Advertisements

Facebook ajudou Neymar a se defender de acusação de estupro

Nesta semana, o ‘Wall Street Journal’ publicou relevante reportagem, fruto de cinco anos de investigações, retratando uma espécie de ‘elite’ intocável pelo Facebook, formada por políticos, jornalistas, esportistas e demais celebridades, sob os quais não incidiriam as regras de comportamento e fiscalização impostas aos demais mortais.

Os arquivos são baseados em comunicações internas da rede social, obtidas pelo jornalista pelo jornalista Jeff Horwitz.

Por conta desse favorecimento, Neymar conseguiu, sem ser admoestado pela plataforma, se defender de recente denúncia de estupro através de postagens que, pelas regras, não seriam permitidas.

Nelas, o brasileiro acusa sua suposta vítima de extorsão, utilizando-se de prints de whatsapp em que a figura da acusadora aparece nua.

Aos ‘normais’, o conteúdo seria deletado; basta lembrar as diversas exclusões de registros de mães amamentando ou de pinturas históricas com personagens desnudos, sumariamente retiradas do ar.

Neymar, assim como os demais protegidos, estão inseridos no sistema ‘XCheck’, responsável pelo abrandamento das regras em suas publicações.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: