Advertisements
Blog do Paulinho

Diretoria da ABI se posiciona sobre as eleições da entidade

Barão de Munchauler

Por PRESIDENTE, VICE e DIRETORES DA ABI

Diante das mentiras e manipulações, que vêm sendo repetidas por 3 diretores dissidentes e um grupo do Conselho Deliberativo, que fazem oposição à atual Diretoria da ABI, nós, que representamos a maioria dos dirigentes da Entidade, eleitos em 2019, decidimos respondê-las para restabelecer a verdade.

A Diretoria da ABI, estatutariamente, conta com 7 diretores. Por acordo político, em 2019, ficou acertada a criação de mais 3 diretorias, denominadas de Comissões.

Dos 10 diretores atuais, pois, Jesus Chediak faleceu, e Marcelo Auler renunciou, após alguns meses de inoperância – não sem antes conseguir a proeza de levar a ABI a ser condenada na justiça por litigância de má fé -, sete apoiam a chapa ABI Democracia e Renovação, liderada por Cristina Serra e Helena Chagas. Ou seja, a ampla maioria.

Se o Presidente, o Vice, os diretores Administrativo, Econômico-Financeiro, Cultura, Jornalismo e Diversidade estão com a chapa de Cristina Serra e Helena Chagas como podem ser dissidentes?

Dissidentes e facciosos são os 3 diretores, que além de terem abandonado os trabalhos da Diretoria, juntaram-se a integrantes do Conselho Deliberativo, para travar uma luta sem princípios contra a atual Diretoria.

De forma leviana, ignorando os espaços de atuação democraticamente abertos a eles pela Diretoria e, ao mesmo tempo, tentando se apropriar do trabalho da atual Diretoria, mentindo e divulgando fake news – no modelo bolsonariano -, os dissidentes chegaram ao cúmulo de se apropriar da página do Facebook da Chapa ABI Luta pela Democracia, criada em janeiro de 2019, com o uso indevido da imagem de diretores contrários a eles e a manipulação quanto ao número de seguidores reais daquela página.

A essência do movimento de oposição à atual Diretoria é a negação das conquistas, avanços e vitórias da gestão liderada por Paulo Jeronimo e Cid Benjamin que, mesmo com todos os efeitos negativos da pandemia da Covid-19, recuperou o prestígio e o protagonismo da ABI junto aos brasileiros.

Rancor, inveja e ressentimento caracterizam os golpistas que, em outros momentos já tentaram, sem voto, assumir o controle da ABI. O cinismo é tamanho que não têm sequer a coragem de se assumir como oposição.

Mas, às vésperas de completar 114 anos, a ABI já aprendeu a resistir a aventureiros. Eles não vencerão, pois, as associadas e os associados sabem que um futuro promissor da ABI depende da renovação, da diversidade, da nacionalização e do compromisso da chapa ABI Democracia e Renovação com a defesa dos jornalistas e da democracia no país.

Paulo Jeronimo – Presidente

Cid Benjamin – Vice-Presidente

Andrea Penna – Diretora de Jornalismo

Norma Couri – Diretora de Diversidade

Vera Perfeito – Diretora de Cultura

Antero Luiz – Diretor Administrativo

Marcus Miranda – Diretor Econômico-Financeiro

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: