Advertisements

Advogado tentou salvar José Carlos Peres da degola, mas se deu mal

comunicado da presidência nacional

Na última sexta-feira (20), véspera da Assembleia Geral que expulsou o então presidente do Santos, José Carlos Peres, do clube, o associado Erminio Alves de Lima Neto, advogado, tentou liminar para suspender a reunião.

A ação tramita na 11ª Vara Civil de Santos.

O argumento foi bem criativo: Ermínio alegou que foi barrado de participar da Assembleia sob alegação de estar inadimplente, mas que não tinha culpa se o clube não debitou de seu cartão de crédito as mensalidades.

Por razões óbvias, a liminar foi negada.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: