Advertisements

Coluna do Fiori

fiori_g.jpg

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.br   Email: caminhodasideias@superig.com.br

 

BAIXA CREDIBILIDADE NO SORTEIO

Tenho convencimento do direcionamento deste famigerado sistema, menciono meu eterno contrariar quanto esta imposição inserida no Estatuto do Torcedor, por obra de nossos “imaculados” parlamentares, que não normalizaram a forma para que o mesmo tivesse o ínfimo de credibilidade junto ao publico e, porque não, aos participantes da arbitragem. 

Defendo a tese que o melhor, o que não teme pressões físicas ou psíquicas, o não atrelado aos dirigentes e políticos, enfim, o mais autônomo, deva ser escalado para arbitrar as principais contendas, independente do local de seu nascimento ou moradia, quero crer, que no quadro de árbitros da CONAF, deva ter algum ou bem poucos que preencham o acima ou dele se aproxima.

EM TEMPO: O mesmo vale para assistentes e quarto árbitro.

Abordando este tema, tomamos conhecimento das escalas para a próxima rodada da Série A do Brasileiro, com disputas nos dias 22 e 23 do corrente. Na principal partida em termos de classificação, tanto em cima como nas ultimas colocações:

VASCO x SÃO PAULO

Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (FIFA-RS)

Sabemos que este confronto é de extrema importância, principalmente para a equipe vascaína, portanto, se faz necessário o trabalho de prevenção no item segurança, tanto ao São Paulo, como para o quarteto que representara as leis do jogo.

No Estádio de São Januário, o efervescente, são as disputas pelo controle da administração vascaína entre facções, defensoras ou não do temido e ameaçador Eurico Miranda, que em dias passados, conforme entrevista, ameaçou Roberto Dinamite, caso o Vasco venha cair para a segunda divisão.

De Eurico Miranda, podemos esperar de tudo um pouco e dos fanáticos ou dos remunerados quer direta ou indiretamente, algo pior, sendo assim, sugiro o lema do escotismo: SEMPRE ALERTA.  

No Estádio Mineirão em Belo Horizonte, haverá outra partida de responsabilidade, coincidentemente, teremos mais um gaúcho no apito.

CRUZEIRO x FLAMENGO

Árbitro: Carlos Eugenio Simon (FIFA-RS)

Simon ao meu ver é extremamente político, corre bem nos bastidores, deve ser o indicado para a Copa de 2.010, olho nele.

Lembro que Carlos Eugenio Simon, teve péssima atuação quando da partida entre Coritiba x Náutico, atuando de maneira caseira, deixou de marcar pênalti claro a favor do Náutico, praticado pelo zagueiro Felipe no atacante William.

AGRESSÃO

(V) Wanderley Luxemburgo, provou o maléfico comportamento dos membros das chamadas facções de “torcedores”, ao ser indagado no saguão do aeroporto.

Quem sabe do agora em diante, o técnico, pare de financiar estes desordeiros, acorda (V) Wanderley.

POLITICA

O TRE deveria vir a publico e esclarecer os custos da “propaganda gratuita” uma vez que sabemos não ser verdade esta gratuidade, pois as empresas de telecomunicação, abatem do imposto de renda estes custos, portanto quem os paga, somos nós, eternos sofredores e financiadores destes ardilosos parlamentares.

Acorda, Brasil

SP-20/11/08

As opiniões acima são de minha inteira e total responsabilidade, é publicada pelos blogs:

blogdopaulinho.wordpress.com

pitacosdobodaum.blogspot.com

Facebook Comments
Advertisements

8 comentários sobre “Coluna do Fiori

  1. André

    Na boa, Paulinho, quem se interessa pelo que esse cara fala? Pq vc continua publicando textos dele? Comentarista de arbitragem só fala besteira, é impressionante, e vc fica aí, dando trela. Tá sem assunto, não precisa postar nada.

    Paulinho: Eu e a grande maioria dos que leêm o blog se interessam.

  2. euclydes zamperetti fiori

    Caro André grato por sua análise, o senhor entende de regras do futebol ou deva ser árbitro frustado, lhe lanço um desáfio, apresente-se com nome proprio e vamos nos encontrar para debatermos sobre árbitros e arbitragen, fora isto, onde estão as bobagens que disse ter encontrado?
    Acorda, Brasil

  3. euclydes zamperetti fiori

    Bobagens, são comportamentos explicitos de submissão aos interesses deste malfadado sistema do: É Dando Que Se Recebe.

  4. Daniel

    Fiori,

    Parabéns pelas colunas. Elas são boas e bem informativas. Seu livro sobre os batidores do futebol é muito importante para quem quer entender um pouco sobre esse mundo de futebol. Um mundo que não é só de flores. Um grande abraço.

  5. euclydes zamperetti fiori

    André, não qualifique ninguém por sua régua estreita, desprovida de originalidade e franqueza.

  6. euclydes zamperetti fiori

    Senhor Daniel, grato por lido o livro ‘A Republica do Apito” de minha autoria. nele econtramos algo do ontem, aplicado no hoje.

  7. euclydes zamperetti fiori

    Caro senhor Roque, sou filho de um honrado e digno trabalhador da mercenaria e carpintaria, de nome LUIZ FIORI, que encontra-se em outro plano, não temos parentesco com Fiori Gigliotti.
    Volte sempre, tenhas sáude.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: