Advertisements
Blog do Paulinho

A bagagem do novo treinador do Corinthians

A custo aproximado de R$ 1,8 milhão mensais, o Corinthians se aventurou a contratar Vitor Pereira, treinador português que, até o momento, trabalhou, quase sempre, em centros menores do futebol mundial.

Portugal, Grécia, Turquia, China e Emirados Árabes.

Sua única incursão no mundo do futebol relevante ocorreu na Alemanha.

Ainda assim, na segunda divisão.

E foi retumbante fracasso.

Pereira chegou ao 1860 München em dezembro de 2016, assinou contrato até 2018, mas, rebaixado à terceira divisão em 2017, foi dispensado.

Seu trabalho mais recente, no Fenerbahçe, da Turquia, durou apenas seis meses.

Chegou ao clube em julho de 2021 e foi demitido em dezembro, após ganhar 11 jogos, empatar 7 e perder outros 7.

Desde então, está desempregado.

Conquistas apenas em Portugal, China e Grécia.

Portador de currículo, se tanto, mediano, foi a ‘bagagem’ que abriu suas portas até o CT do Corinthians, seu novo local de trabalho.

Dentro dela está o iraniano Kia Joorabchian, a quem se juntou quando ainda trabalhava na base do Porto, à época investigada por suspeitas diversas de transações obscuras de jogadores.

É incerto se treinador obterá êxito esportivo no Brasil, mas óbvio que seus contratantes, independentemente do que vier a ocorrer em 2022, estarão mais satisfeitos do que os torcedores do Corinthians.

Interessante notar que a TAUNSA, complicada empresa que mantém relações com o Timão, sempre aparece como ‘parceira’ em transações envolvendo ‘mercadorias’ de Kia Joorabchian.

Deve ser coincidência.

Por fim, como a pergunta não foi respondida, reiteramos: do que vive o Presidente do Corinthians?

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: