Advertisements
Blog do Paulinho

O Brasil se livra de Luxemburgo no Senado

Ontem (05), ao que parece, o ex-treinador (W)Vanderlei(y) Luxemburgo levou uma rasteira de seu partido, o PSB, e ficou de fora da disputa pelo Senado em Tocantins.

Trata-se de grande notícia para a população brasileira.

A reprovável traição, recorrente em ambientes políticos, não será avaliada neste texto, até porque, de ambos os lados, inexistiam santos.

Luxa tentou, em eleições passadas, concorrer ao mesmo cargo, também por Tocantins.

Acabou condenado à prisão por falsidade ideológica após mentir sobre manter domicílio no Estado; a mesma prática que inviabilizou a recente candidatura do esperto Sérgio Moro.

Antes disso, ainda envolvido no futebol, foi apanhado com a ‘boca na botija’ em CPI do Futebol, ocasião em que apurou-se, curiosamente, falsidade ideológica (Luxa precisou até mudar a grafia do nome) e sonegações diversas de impostos.

Relatos dão conta, também, de que Luxemburgo mantinha prática inerente aos gabinetes bolsonaristas quando tratava com jogadores de futebol.

É deste currículo que, por linhas tortas, a convenção do PSB livrou o Senado pelos próximos oito anos.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: