Advertisements

Bandeira no banco dos réus

Eduardo Bandeira de Mello, ex-presidente do Flamengo, anda indignado com publicações que revelam ou comentam seu indiciamento criminal por conta da tragédia do Ninho do Urubu, em que 11 garotos morreram queimados dentro de conteiners tratados como alojamentos de CT.

Apesar disso, o relatório do MP-RJ faz todo o sentido.

Destacamos alguns trechos:

“(Bandeira de Mello) incrementou o risco do resultado danoso, colocando os adolescentes sob a tutela do Clube de Regatas do Flamengo em uma situação perigosa e precipitada na medida em que resolveu prosseguir na condução das atividades de operador de futebol da base e na condição de guardião de dezenas de jovens atletas sem que fossem imediatamente cumpridos todos os protocolos de segurança para a proteção dos direitos dos adolescentes alojados”.

“(Bandeira de Mello se negou a assinar TAC para que) fosse imediatamente regularizada a situação dos jovens atletas da base no âmbito dos direitos e deveres previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, especialmente com relação às condições de precariedade e insalubridade em que os mesmos se encontravam no alojamento do Centro de Treinamento”.

Em nota, o cartola tem respondido, entre outras coisas, que “ao fim de dezembro de 2018 os meninos já ocupando as novas e definitivas instalações, as melhores existentes no Brasil”

Trata-se de inverdade absoluta.

Basta verificar diversas instalações doutras agremiações brasileiras, como as do São Paulo, em Cotia, para verificar, no mínimo, o exagero na afirmação.

O julgamento de Bandeira servirá de exemplo – tomara – para que a grande maioria dos cartolas brasileiros, tão negligentes quanto, entendam o tamanho da responsabilidade que assumem ao tornarem-se gestores de vidas humanas.

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “Bandeira no banco dos réus

  1. Renato

    A minha pergunta é: Como esse senhor virou “exemplo de gestor”?
    A gestão Bandeira de Melo dever ser investigada com urgência para saber profundamente como surgiu essa “bonança financeira” no Urubu.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: