Advertisements
Blog do Paulinho

Seleção de Masters do Corinthians passou vergonha, mas diretoria tem razões para comemorar

A Seleção de Masters do Corinthians, certamente a mais bem remunerada do planeta – a média salarial entre os veteranos é próxima de R$ 1,2 milhão mensal -, como esperado, passou vergonha ao perder a partida inaugural de sua participação na Libertadores da América.

Dois a zero para o boliviano Always Ready.

Ainda que dessa vez se possa jogar parte da culpa na altitude, a equipe alvinegra, rotineiramente, tem ‘morrido’ nas segundas etapas de seus jogos.

Enquanto o torcedor entristece, a cartolagem, que sobrevive do clube, tem razões de sobra para comemorar.

O tropeço inicial abre espaço para justificar a aquisição de dois atletas oriundos do futebol português, ambos indicados pelo treinador Vitor Pereira, que divide com eles o empresário Kia Joorabchian.

Nenhum deles receberia menos de R$ 1 milhão.

O mercado português é uma espécie de 2ª divisão esportiva da Europa, embora seja uma das lavanderias preferidas dos mais enrolados agenciadores do futebol mundial.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: