Advertisements
Blog do Paulinho

A pressa do Corinthians em contratar

Sem dinheiro em caixa e devendo o que nem em muitos anos de arrecadação conseguirá pagar, o Corinthians, que formalizou quatro contratações em 2021 com salários na casa de R$ 1 milhão mensal, realiza verdadeira corrida para iniciar 2022 com novas aquisições em padrão semelhante.

Para tal recorre aos agentes de sempre.

Paulinho, assessorado por Kia Joorabchian, já está acertado.

Ricardo Goulart, do mesmo agente de Roger Guedes (Paulo Pitombeira, braço do citado iraniano), que exige R$ 1,5 milhão mensal, encaminha acordo.

O desespero em gastar mais do que arrecada se dá pela possibilidade de punições impostas pela FIFA diante de ações em que o Corinthians, como previsto, não honrou compromissos financeiros com parceiros comerciais.

Se condenado, o clube ficará alguns anos impedido de contratar e vender jogadores.

Para o atual grupo dirigente, que, notoriamente, chegou ao poder com objetivos comerciais, seria a morte.

Evidentemente, existe a necessidade do Corinthians se fortalecer para os próximos campeonatos, porém, fazê-lo sem levar em consideração as possibilidades reais de absorção financeira seria o mesmo que um assalariado com renda mínima, que, por óbvio, precisa de moradia, financiasse no banco um imóvel com parcela correspondente ao triplo de seu holerite.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: