Advertisements

Presidente da Portuguesa passa vergonha ao tentar bajular Bolsonaro

Durante a semana, Antonio Carlos Castanheira, presidente da Portuguesa, tentou entregar uma camisa do clube, além doutros mimos, ao genocida que infelicita o Palácio do Planalto.

Passou vergonha.

Bolsonaro, além de ignorá-lo, pegou o uniforme da Lusa e, como se fosse pano de chão, jogou-o na direção de alguns de seus serviçais.

O presidente da República, porém, tem agido diferente em momentos semelhantes vividos com mandatários de agremiações mais populares.

Horas depois, em live, provavelmente alertado por assessores, Bolsonaro vestiu o uniforme da Lusa, em mais um triste capítulo da história rubroverde:

Advertisements

Facebook Comments

2 comentários em “Presidente da Portuguesa passa vergonha ao tentar bajular Bolsonaro”

  1. O momento que nós vivemos é critico, sabe? Estão idolatrando o Bolsonaro. Um deputadozinho mequetrefe, que nunca fez nada pra ninguém. Só porque falou sobre kit gay ganhou notoriedade. Tem gente que não pode ver homem de farda que idolatra, eu acho que isso não é papel de homem.

  2. Pode continuar chorando !!! Vai chorando que esta dando certo Bolsonaro 2022 … queria o presidente entregasse a camisa do clube para quem ? Para o ladrão do Lula ? Para o coronel que pratica agressão a mulher e seu irmão retroescavador ? Para o poste de bandido ? ou para o bandido invasor de lares ?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: