Advertisements

Cota da CBF e parcela da Hypera, devidos ao Corinthians, serão destinados a Fernando Garcia

Andres Sanches, Guilherme Miranda e Fernando Garcia

Dentre os diversos processos promovidos pelo agente Fernando Garcia, em combinação com a diretoria alvinegra, contra o Corinthians, sempre se utilizando de terceiros, muitos identificados pelo Blog do Paulinho, existe um de autoria da Penapolense, notória ‘barriga de aluguel’ da Elenko Sports.

Através dele, eram cobrados mais de R$ 2,1 milhões, sem contar as demais correções, pela comissão do jogador Marlone.

Os valores acabam de ser honrados.

A Justiça, como ocorrido nas outras ações, bloqueou todos os recebíveis do clube de Parque São Jorge, após não encontrar um centavo sequer em 16 contas bancárias, o que, por óbvio, é bem suspeito.

Nesse contexto, no último dia 08, a Hypera S/A depositou, em juízo, R$ 125 mil devidos ao Timão.

Trata-se de percentual do acordo de patrocínio da camisa, não dos naming-rights, sob os quais inexistem comprovações documentais.

Anteriormente, em 30 de abril, a Globo destinou R$ 2,1 milhões; e o BMG R$ 88 mil, oriundos de depósitos realizados nos dias 18 e 24 de maio:

Por fim, anteontem (13), a CBF pagou Boleto no valor de R$ 638.968,64, subtraídos de parte da cota a que o Corinthians teria direito pela disputa da Série A do Brasileirão:

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: