Advogado de Duílio ‘do Bingo’ tenta intimidar credor e confirma mais de 400 ações trabalhistas e bens penhorados de candidato a presidente do Corinthians

Recentemente, o Blog do Paulinho publicou desabafos de ex-funcionários de Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves e seu pai, Adilson, que nunca receberam os valores devidos pelas diversas rescisões trabalhistas.

Ex-funcionários cobram calotes diversos de candidato a presidente do Corinthians

A dupla responde a mais de quatrocentos processos por calote, tanto na Justiça do Trabalho quanto na esfera Civil.

Somente em impostos, somados, pai e filho devem quase R$ 30 milhões (R$ 14,8 milhões de Duílio e R$ 9,1 milhões de Adilson), além de R$ 4 milhões em ISS (Imposto sobre Serviço) do Bingo ‘Circus’, do qual eram proprietários.

Ontem (27), o Sr. Edi Carlos da Silva, credor de R$ 47 mil dos cartolas alvinegros, que tem espalhado pelas mais diversas mídias sociais a história do calote, por conta disso, foi procurado pelo advogado Cássio Noccioli Mendes, parente da dupla, e se sentiu intimidado.

A intenção, ao que parece, era silenciá-lo, por conta da repercussão negativa que o fato tem gerado na campanha de Duílio.

Cássio Noccioli Mendes

Primeiro o bacharel Cássio, apresentando-se como advogado da ‘Feedback’ (empresa por detrás do ‘Bingo Circus’), tentou confirmar a autoria de postagens sobre as dívidas de seus clientes.

Depois, o ‘doutor’ insinuou que para ‘conversar’ (provavelmente negociar o que é devido), Edi Carlos teria que apagar as postagens.

O ex-funcionário de Duílio, em resposta, deixou claro, com suas simplórias palavras, que expor o caso foi o recurso encontrado para ele tentar se defender do calote.

Na sequência, o bacharel Cássio enviou áudio dizendo que iria ligar para o advogado de Edi Carlos, reiterando a necessidade da retirada das publicações, finalizando com um ‘estou te avisando’, em tom de aparente ameaça.

A ligação, de fato, aconteceu.

Porém, ao falar com o procurador de Edi Carlos, o advogado de Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves revelou a existência de mais de 400 ações trabalhistas em desfavor do candidato a presidente do Corinthians e que todos os seus bens, por conta disso, estão penhorados.

Disse ainda que “pretende pagar… não sabe quando”.

Abaixo áudio do advogado do credor de Duílio contando sobre o bate-papo:

O comportamento, de aparente intimidação, do representante familiar de quem pretende ser candidato a presidente do Timão, em conjunto com a revelação da penúria financeira, dele e de seus parentes, demonstra não apenas o nível de possível periculosidade dessa gente, como também a necessidade, para salvação da ‘turma’, da ‘ocupação’ do cargo máximo alvinegro que, apesar de, oficialmente, não remunerado, elevou, nos últimos anos, cartolas do Corinthians que viviam momentos financeiros difíceis para o conforto de padrões milionários.

Facebook Comments
Advertisements

One Reply to “Advogado de Duílio ‘do Bingo’ tenta intimidar credor e confirma mais de 400 ações trabalhistas e bens penhorados de candidato a presidente do Corinthians”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.