COVID-19 em associado famoso assombra eleições do Corinthians

Ciborg

Ontem (21), Rolando Wholers (80 anos), popular ‘Ciborg’, famoso associado do Corinthians, com trânsito livre nos bastidores políticos alvinegros, foi internado com sintomas de COVID-19, no Hospital da Cachoeirinha.

A notícia gerou grande apreensão no Parque São Jorge.

Como vários infectados país afora, Ciborg defende as ideias de Jair Bolsonaro, inclusive no que diz respeito à minimização da pandemia.

Muitos, no Corinthians, também.

Existe a possibilidade, levando-se em consideração o tempo de encubação do vírus, de que possa ter havido contágio com diversos interlocutores de Ciborg, inclusive conselheiros e candidato a presidente.

A mobilização é para que todos realizem testes, imediatamente.

Segundo regulamento da Comissão Eleitoral, o sócio que estiver com COVID-19 não poderá votar no próximo dia 28.

Existem, também, outras possibilidades de contágio, fruto da irresponsabilidade dos postulantes à presidência, que, neste final de semana, decidiram aglomerar seus supostos eleitores para bocas-livres e até shows em botecos do clube.


Em tempo: Ciborg, ontem, revelou que chegou ao hospital tossindo muito e que estava sendo medicado, com pressão arterial na casa dos 14 por 8.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.