Se a Geórgia não foi fiel, confiar em quem?

Eleições EUA: Eduardo Bolsonaro virou meme após Biden virar na Geórgia

Da FOLHA

Por CLAUDIA TAJES

Coitado do 03, que batizou a filha em homenagem ao mais republicano dos estados americanos

Coitado do 03, que batizou a filha de Geórgia em homenagem ao mais republicano dos estados americanos. Um estado conservador, orgulhoso de seus brancos, o último a abolir a escravidão. Nos sonhos paternos de 03, o bonito nome de Geórgia talvez funcionasse como uma garantia, esforço subliminar para incutir na prole os valores tradicionais de uma família tãããããão tradicional quanto a dele.

Penso no 03 sofrendo a cada voto de Biden na Geórgia. Logo ele, tão ligado ao grande irmão do norte, o nosso embaixador do hambúrguer. Em cólicas a cada atualização do noticiário. Todo suado, com palpitações, arrancando os cabelos que lhe restam à medida que ia ficando claro que o candidato democrata superaria o segundo presidente mais caricato do planeta —o primeiro fica para a imaginação dos leitores.

Geórgia, sua ingrata.

Houve quem apostasse que, mal raiado o dia, 03 seria visto no guichê de um cartório, tresnoitado, mudando o nome da guriazinha para outro à prova de decepções. Nevada ou Virgínia? Flórida ou Alabama? Kentucky seria uma opção, mas melhor não arriscar com um nome de outro gênero. Nessas coisas não se pode facilitar. Certo mesmo é que, depois da surpresa das urnas pró-Biden, Arizona, nunca mais.

A fase é de preocupação, e não só para o 03. O 01 foi enfim denunciado por peculato, lavagem de dinheiro, apropriação indevida e organização criminosa. E o Ministério Público do Rio ainda quer que perca o mandato de senador, se for condenado. Só o que faltava era não perder. Ah, mas ele era chefe de quadrilha em seus tempos de deputado, agora é outra história. Aguarda-se o efeito Decotelli ao contrário, apagar a ficha corrida na impossibilidade de rechear o currículo de glórias.

E tudo isso é pinto se comparado ao que deve estar se passando no coração do 00. É triste ver a pessoa que você mais ama, a que lhe serve de modelo e inspiração, cada vez mais sozinha. Correligionários abandonando o barco. A Melania não conta, essa jamais demonstrou qualquer benquerer mesmo. Pior ainda deve ser antecipar, no sofrimento do seu amor, algo que, quem sabe, pode sobrar para você ali na frente.

Se a Geórgia não foi fiel, confiar em quem?

Facebook Comments
Advertisements

One Reply to “Se a Geórgia não foi fiel, confiar em quem?”

  1. Nunca tivemos um presidente tão ridículo. Quer imitar os americanos? Porque não imita a democracia deles, que é a mais madura terra? Porque não imita suas universidades que são formadoras de atletas? Mas brasileiro só imita o que é ruim dos americanos. Fora Trump e fora Bolsonaro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.