Advertisements

A coragem de Simone Biles

Mito da ginástica e também das Olimpíadas, Simone Biles surpreendeu a muitos ao demonstrar, em Tóquio 2020, que é humana.

Tratada como máquina pelo sistema que lhe impõe ‘a pressão do Mundo’ em suas costas, a americana repensou, antes de explodir.

Há de se ter muita coragem para admitir, publicamente, com o tamanho público que possui, medos e angústias que, em regra, são tratados pelos insensíveis como covardia.

A complexa mente do ser-humano funciona de maneira distinta para cada indivíduo.

Biles atingiu o Olimpo com apenas 19 anos e, desde então, é cobrada por isso.

Hoje tem 24.

Era nítido, em seu olhar, o desespero em igualar, ou superar, o desempenho notável da Olimpíada anterior.

Qualquer resultado abaixo disso, ainda que fosse apenas uma medalha a menos, seria tratado por muitos como se fosse ‘decadência’ ou ‘fracasso’.

Tenho certeza que Usain Bolt e Michael Phelps passaram por isso.

Venceram, mas, certamente, sofreram.

Nós, fãs desses seres extraordinários, na cômoda condição de expectadores, por vezes, sentimos a pressão – que obviamente é mais amena – de torcer para que não errem e se mantenham livres das críticas e da decepção.

Imagine o que se passa na cabeça deles cada vez que precisam confirmar as expectativas criadas, em grande parte, por quem não tem a menor noção do que, de fato, ocorre no entorno da preparação atlética dos competidores.

Não há como separar físico de psicológico e, nem sempre, ambos estão alinhados.

Tomara não apenas os americanos, mas todos os demais amantes de esporte do Planeta, tão humanos quanto Biles, tenham a empatia necessária para acolhe-la.

Facebook Comments
Advertisements

2 comentários sobre “A coragem de Simone Biles

  1. MMM

    Simone é mais uma vítima do capitalismo descontrolado dos EUA, que encurrala seus melhores atletas entre a pressão da torcida, da mídia e dos patrocinadores. A monetização do atleta vem em primeiro lugar, o atleta em si é só um detalhe. Isso também ocorre com a indústria do cinema, TV e música. Uma vez assinado o contrato, você vira propriedade.

  2. Jose Ricardo

    Ver esse blog e a confederação norte americana de ginástica chamarem de corajosa e heroica uma desistência é simplesmente lamentável sob muitos aspectos. Pior que isso só mesmo o COI e Google que suprimem a bandeira de Taiwan com medo de retaliações da China…

    Mas aguardem que dentro de pouco tempo vão abolir as competições e distribuir medalha de participação simbólica pra todos atletas e treinadores. Afinal como em pleno século XXI permitir que se promova, em nível mundial, essa “desigualdade” entre vencedores e vencidos em competições que no fundo só servem pra perpetuar “injustiças históricas e sistêmicas”. É preciso urgentemente, como disse um ministro do STF, “empurrar a história na direção certa”. É claro que pra ser aprovada pelo universo da lacrolândia as medalhas terão de ser feitas com material reciclado.

    Biles é uma vencedora sem dúvida alguma e não precisa provar nada para ninguém, muito menos de notinhas ridículas, mas há de se notar que após as olimpíadas do Rio em 2016, ela mergulhou de cabeça no universo da lacrolândia e deu no que deu.

    Ao invés de ficar ao lado da turma do mimimi, prefiro me alinhar com o tenista sérvio Novak Djokovic e que tem reais chances de ganhar o Golden Slam: medalha de ouro + 4 maiores torneios de tênis (já ganhou 3 deles) no mesmo ano, algo inédito no tênis profissional masculino.

    Disse Djokovic: “A pressão é um privilégio, sem pressão não há esporte profissional. Se você quer estar no topo do jogo é melhor começar a aprender a lidar com a pressão. E como lidar com aqueles momentos dentro de quadra, mas também fora dela, todas expectativas. Mas eu aprendi, desenvolvi um mecanismo sobre como lidar com isso de tal maneira que não me distraia ou me aborreça. Sinto que tenho experiência suficiente para ensinar a mim mesmo como entrar em quadra e jogar o meu melhor tênis.”

    Biles devia aproveitar e ter uma conversinha com o Djokovic….

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: