isso: fuma quem quer, onde quiser.
    Se a Lei fosse do PT, iriam acusar esse partido e o presidente Lula de serem “ditatores bolcheviques”.
    Repito: fuma quem quer. Se o estabelecimento quiser proibir o fumo, que proiba e perca o cliente fumante.

  25. ronaldo

    Por que não publica quem votou a favor?

    Paulinho: Todo o restante dos deputados

  26. django

    Que lindo, mais uma lei que vai ajudar muito, mas muito mesmo ….
    So quero ver se vai ser fiscalizada.

    Paulinho o que vc acha do Kassab ainda não ter enviado material escolar para as escolas municipais ainda, ja estamos em abril e ainda nada.

    E tambem sobre a campanha eleitoral do Leite nas escolas e ele acabou reduzindo a distribuição, fala alguma coisa ja q vc agora é comentarista politico tambem.

  27. Beto Beto

    E os PUB’S a partir de hoje também só podem vender leite…

    Já trabalhei com a Souza Cruz e mais de 80% do preço do cigarro é imposto, logo o governo é sócio majoritario desta industria…

    A campanha presidencial ja começou com toda sua pirotecnia…

  28. MaTGO

    Sinto muito haver pessoas como Cris Gardner, dizendo que não há estudos comprovando os males do cigarro a terceiros. Pior ainda é falar das bebidas… como ela poderia atrapalhar terceiros? Pero aroma de cachaça? Não defendo a bebida também mas não entendi a relação com o cigarro, proibicao…

    Mais lamentável ainda é escutar do PT que o Serra propôs apenas visando as eleições de 2010. Argumento pífio… ou significa que ele não pode mais propor nada até sua, nao confirmada, candidatura!

    Lamentável…

    A ideia de proibir cigarros foi ótima e já deveria estar em vigor há tempos!

  29. Ricardo

    Incrível ver um deputado do Partido Verde votar conta essa medida… Resta saber agora o que o partido acha disso!

  30. Jones 8-1-1

    Sinceramente, gostei por não ser fumante, mas não acho justa a lei, pelo menos deveria permitir fumódromos.

    Mas sinto pelo menos uma certa compensação com relação à Lei Seca, essa sim que me prejudica mto pois como um bom brasileiro, gosto de uma bebida e dirijo mto.

    Discuti com vários amigos fumantes que eram a favor da Lei Seca, agora me sinto um pouco vingado, quero ver se agora eles são a favor.

  31. Leonardo

    Se me permitem, vou discordar!

    Primeiro gostaria de deixar claro que não sou fumante e odeio cigarro. No entanto acredito que houve exagero!

    Quer dizer que seu eu tenho um bar, eu não posso decidir se dentro do MEU BAR, as pessoas podem ou não fumar?

    Se o dono do estabelecimento é fumante, ele não pode fumar, dentro de sua própria propriedade?

  32. Rodollfo Bernini

    Não gosto dessa lei…

    Acho um pouco taxativa demais… Acho que deveria ser optativo. Quem quiser deixar os fumantes dentro do seu estabelecimento, que deixe.

    Os Não-fumantes que têm de boicotar quem isso faz.

    Acho muito censurador…

  33. Henrique

    De futebol vc entende. De política, no way! Vc é a favor dos que quebraram o Brasil por 3 vezes e sugam o estado de São Paulo.

    Não é mole, não:

    04 Anos de Serra
    08 Anos de FHC
    12 Anos de Alckmin
    16 Anos de RODOANEL

    Paulinho: O assunto é cigarro, não politica

  34. Paulo Xará

    O seu problema é que você é só mais politicamente correto com uma visão limitada das coisas, não enxerga um palmo à frente do seu nariz. Se muito, vê até o seu umbigo.

    SOBRE O FUMO E AS DITADURAS VIRTUOSAS
    Prometi, na madrugada, que falaria mais sobre o projeto enviado à Assembléia pelo governo de São Paulo que, na prática, permite que se fume apenas na rua (em logradouros públicos abertos) ou em casa. Lei semelhante já foi aprovada no Rio e em Brasília. Isso significa que os fumódromos seriam banidos, mesmo que as áreas reservadas a fumantes não tenham qualquer contato com as de trânsito comum de fumantes e não-fumantes.

    Para mim, resta óbvio que há aí uma agressão a direitos individuais — até porque fumar tabaco não é ilegal. Ora, se quero me trancar num ambiente só freqüentado por fumantes e fumar até a exaustão, quem pode me impedir? Aí vou lembrar Albert Camus de O Mito de Sísifo: o suicídio é a única questão filosófica verdadeiramente relevante. Ainda que eu ache que as pessoas não devam praticá-lo.

    Claro que ninguém propõe uma lei dessas querendo o mal das pessoas. Lendo a reportagem da Folha, nota-se que os militantes antitabagismo ainda acham o projeto modesto: gostariam, talvez, que fosse ainda mais restritivo, quem sabe confinando o fumo ao ambiente doméstico apenas. E olhem lá: havendo uma criança em casa, algum promotor da Infância e da Juventude se veria tentado a cassar o pátrio poder porque o infante estaria exposto a uma má influência.

    Façam uma pesquisa sobre o “Tirano de Siracusa”. Numa visão, vejam só, idealista de mundo, poderíamos ter uma ditadura das virtudes. Já que todos devemos fazer o bem como norte moral, por que não, então, uma força que nos imponha o bem como uma determinação ética? Não parece perfeito? A pergunta que já vem com uma resposta é esta: “Alguém pode ser favorável ao câncer?” Ora… Então eliminemos as chances do câncer. “Alguém pode ser favorável ao colesterol?” Então eliminemos radicalmente as chances do colesterol. “Alguém pode ser favorável às ambições desmedidas?” Então eliminemos as chances das ambições desmedidas…

    Quanto tempo demora para que o Tirano de Siracusa se torne um déspota vicioso, embora pretenda, naturalmente, fazer apenas o bem, controlando nossos apetites e nos protegendo de nós mesmos, de nossa própria e suposta tendência à autodestruição e à destruição do outro? Todas as utopias — ou distopias — totalitárias acenam para o Bem.

    Fui muito longe só por causa do cigarro? Pois é. Acho que o projeto acena, queira ou não, para algo muito ruim. Embora fumante, concedo que o cigarro seja banido de ambientes públicos. Mas me parece inaceitável — e manifestação real de uma ditadura virtuosa ideal — proibir que haja bares, por exemplo, em que o fumo seja liberado, com o devido aviso estampado na porta. O indivíduo não pode ser privado do direito de escolha, nem que seja para o seu suposto bem. Banir os fumódromos das empresas, então, é ainda mais invasivo, já que interfere em uma rotina de entes privados, que nada devem, nesse particular, ao estado. Expõe, ademais, profissionais à humilhação e ao vexame.

    E noto: muitos leitores observaram que o hábito de fumar, no fim das contas, onera o sistema de saúde em decorrência das doenças decorrentes do fumo; que os fumantes, então, deveriam ter menos direitos à assistência do que os não-fumantes… É, definitivamente, vivemos a época simpática a esses microfascismos. Pois bem: então é preciso restringir o acesso dos gordos à saúde, mais propensos à hipertensão; dos alcoólatras, mais propensos a qualquer coisa; dos promíscuos, mais propensos a doenças venéreas; quem sabe até dos absolutamente castos (se isso lhes causar algum desvio de comportamento). Que tal criarmos um sistema de saúde para atender apenas as pessoas saudáveis?

    O norte ético do projeto está errado. Deveria ser mudado ou rejeitado pela Assembléia. Mas não aposto nem em uma coisa nem em outra.

    PS: A questão é menor, mas está sempre presente. Como os fãs de maconha são dedicados, não? Vai ver é porque não vicia, juram eles, hehe… Um leitor, sabendo que sou contrário à descriminação das drogas, manda a seguinte provocação:
    “E se eu quiser me trancar num quarto com outros fumantes e fumar maconha até morrer (ou dormir)? (canabis plantada em casa, pra não melindrar o capitão Nascimento).
    Publicar Recusar (Anônimo) 14:55

    Respondo
    Vire-se. Não tenho nada com isso. Alguma vez me opus à sua lavoura? Cada um no seu quadrado. E também não precisa me contar, entendeu? Agora, se você começar a vender a porcaria, aí tem de ir em cana. Há uma lei que pune o tráfico. A questão é objetiva: o Brasil não vai descriminar as drogas sozinho. Se o fizesse, além de arrumar uma confusão internacional de proporções inimagináveis, estaria se marginalizando na relação com outros países. Mas a sua pergunta, na forma como vem, admite o óbvio: a relação entre droga e crime organizado. E só por isso você me faz a pergunta colocando-se, como direi?, como um homem dedicado à agricultura de subsistência…

    Por Reinaldo Azevedo

  35. Marcos R. Cabral

    Realmente o fumo é uma praga que tem de ser combatida a qualquer custo. Mas, acreditar no Zé Serrágio, o desgovernador de SP? Aquele que não recebeu a polícia para negociar, mas recebeu Paulo Serdan para conversar? E outra hein Paulinho, pra vc, parece que e o PT é o cancer do Brasil. Duvido que não haja algum membro do PSDB que votou contra…..

  36. Henrique

    Isso: “O governador José Serra deve sancionar a lei em até dez dias.

    Destaco abaixo o nome dos Deputados Estaduais que trabalharam a favor da indústria da morte e votaram contra a nova lei.

    Lembre-se deles na hora de votar novamente.” não é apenas cigarro.
    Se vc acha isso, sorry, acho melhor rever seus conceitos. O q vc escreve é público, não se esqueça! Abs!

  37. José Leonel

    Segundo você, fumante não é gente, ora nós temos direito como todos, é so respeitar quem não fuma, agora se já há uma área especial pra quem fuma para que retirar ela?
    Só porque eu fumo, eu não sou menos que você…

  38. Godofredo Corrêa

    HENRIQUE – VC é patético. Realmente os governos citados devem ter tido problema mas e os do PT. Para enumerar aqui, iria travar não só o blog do Paulinho, mas também toda a WordPress. Para com isso meu.

  39. Guilherme

    Ridícula essa lei.
    Não se poderá nem vender bebida nas chamadas “tabacararias”.
    Quer dizer:
    O Serra acha que só pq estou fumando não posso beber? Que vergonha…
    Por isso que em 2010 não vai se eleger nem pra síndico do meu prédio…

  40. Andre

    Quanta ignorancia.

    Uma pessoa aqui chegou a comparar fumar a comer batata-frita. Outra comparou fumar `a prostituicao de menores, como se a segunda fosse algo permitido por lei (sera que NY e Londres sao cidades chatas tambem?).

    Se alguem quiser fumar que o faca o quanto quiser, desde que nao ponha em risco a saude de terceiros. Lembre-se que o seu direito termina quando o meu comeca.

    Area para fumantes nao resolve (primeira lei da termodinamica), a menos que essa area seja completamente isolada, o que nunca eh o caso.

    Tanto em NY quanto em Londres, onde morei e moro, respectivamente, donos de bares, restaurantes, pubs, etc disseram que muitos iriam falir. Nada disso aconteceu. Quem quer fumar pede licensa e vai para a calcada por 5 minutos. E olha que o inverno aqui eh de rachar.

    No final das contas, quem quer fumar continua fumando e quem nao quer nao eh obrigado a inalar a fumaca alheia.

    Andre

  41. sidneih

    http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2009/4/9/ascensao-meteorica-em-apenas-3-anos

    Ascensão meteórica em apenas 3 anos
    Ascensão meteórica marca trajetória de Bendine, novo presidente do BB
    Autor(es): Patrícia Duarte
    O Globo – 09/04/2009

    Indicado foi alçado a uma das vice-presidências sem passar pela diretoria

    Ligado ao PT, Aldemir Bendine, de 45 anos, passou de gerente-executivo a presidente do BB em três anos. É apadrinhado de Gilberto Carvalho, chefe de gabinete de Lula e forte nome para presidir o PT. Bendine começou como menor estagiário, em 1978. (págs. 1 e 20)

    Uma ascensão meteórica marca a trajetória no Banco do Brasil (BB) do funcionário de carreira Aldemir Bendine, 45 anos, que vai precisar de muita habilidade para contornar as resistências à sua nova empreitada na instituição.

    Apadrinhado por Gilberto Carvalho, chefe do Gabinete Pessoal do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e cotado para presidente o PT, Bendine — que entrou no BB em 1978, como menor estagiário — foi de gerente-executivo a presidente em cerca de três anos.

    Dida, como Bendine é conhecido, chegou aos principais gabinetes quando virou assessor da presidência da instituição no fim da gestão de Rossano Maranhão, em 2006. Já em julho do ano seguinte assumiu a vicepresidência de Varejo e Distribuição, sem passar sequer por uma diretoria — caminho que normalmente a maioria dos altos executivos do banco faz.

    Dois meses depois, foi à vicepresidência de Cartões e Novos Negócios de Varejo, cargo que ocupará até o próximo dia 22.

    Insatisfação deve levar a renúncias no BB Sua escolha para comandar o segundo maior banco do país deixou muita gente da cúpula e da máquina do BB insatisfeita, pela forte conexão com o PT e o Palácio do Planalto. A situação é tão sensível que há, nos bastidores, a expectativa de que alguns vice-presidentes possam também deixar seus cargos. Em entrevista coletiva ontem, Bendine se defendeu: — Não sou filiado a nenhum partido político — garantiu Bendine, que agradeceu ao presidente demissionário, Antonio de Lima Neto, a oportunidade de ter integrado sua equipe.

    A disputa, inclusive política, pela cadeira de comando do BB foi grande. Outros três vice-presidentes foram cogitados para substituir Lima Neto, boa parte com conexões partidárias: Adézio de Almeida Lima (Crédito, Controladoria e Risco Geral), ligado ao PT; Milton Luciano (Varejo e Distribuição), sem ligações políticas; e Ricardo Flores (Governo), este nomeado dentro da cota do PMDB. Seu nome, no entanto, foi descartado logo de cara porque assumiu a vicepresidência há poucos meses.

    PT controla cinco de nove vice-presidências do BB A configuração política dentro do BB é clara. O PT de Lula controla cinco das nove vicepresidências e, com a nomeação de Bendini, chega a ocupar o cargo principal. O PMDB fica com uma vice-presidência e três são ocupadas por executivos que não têm ligações partidárias, como a de Finanças, Mercado de Capitais e Relações com Investidores, sob o comando de Aldo Luiz Mendes. Lima Neto não era próximo a qualquer partido, tendo sido recomendado ao cargo por seu antecessor, Rossano Maranhão.

  42. Régis

    É engraçado até onde vai a imbecilidade do ser humano. Alguns dizem que a cidade vai ficar chata porque é proibido fumar. Alguém acha que Nova Iorque é chata porque lá proibido fumar até na rua?
    Fumar é uma atitude que incomoda quem está do seu lado, Não fazer isso é chato? Para esse tipo de gente, a pessoa que não fuma é chata, quando o problema é ele, que possui um vício que não consegue largar, nem por no máximo 2 horas, que é o tempo médio que se permanece num restaurante.
    Eu acho que, na verdade, deveria é haver uma movimento consciente de quem não fuma para não frequentar locais que conseguirão manter espaço para fumantes com liminares e recursos judiciais, como alguns já estão prevendo. Ai sim, quero ver se os fumantes serão capazes de manter a lucratividade desses locais.
    Por fim, partindo das idéias absurdas que eu vejo aqui, seria interessante que quem não fuma, então, votasse no Serra. Ai nos veríamos que o fumantes não são tão maioria assim, apenas pertence a uma mesma classe (de doentes) unida.

  43. Osvaldo

    EU SOU FUMANTE…

    Mas eu aprovo a lei, acho que nada mais desagradável do que voce estar num bar ou restaurante comendo e um maldito do seu lado acende o cigarro, só quem passou por isso sabe como é, isso é questão de educação.

    Ja briguei com 2 por causa disso, e vou brigar com quantos forem necessarios, eu não preciso me alimentar de fumaça enquanto estou comendo.

    Agora, tem uns posts que eu li que o QI desse pessoal deve ser abaixo do QI de uma Samambaia de Plastico queimada pelo Sol.

  44. Anderson Viana

    O Rogério “insuportável” Ceni, melhor goleiro do Brasil ? Estamos mal de goleiro hein… Ele já tem uma máscara danada, agora então…

  45. Marcos Pleberude

    Denovo vejo o senhor dar enfase negativa ao PT e esquecer do PSDB/DEM, porque o senhor nao assumi de vez o seu tucanismo elitista me envergonha um corinthiano como o senhor ter um vies elitista como o seu. Nao vi em nenhum momento desse blog uma citaçao sequer das falcatruas do Rodoanel,seja justo e imparcial para nao perder a credibilidade que conquistou com seu blog.

  46. Adriano

    Geraldo Lina = Mota do Estadio 97.

    1) GERALDO LINA – ESSE NÃO FUMA !!! SÓ LEVA.
    2) GERALDO LINA – ESSE NÃO FUMA !!! SÓ LEVA.
    3) Rogério Ceni (BRA/São Paulo) – ESSE NAO FUMA !!! SÓ LEVA
    4) GERALDO LINA – ESSE NÃO FUMA !!! SÓ LEVA.
    5) Marcos (BRA/Palmeiras) – GOLEIRO DA SELEÇÃO!!!!

  47. Márcio Azevedo

    Engraçado.
    O álcool mata muito mais que o cigarro, tanto entre seus usuários quanto entre os que não bebem e morrem em acidentes de trânsito envolvendo bêbados.
    O álcool destrói famílias, é um problema social muito mais grave que o cigarro. Quem mora na periferia ou na favela sabe o tamanho do drama causado pelo álcool.

    Mas contra o álcool não nos preocupamos tanto quanto contra o cigarro.

    Por que o prazer mórbido com a proibição do fumódromo? É tão simples: existe um fumódromo, e quem não fuma se afasta do fumódromo.

    Mas não basta livrar o não-fumante do fumo, não é? É preciso exterminar esses párias da sociedade, os fumantes.

    Que beleza. É realmente muito salutar essa medida. Já que os paulistanos estão tão preocupados com a qualidade do ar, por que não proibimos os carros, também? por que não ampliamos o rodízio para 2 dias da semana?

    O não-fumante odeia o cigarro mas ama o monóxido de carbono do seu carro… Mas ninguém fala sobre isso, né? Então por que vamos nos preocupar?

    De qualquer maneira, a sociedade é assim mesmo. De tempos em tempos escolhe párias a serem exterminados da sociedade… Alguma semelhança com judeus, neggros, ciganos, homossexuais? Seria divertido ver uma sociedade sem fumantes e presenciar os não-fumantes escolhendo outro grupo qualquer para atacar.

    Fiquem com seus corpos saudáveis e suas mentes doentes.

    ======================# ~ ~ ~ ~

  48. BCR

    ola paulinho

    sinto muito, mas dessa vez terei que ir contra vc.

    a pessoa fuma porque quer, nenhuma empresa de tabacos obriga ninguem a fumar, eu mesmo tenho 35 anos e nunca fumei, simplesmente porque não vejo nada de interessante nisso.

    vc está fazendo um ato irresponsavel ao colocar nomes de politicos no seu blog, mesmo porque todos sabemos quais são os reai$ intere$$es dessas pessoas, não é mesmo???

    peço aos seus leitores que ignorem o seu pedido de voto pra esses vagabundos, vc deixou se levar… é compreensivo.

    abraços

  49. Felipe

    Acho que o blogueiro, antes de dizer aos seus leitores: “Destaco abaixo o nome dos Deputados Estaduais que trabalharam a favor da indústria da morte e votaram contra a nova lei.” deveria publicar a Argumentação Política que o partido dos trabalhadores utilizou para votar contra a Lei e não, como vc diz “a favor da indústria da morte”.

    Quando vc destaca a declaração do líder do PT na Assembléia, e este diz que: “A lei não é de interesse da saúde pública”, alguma argumentação de interesse público deve ter, justamente por que um partido não iria se “queimar” com os seus eleitores em não votar a favor de uma Lei tão popular.

    Só apresente os fatos e deixe que os cidadãos julguem.
    Acredito que você pode exercer esse papel de jornalista imparcial.

  50. Osvaldo

    Marcos Pleberude

    Ele explica o Rodoanel se voce explicar algumas coisas :

    – DOLARES NA CUECA
    – MENSALÃO
    – QUEBRA DE SIGILO DE UM FUNCIONARIO PELO PALOCCI
    – DELUBIO, MARCOS VALERIO, …
    – TUNEL DA MARTA

    Quer mais ? É só falar, quanto ao projeto aprovado era para o bem da população ou voce é outro que acha que fumaça de cigarro não faz mal ?

  51. Rafael L Martin

    Larissa, prefiro a cidade chata do que chegar da balada e ter vontade de jogar minhas roupas num incinerador de tanto fedor dessa desgraça de cigarro.
    Fora a minha saúde indo pro saco, já que o fumante ao lado não tá nem aí se aquela fumaça é mais mortal PARA MIM do que para ele próprio.

    E se vai pegar a lei ou não, só te digo uma coisa. Fumou do meu lado, chamo a polícia. Não apareceu ninguém, filmo a transgressão e jogo na mídia. Aí o dono do bar que se explique com o MP.

    FORA CIGARRO, VÃO FUMAR NOS 5os. DOS INFERNOS!!!!!

    Liberdade é poder ir e vir se a fumaça vir atrás de mim. Tão na balada? Dá uma saidinha e se mata lá fora.

    ATÉ QUE ENFIM OS POLÍTICOS DESTE PAÍS FIZERAM ALGO DECENTE!!!

  52. diogo

    se houyvesse mesmo coragem de afrontar as industrias seria feito isso diretamente e nao da forma q foi feita….e quanto aos q votaram cotnra…para falar mal destes vc precisa mostrar para seus leitores tambem o contexto politico que envolve isso e nao fatos isolados como vc faz …alias a unica coisa que vc faz e isso ,manipula a verdade,persegue….puxar saco entao e sua especialidade numero 1…viado

  53. Roberto J.S.

    Paulinho, seu jornalismo esta começando a se perder na parcialidade…

  54. Felipe

    Essa cruzada contra o cigarro é ridícula, todo mundo tem o direito de fumar ou não. Pq nós fumantes não podemos ter uma área reservada? Quem nós estaríamos prejudicando além de nós mesmos? Esse falso moralismo tinha q ser extinguido. Eu fumo e fico com os males para mim.

  55. Ribamar Bianchini

    “Cigarro adverte: o governo faz mal”
    Leitores andam expressando melhor o que penso ao ler o noticiário do que eu e meus colegas jornalistas seríamos capazes. Foi o que senti, depois de consumir o caudaloso noticiário sobre a nova lei antifumo do governo paulista, ao ler a carta de Simone Montgomery Troula no Painel do Leitor da Folha desta quinta-feira.

    Por isso, reproduzo a carta:

    “Em resposta à lei antifumo de Serra, preciso achar a camiseta que comprei anos atrás e trazia uma caveira com cigarro e os dizeres: `O cigarro adverte: o governo faz mal à saúde´.

    Grande verdade, porque nada aumenta tanto a pressão sanguínea quanto pagar impostos escorchantes, que, no limite, serão usados para pagar empregadas domésticas de parlamentares.

    O Estado de São Paulo se esvai em dengue, febre amarela e malária, e o governador Serra se preocupa com os fumantes. E para quê?

    Para aparecer, porque se fosse por preocupação com a saúde dos eleitores e contribuintes, o governador se dedicaria a enfrentar as doenças medievais que estão à solta e sem combate adequado em nosso Estado”.

    Os leitores mais antigos aqui do Balaio são testemunhas da minha luta pessoal contra o cigarro. Já tentei parar de fumar várias vezes _ a última delas, no final do ano passado, quando relatei aqui a minha dolorosa experiência em diferentes matérias. Não consegui, acabei voltando.

    Quanto à frase da camiseta da leitora Simone Troula, não está assim tão longe da verdade, pelo menos no que me diz respeito. Ao voltar de Brasília, depois de trabalhar dois anos no governo, não cheguei a fazer camiseta, mas comentei com meus amigos: “O governo faz mal à saúde”.

    Claro que por outras razões, já que trabalhava muito, ganhava pouco e apanhava de todo lado, o que abalou mesmo a minha saúde. Fui parar no hospital, passei por uma delicada cirurgia e, neste caso, a culpa não foi do cigarro.

    Claro que, como todo mundo com um mínimo de lucidez, aprovo medidas restritivas para proteger aqueles que não fumam. Mas é evidente também que a Lei do Serra aprovada esta semana pela dócil Assembléia Legislativa de São Paulo é tão draconiana, arbitrária e discriminatória que até os não-fumantes hão de concordar com o exagero.

    Nem em Toronto, no Canadá, pioneira e rigorosa no combate ao fumo, onde estive a trabalho no final dos anos 90 do século passado, as restrições são tão violentas como as previstas nesta lei.

    Lá pelo menos ainda havia bares reservados a fumantes, onde quem quisesse poderia pitar, beber e comer à vontade. O fumacê era insuportável até para quem fuma, mas ninguém era obrigado a ir lá.

    Aqui chegaram ao requinte de perversidade de proibir a venda de bebida e comida nas tabacarias, único lugar onde ainda se poderá fumar, além das casas e das ruas, segundo a nova lei.

    O que tem uma coisa a ver com outra? Que mal fará à saúde pública se em local permitido o cara pede um conhaque para acompanhar o charuto? O que o governo tem a ver com isso?

    Se o pretexto é a defesa de quem não fuma, presume-se que os não fumantes não frequentem charutarias e, portanto, não serão prejudicados com o que comem e bebem os que vão lá para encontrar os amigos.

    Seria como um ateu entrar em qualquer templo e começar a reclamar dos rituais ou o sujeito que não gosta de futebol ir a estádios só para blasfemar contra este ópio do povo.

    Em entrevista à Folha, o governador José Serra apresentou, entre outras razões para defender a lei, um trauma de infância. “Meu pai, meus tios, um primo muito próximo, meu avô materno viveram muito menos do que poderiam por culpa do cigarro”.

    Quem garante? O governador afirma, sem citar a fonte, que “neste século quem fuma vai viver em média 20 anos menos”. Mesmo que isto seja cientificamente comprovado, pergunto: e se esta for a opção do indivíduo?

    Qual o problema, se ele respeitar os não fumantes, evitando o cigarro em ambientes fechados? É o governo que vai determinar _ e portanto, garantir _ quantos anos cada um de nós irá viver?

    Todo mundo certamente conhece gente que nunca fumou nem bebeu, fez dieta, malhou e só cuidou da saúde, e viveu doente ou morreu cedo. Qualquer imbecil sabe que o cigarro faz mal à saúde, não precisa ninguém dizer, mas andam chutando muitas pesquisas e estatísticas apenas para se alinhar ao políticamente correto.

    O próprio governador levou a questão para este campo, ao afirmar à Folha que será díficl aplicar a lei porque “vai ter muita torcida contra, até por motivos políticos, graças a esta malfadada antecipação das disputas eleitorais do ano que vem”.

    Mais uma vez a pergunta: e o que tem uma coisa a ver com outra? Ao contrário do que ele insinua, na base desta lei que prevê pena máxima para os fumantes estão exatamente as pesquisas que mostram ser a maioria dos eleitores favoráveis a ela.

    Mas, se for para governar com as pesquisas na mão, ou fazer plebiscitos como propôs esta semana o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), além de proibir o cigarro vamos ter que adotar também a pena de morte e fechar o Congresso Nacional.

