Advertisements
Blog do Paulinho

A morte do líder de torcida no Paraná

Mauro Machado Urbim, líder de uma torcida organizada do Paraná Clube, além de conselheiro do clube, morreu, no último final de semana, pisoteado por cavalos da Polícia Militar.

A confusão ocorreu no intervalo da partida contra o Cascavel.

Trata-se de um caso agravado pelas mentiras das policias militar e civil paranaenses.

Ambas corroboraram a versão de que Urbim, no momento da morte, estaria tentando invadir, com outros torcedores, a sede da torcida rival.

Os próprios torcedores do Cascavel desmentiram a informação.

E, ainda que fosse verdadeira, não justificaria a ‘pena de morte’ sentenciada, ilegalmente, pela PM.

Mauro não era santo e deveria ser tratado, quando em deslize, com a rigidez da legislação.

Qualquer ato além disso, ampliado pela tentativa de acobertamento dos assassinos, é barbárie.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: