Advertisements

A farra das carteirinhas

A gestão de Andres Sanches, o presidente que tem medo, no Corinthians, possui a marca de seus principais colaboradores.

Nela você identifica claramente a truculência de Wadih Helou e a pouca honestidade de Nesi Curi.

Eles não se deram por satisfeito apenas em fraudar a lista de associados do clube, agora partem para outra empreitada, não menos suja.

Quase na reta final do período eleitoral começaram a distribuir carteirinhas de “diretores” no Corinthians.

Se o fulano é fiscal do jardim ou cuida de quem freqüenta a piscina, pronto, já está qualificado para receber a honraria.

Vale lembrar que os portadores da carteirinha de diretores, além de se sentirem prestigiados, não pagam ingresso para assistir aos jogos do Corinthians.

Evidente que na hora de votar a opção será por aquele que lhes proporcionou o benefício.

Uma ação imoral e que deve ser punida com rigor.

Existem hoje no Corinthians, acreditem, centenas de pessoas nessa situação.

Diretores sem função, com carteirinha e com direito a voto.

Grande parte deles nomeados recentemente.

Exatamente como fazia Nesi Curi em sua nefasta passagem pelo Parque São Jorge.

Torcedores, associados e dirigentes devem cobrar uma solução para essa situação.

Antes que seja tarde demais.

Facebook Comments
Advertisements

17 comentários sobre “A farra das carteirinhas

  1. fernando

    vc estragou a surpresa de mané da carne e andré negão fez para os adversários, foi a única coisa que aprenderam com nesi em uma campanha eleitoral

  2. André Valentin

    Penso que esses procedimentos são naturais em eleições.

    Nada desabonador para o querido Andres.

    Pare de procurar pêlo em ovo, Paulinho.

  3. Fabinho

    Paulinho, vc que é da turma do Paulo Garcia, me fala uma coisa, é possivel a união entre o Paulo e o Stabile para derrotar o Sanches?

    Paulinho: Não sou de turma alguma, apenas me posiciono contrário aos bandidos da atual administração.

  4. Rafael

    PQP !!! Isso não acaba nunca ??!?!?! Só no sábado, contra o Paraná, foram mais de DOIS MIL sem pagar !!! Diretoria SUJA! Andrés BANDIDO !

  5. Murilo

    Você pode postar as provas dessa acusação Paulinho.

    Se isso for realmente verdade é preocupante.

    Aguardarei a publicação das provas.

    Abraço.

  6. vinicius

    paulinho, ouvi dizer que um dirigente do real madrid esteve no pacaembu no sabado, acompanhado do sr. mário celso “metraglia”, presidente “de honra” do atlético paranaense, para ver o dentinho jogar, vislumbrando uma possível transferência futura para o real madrid… essa informação confere? (em tempo: absolutamente normal que o real madrid esteja interessado no dentinho, mas porque estaria o sr. “metraglia” interessado nessa negociação?)

  7. Alexandre

    Paulinho,

    Sou mais um Corinthiano apaixonado e não agüento mais tanta bandalheira dentro do nosso time. Mas moro em Londrina (PR), estou muito longe pra tentar ajudar em alguma coisa mais efetiva pra fazer com que esses bandidos não se reelejam.

    O que nós, torcedores que não temos nenhum poder político (apesar de sermos a razão da existência do Timão), podemos fazer pra tentar ajudar nesse processo de eleições que estão pra acontecer?

    Estou pensando em criar um site foraandressanchez.com (ou algo do tipo) pra denuncia-los de forma contundente, mas não sei se é suficiente.

    O que vc sugere??

    Abraço.

  8. LINCOLN - do Blog do Lincão

    Meu caro amigo Paulinho (permita-me chamâ-lo de amigo). Tenho absoluta certeza de suas boas intenções em denunciar as irregularidades no Corinthians. Também tenho certeza da veracidade das denúncias e de sua capacidade como jornalista e também de sua idoneidade profissional, mas o que me irrita é a inoperância dos conselheiros, associados, diretores, etc, etc, etc. Com tanta irregularidade assim não é possível que ninguém se digne a tomar providências imediatas para contê-las. Até farta distribuição de carteirinhas de diretor (fato que seria ridículo se não fosse grave) e ninguém dentro do clube toma providências??? Cadê a oposição ao Sr. Andres??? São estas coisas que me deixam profundamente irritado. Será possível que depois de tantas denúncias (muitas delas absurdamente graves), ninguém vai tomar providências??? Paulinho, gosto de seu trabalho e admiro sua coragem, mas creio que você está batendo em uma parede intransponível. Os interesses parecem ser maiores (infelizmente) que o Corinthians. Os “homens” que poderiam fazer alguma coisa em socorro do Clube não mexem uma palha para fazê-lo. Sei que você vai dizer “as coisas estão andando..”, “o momento certo vai chegar…”, mas quando??? Sou do interior e aqui a gente tem uma frase boa para esta situação:”DEPOIS QUE A VACA FOI PRO BREJO NÃO ADIANTA QUERER DESATOLAR”, e esse brejo está cheio de lama apodrecida pelo tempo, e tempo é uma coisa que o Corinthians não tem!!! Se estas falcatruas continuarem por muito tempo o clube estará fadado a ruína, e desculpe-me, mas com a conivência (ou inoperância se preferir) de gente influente no clube e que está parecendo gato de armazém SENTADO NO SACO ESPERANDO O TEMPO PASSAR. Peço desculpas pelo desabafo e pela redundância (não é a primeira ez que questiono isso) mas sou CORINTIANO e como CORINTIANO já não aguento tanta denúncia, manchando o nome do clube. Peço encarecidamente que estas pessoas tomem providências imediatas em favor do CORINTHIANS e de toda nação Corintiana. Por favor não me façam pensar que são todos farinha do mesmo saco!!! Paulinho, peço desculpas (novamente) pelo desabafo e agradeço pelo espaço. Abraço.

  9. Armando de Almeida Filho

    Paulinho, a “farra” dos ingressos distribuidos gratuitamente pode ser explicada facilmente para quem frequenta o Pacaembu – como eu e outros fiéis.
    O pior é que a farra está altamente concentrada nas numeradas. Acredite ou não, é o primeiro setor a ficar lotado em todos os jogos. No sábado passado contra o Paraná, enquanto ainda haviam lugares nos setores vermelho, laranja e verde, as numeradas estavam lotadas cêrca de meia hora antes.
    E no tobogã a cara de pau do pessoal que fica nas catracas é de espantar. Na maior mão grande eles ficam com os ingressos dos que passam pela catraca e “enfiam” mais gente no tobogã, que fica com torcedores até nas escadas e em filas duplas nos degraus.

    Abração!!!!!!!!1

  10. O curioso

    Paulinho, vc tem alguma informação a respeito daquela casa lotérica que o Corinthians lançou na internet? Leia a matéria em: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Corinthians/0,,MUL754164-9862,00.html

    Observe que a mesma já não está mais no ar. Há algumas semanas inclusive. Estranho não? Por que o negócio naufragou tão rápido? Tem alguma informação sobre isso? Se precisar de algo, sei quem está por trás da idéia e é detentor deste domínio e desta proposta às diretoria corinthiana.

  11. Leopoldo Alves

    Agora o céu é o limite. Consta alguma coisa no Estatuto que possa delimitar isso? Não aguentamos mais “pequenos delitos”.
    Precisamos envolver todos os sócios. Será que o Paulo Garcia nos repassa a mala direta que ele tem?
    Podemos começar a confeccionar um “jornalzinho”, uma espécie de informativo, pois é importante elucidar com frequência e estar sempre divulgando, senão vira apenas uma celeuma. Precisamos de AÇÃO.

  12. Ramón

    Meu Deus, eles se superam a cada dia…

    E o mais interessante é como essas centenas de pessoas que se dizem “corinthianos” vendem o próprio voto. Deviam ser todos expulsos do clube, não são menos bandidos do que os tais Wadih e Nesi, bando de interesseiros sangue-sugas..

  13. Carlos Almeida

    Paulinho tenha certeza de uma coisa. Esta farta distribuição de carteirinhas não é priovillégio do Corinthians, pis acontece em todos os clubes.

  14. Eduardo

    Paulinho, vou te dizer uma coisa, se realmente fossem atuar em qualquer setor do PSJ, prestando algum serviço ao associado e sem remuneração, talves até poderiam ter o previlegio de assistir uma partida, dando carteirada, mas tenho certeza, e como ja vi a vaidade vai falar mais alto. Imagine chegando no Pacaembu com carterinha de DIRETOR DO CORINTHIANS, peitando os porteiros e os seguranças com aquela famosa frase sabe com quem esta falando, e vai entrando ele + filho + amiguinho do filho + amigo+ tio + vizinho…… e assim vai e nosso timão ficando sem arrecadação, e isto acontece de verdade ja vivi esta HISTORIA… SOU DIRETOR……

    Sds
    Eduardo ( SOU TIMÃO)

  15. Elias lima de Aquino

    Paulinho, o pior de tudo isto e ter gente com duas carterinhas de diretor, Diretora de Futebol Feminino e tambem Diretora da Academia de musculução, braço direito da turma que diz que tudo pode e tudo faz, a Dondoca do pedaço que manda e desmanda no clube infernizando os funcionário , intimidando-os , dando ordens absurdas a torto e a direita, Pau mandado do Felipe Izabella e do Andres a famosa loirissima Cristiane, a leva e traz.

  16. CONTRA A IMPUNIDADE

    Precisamos lembrar ao senhor Paulinho, dono do blog, que nós torcedores e trabalhadores que pagam impostos e suas contas em dia; nós que participamos de eleições e tentamos nos fazer representar da melhor maneira possivel, estamos INDIGNADOS com a demora referente ao processo de apuração e punição dos responsáveis pelo caso do gás na semi-final do campeonato paulista de 2008.
    Mesmo após o JORNAL LANCE ter divulgado que durante as escutas telefônicas no caso da máfia dos ingressos, foram encontradas/criadas provas ( gracações de conversas ) do envolvimento de torcedores e dirigentes da Sociedade Esportiva Palmeiras, estranhamente notamos “morosidade” no processo.
    Gentilmente solicitamos ao caro jornalista, que nos informe, cobre, investigue.
    Nós não queremos de forma alguma ter gente desta espécie vestidos de representantes mascarados de pessoas de bem em nosso meio.

    QUE SE INVESTIGUE, QUE JULGUEM E PRINCIPALMENTE QUE PUNAM OS RESPONSÁVEIS.

    NÃO A IMPUNIDADE !!!

    Caso do gás: Investigação vai virar pizza?
    17/10/2008 10:07

    Dados dos promotores sugerem mais investigações e delegados querem arquivamento

    LANCEPRESS!

    De um lado, promotores públicos somam informações contra o suspeito de lançar o gás no vestiário do São Paulo, no Palestra Itália, na semifinal do Paulistão. Do outro, delegados apresentam um relatório alegando ausência de vítima e também de provas materiais, sugerindo o arquivamento do caso.

    À parte na história, o juiz do Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo) Eduardo Pereira soube ontem do pedido de quebra do sigilo de Justiça no inquérito dos ingressos falsos feito pelos promotores Nathalie Kiste e Paulo Castilho.

    Se o parecer for favorável, um relatório do Instituto de Criminalística (IC) e um CD com as escutas telefônicas devem chegar em novembro à promotora Adriana Vallada, à frente do inquérito do gás.

    Em um trecho do grampo, um torcedor da Mancha Alviverde é apontado como o responsável pelo lançamento do gás, segundo o MP.

    Assim que ouvir as gravações, Vallada poderá determinar ou não mais investigações. Se julgar que os indícios são muito fortes, ela apresentará uma denúncia à Justiça.

    Mas antes disso, a promotora lida com dados que podem, simplesmente, dar fim ao inquérito. Eles foram enviados pelos delegados Mauro Marcelo e Renata Corrêa.

    A dupla da 23 Delegacia de Polícia relata que um terceiro laudo, do Instituto de Criminalística (IC), confirma que Muricy Ramalho não sofreu lesão por conta do gás. Assim, não há mais vítima neste inquérito e razão para o mesmo prosseguir.

    Além disso, eles argumentam que os produtos usados no gás não foram identificados. Pior, não existe um material para análise.

    Um cheiro de pizza paira no ar.

    Gás no Palestra: suspeito é da Mancha Alviverde
    16/10/2008 11:45

    Integrante da organizada é investigado em mais dois inquéritos policiais

    LANCEPRESS!

    Gás atirado no vestiário e jogadores do São Paulo passam o intervalo no gramado do Palestra Itália, na semifinal do Paulistão

    Gás atirado no vestiário e jogadores do São Paulo passam o intervalo no gramado do Palestra Itália, na semifinal do Paulistão (Crédito: Ari Ferreira/LANCEPRESS!)

    Pertence à Mancha Alviverde, principal organizada palmeirense, o suspeito de lançar o gás no vestiário do São Paulo, no Palestra Itália, no intervalo da semifinal do Paulistão. De acordo com o Ministério Público (MP), ele é investigado também em mais dois inquéritos.

    O LNET! teve acesso ao nome do torcedor, mas não vai publicá-lo até que haja a denúncia. Ele apareceu por acaso, em escutas telefônicas de inquérito sobre ingressos falsos, do qual a empresa BWA é vítima.

    Um juiz do Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo) receberá nesta quinta-feira o pedido para que o relatório do Instituto de Criminalística e o CD com as gravações sejam anexados ao inquérito do gás. O parecer deve sair em uma semana.

    Com base no grampo, o MP solicitará diligências da Polícia Civil ou apresentará denúncia à Justiça. O artigo-base é o 252 do Código Penal: “uso de produto tóxico, expondo perigo à vida ou integridade física de alguém”, cuja detenção prevista é de um a quatro anos.

    Em outro inquérito, o mesmo torcedor foi indiciado por formação de quadrilha e lesão corporal. Ele participou do conflito entre Mancha e TUP, após Palmeiras x Coritiba, em 17 de agosto, no Palestra Itália.
    Se não bastasse, o suspeito do MP é investigado em mais um inquérito por formação de quadrilha, lesão corporal e resistência à prisão. Ele teria entrado em confronto com a Polícia Militar na final do Paulista entre Palmeiras e Ponte Preta, em 4 de maio. Dez policiais foram feridos.

    O promotor Paulo Castilho solicitou há 15 dias a exclusão do suspeito do gás do quadro de sócios da Mancha. Ele determinou que a sede da torcida na Rua Turiassu, em frente à entrada principal do Palestra, seja fechada nos finais de semana.

    Presidente da Mancha pode expulsar suspeito
    16/10/2008 11:46

    ‘Se houver crime, expulsão’, deixou bem claro André Guerra

    Vestiário com gás dificulta concentração tricolor no intervalo da partida (Crédito: Ari ferreira/LANCEPRESS!)

    LANCEPRESS!

    A Mancha Alviverde já sabe quem é o alvo do Ministério Público. Mas o presidente atual da torcida, André Guerra, colocou uma condição para expulsá-lo do quadro de sócios:

    – Ele só sai se for comprovada a participação em algum dos crimes. E a nossa sede tem ficado fechada nos finais de semana. Isso é o que nós combinamos com o promotor.

    Segundo Guerra, um processo interno foi instaurado e o suspeito do gás terá de se explicar:

    – Se assumir, ele será imediatamente expulso. Esse tipo de coisa não faz parte da nossa ideologia.

    O presidente da Mancha desconversou sobre a responsabilidade do episódio das flores, no CT do São Paulo. Porém, ele não perdeu mais uma chance de gozar os rivais:

    – Sei lá de onde surgiu essa idéia. Achei bacana, um jeito diferente de recepcioná-los.

    Terceiro laudo: sem vítima

    O delegado Mauro Marcelo recebeu um terceiro laudo do Instituto de Criminalística (IC), que destaca que Muricy Ramalho não teve lesões por conta do gás. Os laudos anteriores apresentaram um resultado a favor e outro contra o treinador do São Paulo, único relacionado como vítima no inquérito da 23 Delegacia de Polícia. Na ocasião, diversos jogadores e integrantes da comissão técnica do Tricolor sofreram com o gás – Muricy chegou a vomitar no banco.

    Segundo Mauro Marcelo, o caso pode ficar sem amparo legal, já que a contraprova deu negativa.

    – Não sei nem de onde surgiu a história de um suspeito palmeirense. Além do novo laudo, não recebemos nada. Essa é uma situação bem difícil, pois nós temos um inquérito sem vítima – colocou.

    O delegado participou com Gilberto Cipullo do movimento “Anjos da Academia”, contrário ao ex-presidente do Verdão Mustafá Contursi.

  17. Wagner Oliveira Dias (sócio votante)

    No dia do jogo contra o Bragantino, eu e meu filho, estavamos sentados na numerada. Um pouco antes de começar o jogo, passou por nós, o Sr. Andres, junto com uma comitiva de assessores.
    Caminhando ao seu lado, um rapaz, que aparentava alguma intimidade, queixava-se que não havia conseguido “ganhar” um ingresso, que era sócio e eleitor. Então, eu, meu filho, e todos que estavam próximos, escutamos perplexos: “Faz o seguinte, segunda-feira, você vai lá no clube, que eu te dou uma carteirinha de diretor”

    Prá mim foi o bastante! Precisamos acabar com esta bandalheira.
    Resolvi tomar uma atitude, e me engajei na campanha da oposição. Passou a ser ponto de honra. Vou fazer a minha parte.
    É muito fácil, ficar cobrando a oposição, agora, para tomar uma atitude, realmente precisa ser homem!
    A partir de agora, sou Paulo Garcia até debaixo d’água.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: