Advertisements

Jogadores do São Paulo estão à beira de um ataque de nervos

O São Paulo está deixando escapar pelos dedos uma conquista que já tinha até local reservado na cada vez menos frequentada sala de troféus do clube.

As razões parecem claras.

Fernando Diniz perdeu o comando dos jogadores por tratá-los, seguidamente, não apenas durante os jogos, como flagrado no indecente ataque a Tchê-Tchê, com absoluta falta de respeito.

Recentemente, um atleta do clube, sob anonimato, descreveu ao Blog do Paulinho que o clima é horrível.

Alguns somente dirigem-lhe a palavra por obrigação profissional.

Diniz é um caso nítido de sujeito com má-educação de berço que não consegue evoluir.

Uma pena, porque tem boas ideias de futebol.

Outro fator relevante são os seguidos descumprimentos de acordos salariais com os jogadores.

Somente a Daniel Alves, a dívida atinge quase R$ 15 milhões.

Quatro derrotas seguidas, a última, dentro de casa, por cinco a um diante de um mediano Internacional não são, definitivamente, obra do acaso, talvez nem de deliberada ‘entregada’, mas sinais claros de um grupo de pessoas que não consegue esconder abalos psicológicos relevantes manifestados quase sempre em momentos de pressão.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: