Advertisements

TSE publica impressionante evolução patrimonial de Bandeira de Mello. Cartola alega erro do Tribunal

Em 2018, então candidato a deputado federal, Eduardo Bandeira de Mello, ainda na condição de presidente do Flamengo, declarou, segundo o site do TSE, possuir um único bem, no valor de R$ 495.204,00.

Tratava-se de um apartamento.

A passagem pela gestão rubro-negra parece, de fato, ter mudado sua vida.

Anteontem (28), apenas dois anos depois, o patrimônio declarado de Bandeira de Mello ao mesmo TSE, agora como candidato a Prefeito do Rio de Janeiro, apresentou evolução acima de impressionantes 1.200%.

Precisamente R$ 6.159.557,34.

O lucro de Bandeira, porém, pode ser ainda maior.

São nítidos, na listagem apresentada pelo cartola ao Tribunal, que, provavelmente, deve ser baseada em sua declaração de imposto de renda, alguns preços fora da realidade de mercado, como, por exemplo, a casa listada em Condomínio de Petrópolis.

R$ 184 mil não pagam sequer o terreno das garagens de imóveis avaliados, em média, na casa de R$ 1 milhão.


Resposta de Eduardo Bandeira de Mello

O candidato Eduardo Bandeira de Mello entrou em contato com o Blog do Paulinho, através de assessoria, informando que houve um equívoco do TSE ao listar sua declaração de bens às eleições 2018.

A relação correta seria a inserida no documento abaixo:

O total de bens relacionados é de R$ 5.169.145,55, que, comparados aos R$ 6.159.557,34. listados em 2020, corresponde a acréscimo de patrimônio de R$ 990.411,79, ou seja, próximo de 19%.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: