Advertisements

Desde 2012, Corinthians fechou contratos com empresas em paraísos fiscais ligadas ao mesmo proprietário

Andres Sanches, Roberto “da Nova” Andrade e Mario Gobbi

O Blog do Paulinho, nas últimas semanas, tem demonstrado intensa movimentação de empresas e contas em paraísos fiscais, na América Central e nos EUA, ligadas ao ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, e a seu sucessor, Duílio ‘do Bingo Monteiro Alves.

Antes disso, revelamos que uma das empresas que fechou negócio com o clube, a ‘Go Sports’, também mantinha sede nesses locais.

O UOL, anteontem, trouxe à tona que um dos donos desta empresa, Helenilto Aureliano Pontes, é investigado pela PF e pelo MPF por crimes diversos, entres os quais Improbidade Administrativa, na qual servia de ‘testa de ferro’ para políticos embolsarem vantagens indevidas.

Antes disso, porém, o sujeito já era conhecido desse espaço.

Na gestão Roberto Andrade, o clube fechou estranho negócio com a obscura ‘Apollo Sports’, que, por supostos R$ 43 milhões, poderia sublocar espaços na camisa do clube.

O intermediário, André Campoy, recebeu R$ 1,9 milhão de comissão, enquanto a parte do clube segue sendo cobrada na Justiça.

É dele (Campoy) uma das contas no exterior que, dizem, poderia abrigar dinheiro de Andres Sanches.

Helenilto Aureliano Pontes, da ”Go Sports’, era também, coincidentemente, um dos proprietário da Apollo Sports.

Mas as coisas não foram iniciadas por ai.

Em 2012, sob a gestão Mario Gobbi, o Corinthians, por intermediação de Luis Paulo Rosenberg, fechou acordo com a ‘Apito Promocional’.

R$ 2 milhões por oito exposições na camisa alvinegra.

Uma das sócias da empresa era a GOTCHA Comunicação, que é parceria da ‘Go Sports’, de propriedade do dono da “Apollo’.

Ou seja, desde 2012, no mínimo, o Corinthians tem realizado negócios com as mesmas pessoas, que mudam de CNPJ, mas estão sempre alojadas em endereços no exterior, curiosamente próximos aos constituídos pela cartolagem alvinegra.

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “Desde 2012, Corinthians fechou contratos com empresas em paraísos fiscais ligadas ao mesmo proprietário

  1. Teresinha Mohr Winter

    Todos inertes só olhando o clube despencar diretamente pra segundona. Estão salvando o que dá. Depois, ninguém vai querer pegar a batata quente, principalmente qdo não houver mais grana.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: