Justiça nega liminar e Palmeiras terá que pagar R$ 21 milhões de IPTU sonegado em 2018

No último dia 15, o Blog do Paulinho revelou que o Palmeiras perdeu ação judicial e também no Conselho de Tributos da Prefeitura em que objetivava não pagar o IPTU de 2018.

A alegação era a de que o clube não possuía fins lucrativos.

Terça-feira (17), o clube ingressou com pedido de liminar, para postergar a obrigação e evitar a negativação no CADIN.

Ontem, a juiza Paula Micheletto Cometti, da 12ª Vara de Fazenda Pública indeferiu a petição.

Por conta disso, o Palmeiras terá que pagar R$ 21,5 milhões à Prefeitura nos próximos dias.

O calote inicial era de R$ 14 milhões.

Ou seja, por conta da ineficiência administrativa e jurídica, o IPTU do Verdão custará aos cofres palestrinos R$ 7,5 milhões a mais do que se houvesse sido honrado, parceladamente, como deveria.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.