    O país caminha perigosamente para tempos de intolerância

    blog do balaio

    Escrito por ribamarbianchini1

  56. Andre

    Ao Marcio Azevedo:

    Aqui “no estrangeiro” voce seria chamado de “drama queen”. Cara, que drama voce fez, hein? Quem foi que disse que fumantes devem ser exterminados? ‘Ce ta maluco?

    Outra coisa, ao colocar fumantes a judeus no mesmo nivel voce da a entender que o prejuizo desta nova lei eh comparavel ao males causados pelo holocausto, ou seja, voce trivializa uma das maiores tragedias ja ocorridas na historia da humanidade. Lamentavel.

    Alem do mais, voce apresenta argumentos completamente infundados (e.g. dizer que nao-fumantes amam o monoxido de carbono de seus carros, como se a poluicao de carros fosse despejada diretamente dentro de bares e restaurantes ou em outros ambientes fechados).

    E me parece tambem que, em sua opiniao, “nao-fumantes” sao um grupo organizado, talvez ate legalmente constituido :), cuja agenda resume-se a atacar outros grupos. Fumantes sao “a bola da vez”.

    Caro, se voce quiser fumar fique `a vontade. Mas nao venha me dizer que voce tem o direito de fazer com que outras pessoas sejam obrigadas a inalar o produto do seu vicio.

    Andre

  57. Henrique

    Caro Godofredo Corrêa, não disse q o PT (Pior de Todos) não tem problemas. Estamos falando de São Paulo, onde o PSBD atua há tanto tempo. Desculpe se te atingi de alguma forma. Mas é fato. Se o Federal hoje faz pouco, o Estadual faz menos ainda. E, sinceramente, desnecessário o ‘patético’, amigo. Estamos em uma discussão democrática civilizada. Abs!

  58. geraldo lina

    EH O SEGUINTE, O CARA QUE FUMA E QUER LUTAR CONTRA ESSA LEI, ALEM DE BURRO EH MESQUINHO. PORQUE O DIREITO QUE O FUMANTE TEM DE SE MATAR DIARIAMENTE, O NAO FUMANTE TEM DE PRESERVAR SUA SAUDE.

    ENTAO AOS MARIA FUMACAS DO BLOG, TO NEM AI PRA VOCES, QUE SE DANEM, MAS DA MINHA SAUDE EU CUIDO.

    MILTON NEVES SEU IMBECIL, SE O SENHOR ACENDER O SEU CIGARRO EM UM LOCAL FECHADO, O SENHOR VAI TE-LO APAGADO NA SUA CARA COM UM TAPA DO DONO DO ESTABELECIMENTO. ELE NAO VAI QUERER PAGAR UMA MULTA ENORME POR CAUSA DE UM LIXO IGUAL VOCE.

    ***(*) ******(*)

  59. Sãopaulino (sensato)

    Não gosto do Serra, mas depois desta Lei só tenho
    uma coisa à fazer:

    clap clap clap clpa clap clap clap clap clap clap clap
    clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap
    clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap
    clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap
    clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clpa
    clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap
    clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap!

    E não adianta os viciados em nicotina tentaram fazer ilações com outros vícios, pois o problema do cigarro é a propagação da fumaça, que além de aspirada involuntariamente pelos não-fumantes, ainda deixa nossas roupas e cabelos imundos.

    Tão logo a mesma entre em vigor, eu serei um “fiscal” e não hesitarei em chamar a polícia para preservar meu direito ao ar puro.

  60. Rafael L Martin

    essa lei tem tantos aspectos positivos que o “pai e a mãe do pac” vieram CORRENDO hoje pra imprensa gritar contra spread bancário, falar que banco do governo ñ pode ter lucro e tem que beneficiar as classes mais baixas etc.

    Populismo se combate com populismo, primeira regra da política. 😀

  61. Ivayr

    A lei é muito boa, mas não impede que o fumante fique, por exemplo, na porta de uma lanchonete fumando, obrigando quem entra no estabelecimento a ¨fumar¨ junto com ele… Deveria ter um raio mínimo de proibição!

    Digo isso porque aqui no Japão os estabelecimentos estão começando a proibir o cigarro dentro, mas o que observo são muitos fumantes ¨fora¨ bem na porta de entrada, por onde entram idosos, crianças e mulheres grávidas… Além disso, aqui ainda existem muitos estabelecimentos que isolam hipocritamente a área de fumantes, dividida simplesmente por uma ¨placa¨ indicando a área sem nenhum isolamento… Espero que a lei pegue no Brasil!

    P.S.: Em Tókio existe uma lei semelhante, mas com o mesmo defeito que destaquei acima.

    Ivayr

  62. Andrea

    Exemplo pro país? heauheuaheuahea
    Pernambuco já tem essa lei há quase um ano, garoto.

  63. Sten

    Sem querer discutir o mérito da questão de saúde. O fato é que esta Lei é inconstitucional, quando for publicada no Diário Oficial e efetivamente entrar em vigor, a associação dos bares e restaurantes pode entrar com uma Adin no Supremo, e é bem provável que ganhem, sem falar que vão ter diversos estabelecimentos que vão conseguir liminares para escapar desta lei. Outra coisa é que já existe uma lei federal que regulamenta sobre a separação de um espaço para fumantes em bares e restaurantes. Pra variar as coisas aqui no Brasil são assim mesmo, lei estadual que contraria lei federal. No fim isso vai ser que nem a lei seca, no começo o povo vai obedecer, mas a hora que verem que não existirá fiscalização, o negocio volta como era antes.
    Na minha opinião essa lei não dura seis meses.

  64. Larissa Beppler

    Deveria ser proibido proibir…

    Essa lei é um aprofundamento da medida implantada há tempos pelo ex-prefeito Maluf. Esta lei entra também no rol de medidas repressivas que os governos estão implantando para coibir qualquer ação da população. É também uma medida que visa promover gradativamente o cerceamento de todas as liberdades democráticas do povo.

    A lei anti-fumo de Serra prevê a proibição total do cigarro em áreas comuns de condomínios, hotéis, pousadas, shopping centers, boates, bares, ginásios esportivos, hospitais, repartições públicas e até táxis, ou seja, o cidadão fumante poderá fumar somente dentro de casa ou no meio da rua. As multas para os estabelecimentos que não cumprirem a lei podem ser de R$ 220 a R$ 3,2 milhões.

    Serra se esconde por trás de uma fachada moral, de defesa do bem-estar e da saúde do povo para coibir a população com este tipo de medida repressiva. O governador chegou a dizer que iria utilizar a força policial, se necessário, para obrigar as pessoas a cumprirem a lei. É praticamente a volta da ditadura.

    Hoje proíbem o fumo, a bebida, o aborto, a greve, o avanço da ciência etc., amanhã o país retorna à idade média, à época da inquisição, da escravidão…

    Que o tabaco mata e faz mal acho que ninguém tem dúvidas, se tiver é retardado ou muito distraído. Que devem ser tomadas medidas enérgicas para que os jovens não comecem a fumar, penso que também não suscita controvérsia.

    O que é inadmissível, a meu ver, é esta maneira radical de direita com que tentam nos impor o politicamente correto. Para mim o politicamente correto, a normalização pela mediana, é simplesmente a ditadura da maioria, que é o principal defeito da democracia. Uma democracia adulta tem que reconhecer o direito à diferença. O poder à maioria é democracia, o poder discricionário à maioria é ditadura.

    Desde já, aguardo com curiosidade a próxima campanha que os europeus ou os seus seguidores certamente lançarão qualquer dia destes… Uma campanha contra o ato de nascer. Reparem que é o ato mais perigoso com que nos deparamos. Não sei se conseguiram provar, mas já foi calculado que nascer implica uma probabilidade de noventa e nove vírgula muitos por cento de vir a provocar a morte. Aff!

    Ressalto que a postura de que se deve retirar a liberdade de um grupo de pessoas para que todos fiquem com a mesma liberdade é um pensamento profundamente egoísta, o mesmo tipo de pensamento que criou o conceito de pobreza relativa e que deu origem às maiores iniquidades do século XX.

    Mas enfim, com a economia que farei em bares, restaurantes e afins, por certo que poderei fazer mais viagens e passar mais tempo, quem sabe, em lugares mais livres. Sem incomodar ninguém, espero. Só acho estranho a sociedade aceitar este tipo de ideias sem reclamar, não percebendo que coisas sinistras começam sempre por leis aparentemente inócuas e “benéficas”.

  65. Larissa Beppler

    E já que estão falando que só deu PT,

    UM blogueiro ultra-liberal escreveu um texto muito interessante sobre esse tema:

    Onde há fumaça, há governo!

    Por Rodrigo Constantino, em Globo.com

    Defender o direito individual de fumar é cada vez mais algo “politicamente incorreto”. Tamanho é o viés de encarar o Estado como um pai de filhos irresponsáveis, mesmo que paradoxalmente sejam esses irresponsáveis quem escolhe o governante, que os que buscam a liberdade individual limitada por poucas regras básicas são animais em extinção.

    O “senso comum” migrou para uma visão ingênua de que clarividentes, iluminados e bem intencionados burocratas irão sempre lutar pelos “interesses coletivos”, seja lá o que se entende por algo tão abstrato e subjetivo. E a prática dessa tolice é a concentração de poderes nas mãos de poucos políticos, asfixiando a liberdade alheia e tratando cidadãos como meros escravos.

    Ora, nenhum indivíduo deveria obedecer burocratas se suas ações dizem respeito somente a ele. A vontade da maioria tampouco é argumento para a limitação da liberdade individual, já que democracia não é ditadura da maioria. Se um sujeito resolve que beber óleo é desejável, ninguém tem nada com isso. Eis uma atitude que não interfere na liberdade dos outros.

    Agora, concordo que liberdade só pode andar junto de responsabilidade. Ou seja, os outros não são obrigados a assumir as consequências de tal atitude. Mais objetivamente falando: meu trabalho não deve sustentar os cuidados de saúde de um irresponsável. As pessoas devem ser livres para cometer suas besteiras, mas que paguem por elas sozinhas.

    Dito isso, o ato de fumar é individual, afetando somente o fumante. Todos devem ser livres para escolher, contanto que assumam as consequências disso. Claro, existe muito alarde quanto aos riscos do “fumante passivo”. Mesmo que sem fortes evidências de que uma pessoa exposta em local público à fumaça do cigarro aumente muito as chances de câncer, dado que a ingerência de fumaça por outras fontes, tais como carros e ônibus, são maiores, fica fácil resolver essa questão. Em locais privados, seus proprietários determinam se é ou não permitido o fumo. O governo não tem nada com isso. O dono do estabelecimento decide, e o público escolhe onde quer ir. Ninguém entra num restaurante com uma arma apontadada para a cabeça. Entra por livre e espontânea vontade. Que escolham, portanto, entre locais onde o fumo é liberado e onde é vetado. Livre escolha, algo que causa arrepios nos intervencionistas.

    Mas isso não ocorre, e com essa mentalidade de Estado paternalista presente no mundo, o governo vai interferindo cada vez mais em algo que não deveria ser de sua esfera de atuação. Veta propaganda televisiva, exige fotos assustadoras na embalagem, proibe o fumo em locais privados e cobra impostos absurdos. Os dois primeiros pontos são até compreensíveis, já que visam à informação do público eventualmente desavisado, ou sedução de crianças incapazes de escolha racional. O terceiro ponto foi tratado acima, demonstrando ser um abuso o Estado impedir uma escolha livre entre proprietário e cliente. O último ponto, dos impostos, merece um aprofundamento maior.

    O resultado desse imposto gigantesco é a criação de um mercado ilegal enorme, já que a demanda não some com canetada de governo. O mercado de contrabando, somado ao de produtores informais que fogem de impostos, já passa de 30% do total. As multinacionais pagam seus impostos, enquanto as locais montam esquemas de liminares para evasão fiscal. Somado a isso temos a incompetência da Polícia Federal em evitar a entrada dos cigarros contrabandeados. E, tudo jogado no liquidificador, o resultado é uma arrecadação menor para os cofres públicos, enquanto o “povão” fuma qualquer porcaria que encontra, pela sensibilidade ao preço.

    Fossem os impostos menores, a competitividade das marcas ilegais seria menor, e o volume vendido pelas multinacionais que recolhem impostos seria maior, sem aumentar o volume total de cigarros vendidos. O governo iria arrecadar mais, e a ilegalidade iria diminuir, como foi o caso do álcool hidratado em SP, e o fumante teria acesso ao produto de melhor qualidade. Mas reduzir impostos sobre cigarros, apesar de totalmente lógico, é “politicamente incorreto”. E o contrabando segue feliz aumentando sua fatia de mercado.

    Fumar faz mal à saúde. Assim como comer gordura demais, não praticar exercícios, beber muito álcool etc. Tudo isso pode causar sequelas. Mas não seria o indivíduo quem deve decidir? Não é ele o mais interessado no seu bem-estar? Frank Sinatra, para dar um exemplo, morreu aos 83 anos de idade, tendo fumado e bebido por muitos anos. Quem sou eu, quem é você, e quem é o governo para proibir tais hábitos individuais, que não tolhem a liberdade alheia?

    Infelizmente, os motivos de tanta intervenção não são tão nobres como alguns pensam. O governo tem uma tendência natural de ir expandindo seus tentáculos, concentrando poder, e aumentando impostos. Acabamos como súditos de Brasília, e não cidadãos livres. Por isso digo: onde há fumaça… há governo!

    PS: Quem detesta cigarro e por isso aplaude as medidas do governo está perdendo o fio da meada. Hoje é o cigarro o alvo. Amanhã pode ser o McDonalds, a ‘cerveja, ou qualquer outra coisa que os burocratas decidam ser prioridade para o “bem-estar social”. Ou defendemos a liberdade individual de escolha, com a concomitante responsabilidade individual, ou seremos todos vítimas dos desejos dos governantes ou da vontade instável da maioria do momento.

  66. CARLOS

    É BACANA, O GOVERNO DO SERRA ESTÁ PREOCUPADO COM A MINHA SAÚDE, POR ISSO VOU PARAR DE PAGAR MEU CONVÊNIO MÉDICO, VOU SER ATENDIDO NA REDE PÚBLICA, ADEUS?

  67. carlos

    Medida exemplar!!!! O cigarro faz mal a saude..
    Agora vamos continuar esta cruzada:
    Frituras, bebidas alcoólicas, refrigerantes, etc
    Proponho que de imediato, seja votado em SP a vedação ao uso de frituras em comidas e afins, pois todos sabemos dos efeitos nocivos provocados por seu uso!!!
    Após sua aprovação, abaixo a cerveja!!!! Logo em seguida, refrigerantes, doces, carros movidos à gasolina, diesel, etc.
    E depois que reprimirmos toda a liberdade individual, tiramos o direito ao voto!!

  68. Osvaldo

    Como eu ja falei, eu fumo, mas aprovo a lei, só um idiota, celerado, com QI de Samambaia de Plasico ou de Sandalia Havaiana pode defender o fumo.

    Alguem aqui ja tentou comer com um cara fumando do seu lado ? Se falar que não liga o idiota gosta de comer lixo, é um urubu, defender o fumo é como defender um estuprador, NÃO TEM DEFESA, E QUEM FALA ISSO É UM FUMANTE, MAS UM FUMANTE QUE RESPEITA O ESPAÇO DO OUTRO.

    SÓ VERMELHO AFETADO PRA DEFENDER A BANCADA DOS FALSOS.

    E NÃO RESPONDERAM AS MINHAS PERGUNTAS, COVARDIA PURA.

  69. Não fumante-alérgica

    Acho louvável a atitude de se proibir cigarro el locai públicos e fechados. Tal lei, assim como a colega pernambucana informou também existe em Alagoas por incentivo do dep. Judson Cabral.

    É de ignorancia impar quem diz que “então devemos proibir a fritura pq também faz mal a saude”. Ninguém está proibindo o uso do cigarro, esta proibição visa, tão somente, evitar que QUEM NÃO FUMA seja obrigado a fumar, VocÊ fumante pode fumar, desde que não me obrigue a fumar com você. Afinal a máxima do direito é “seu direiti termina onde começa o do outro” portanto, seu direito de fumar termina onde começa o meu de não respirar a fumaça do seu cigarro.

    É mais que uma questão de educação, é urbanidade, saber respeitar o outro. Já cheguei a entrar em boate e não permanecer 30 minutos, a fumaça do cigarro irrita a gartganta e até os olhos. Isso tinha que acabar.

    Parabéns a todos os Estados- membros que adotam a medida!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: