Advertisements

Fernando Garcia, tráfico internacional de cocaína e o goleiro Cássio

Ontem à noite, num restaurante de São Paulo, jantaram o agente de jogadores Fernando Garcia, irmão de Paulo Garcia, conselheiro do Corinthians, além de dono da Kalunga, e seu sócio Ângelo Canuto, vulgo ‘Padrinho’, condenado por tráfico internacional de cocaína (uma tonelada aprendida no Porto de Santos).

Uma foto foi postada para explicitar o encontro.

Nela, observamos Garcia, Padrinho e, entre eles, um dos sócios da Elenko Sports.

Todos sem máscara e desrespeitando o isolamento social.

Sem constrangimento, Fernando inseriu, no rodapé, a mensagem: “minha turma”.

Não temos dúvida de que, efetivamente, é.

Vale lembrar, Padrinho era o agente de MC Kevin, que, recentemente, morreu ao se jogar, sob efeito de drogas, da janela de um hotel no Rio de Janeiro.

Apesar de agenciado por Carlos Leite, o ‘evangélico’ goleiro Cássio, do Corinthians, sabedor do comportamento de boa parte dos que estavam à mesa, curtiu a fotografia, relevando, além de hipocrisia, certa proximidade entre os que se beneficiam do departamento de futebol alvinegro.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: