Advertisements

A façanha do Palmeiras e a necessidade de barrar Felipe Melo

Ao despachar o River Plate, na Argentina, por expressivos três a zero na partida de ida das semifinais da Libertadores, o Palmeiras não só praticamente garantiu vaga na finalíssima, a ser disputada contra Boca Juniors ou Santos, no Maracanã, como também o favoritismo ao título.

Inteligente e, principalmente, calmo em campo, o Verdão segurou a pressão adversária e foi perfeito nos contragolpes.

Poderia ter voltado com vantagem ainda maior.

Como estariam os nervos dos atletas se Felipe Melo, sempre ‘pilhado’, estivesse em campo, como bem observou Juca Kfouri em seu blog?

A passagem para o Mundial está na coragem de barrá-lo da equipe e manter como titulares quem, de fato, sabe jogar futebol.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: