Dó da filha de Rodrigo Constantino

Ontem (04), o deplorável Rodrigo Constantino, bolsonarista disfarçado de jornalista, conseguiu enojar até a chefia da Jovem Pan – que possui estômago resistente a barbaridades diversas – e acabou demitido da emissora.

Em live, o infeliz disse que se a filha fosse estuprada enquanto bêbada numa festinha não registaria queixa contra o estuprador:

“(…) ela ficaria de castigo feio. Eu não vou denunciar um cara desses para a polícia. Eu vou dar esporro na minha filha. Porque alguma coisa ali ela errou, e eu devo ter errado”

Tenho dó da filha de Rodrigo Constantino.

Não bastasse a ‘condenação’ a esse tipo de convivência familiar, a garota descobriu, da pior maneira possível, que o pai seria incapaz de protegê-la e a ela solidarizar-se na mais abominável das situações.

Facebook Comments
Advertisements

One Reply to “Dó da filha de Rodrigo Constantino”

  1. O MPSC solicitou a publicação completa do vídeo do julgamento, pois alegam que o vídeo publicado pelo deplorável site esquerdista “The Intercept” – que recentemente censurou o indesfrutável “jornalista” Verdevaldo, que diante de tal situação demitiu-se do site – editou as falas de modo a produzir uma versão que não corresponde aos fatos… Quanto as falas do Constantino, cada um tem o direito de emitir suas opiniões, quem não gostou dela que o ignore, houve sim tremenda patrulha da turma do selo azul pra cima da Jovem Pan para demiti-lo uma vez que é bom debatedor e vinha detonando os jornalistas isentões, aqueles na frente dos microfones e câmeras posam de isentos e detrás dela soltam a franga em favor do esquerdismo: Vera Magalhães, Josias Souza, Marco Antônio Villa, Fábio Pannunzio, Roberto D’Avila, Tais Oyama, Veríssimo, etc….

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.