Duílio ‘do Bingo’ fecha as portas do Corinthians para Rosenberg

No início deste mês, com a proximidade da saída de Andres Sanches da presidência, o gestor dos acordos de marketing do Corinthians e também da Arena de Itaquera, Caio Campos, pediu demissão do clube.

Trata-se, em verdade, do fim do reinado de Luis Paulo Rosenberg no Parque São Jorge.

Campos, assim como o diretor de finanças e o jurídico eram a ele subordinados.

Evidencia-se que Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves, candidato de Sanches, além do futebol, tem planos também para os demais setores do clube e, pelo visto, não quer dividir com ninguém.

Talvez apenas com a família.

Somados, somente em impostos, as dívidas de Duílio e do pai Adilson ultrapassam R$ 20 milhões.

Para evitar problemas, Caio Campos já está empregado na distribuidora de materiais esportivos ‘Kappa’, que, no Brasil, possui ligações com Olivério Junior, assessor de Andres Sanches e Paulo Garcia, os atuais ‘proprietários’ do Corinthians

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.