Advertisements

Documentos detalham como o Corinthians foi prejudicado na transação de Matheus Pereira ao Empoli/Itália

Matheus Pereira (2º da esq. para a dir.) e Fernando Garcia, em Bordeaux

No dia 01 de julho de 2013, o Corinthians, através de seu presidente, o delegado Mario Gobbi, repassou 30% dos direitos econômicos ‘futuros’ do jogador Matheus Pereira, o Pirulão (com apenas 15 anos de idade) – que já mantinha contrato com o clube desde criança, ao agente Fernando Garcia, irmão do empresário Paulo Garcia, dono da Kalunga, candidato, novamente, à presidência alvinegra.

Para, aparentemente, ocultar a participação do então conselheiro do Timão no negócio (vedada pelas normas estatutárias), duas empresas ‘satélites’ do intermediário – registradas em nome de seus sócios da ‘Elenko Sports’, assinaram a documentação: GT Sports e B2F.

Detalhe: pelo documento, a cessão dos direitos foi gratuita.

Permanecia o Corinthians com 70% do atleta.

Passados três anos, assim que Matheus completou 18 anos (exigência para transferência à Europa), no dia 01 de julho de 2016, o Corinthians, sob a gestão de Roberto Andrade, negociou-o com o Empoli, da Itália, anunciando, publicamente, que os valores a serem recebidos seriam de 2,4 milhões de Euros e que, surpreendentemente, 95% desse dinheiro seria destinado a Fernando Garcia, apesar dele, contratualmente, através de terceiros, possuir apenas 30%.

O Corinthians, no contrato firmado com o Empoli, afirma ser detentor de 100% dos direitos federativos do jogador, mas, também, que repassou percentuais dos direitos econômicos a terceiros, discriminados no TMS da FIFA (obrigatório, por lei).

As cláusulas nº 4.1 e 4.2 indicam que o negócio, de fato, foi fechado em 2,4 milhões de Euros, sendo 1 milhão de Euro à vista e duas parcelas de 700 mil Euros, com vencimento final em dezembro de 2017.

Destes, irrisórios 120 mil Euros pertenceriam ao Corinthians, com Fernando Garcia embolsando 2,28 milhões de Euros.

Porém, existiam outros valores combinados no negócio, relacionados ao desempenho de Matheus Pereira, desconhecidos dos conselheiros do Timão, firmados em claro benefício aos agentes, apesar de discriminados, na cláusula nº 5 como ‘Prêmio de Desempenho Condicional Devido ao Corinthians”.

  • 500 mil Euros se Matheus Pereira disputar 10 partidas pelo Empoli ou qualquer outro clube, desde que disputante da Série A dos Campeonatos Italiano, Inglês, Espanhol ou Alemão, com prazo para que isso ocorra até o dia 30 de junho de 2021;
  • 500 mil Euros se disputadas 20 partidas nas mesmas condições e prazos;
  • 1,25 milhão de Euros se disputadas 30 partidas nas mesmas condições e prazos;
  • 1,75 milhão de Euros se disputadas 40 partidas nas mesmas condições e prazos;
  • 2 milhões de Euros se disputadas 50 partidas nas mesmas condições e prazos

Além dos 2,4 milhões de Euros declarados, outros 6 milhões de Euros, ocultados, estavam envolvidos na transação, que, na cotação atual equivalem a quase R$ 40 milhões.

Destes, R$ 38 milhões preencheriam os bolsos de Fernando Garcia, enquanto apenas R$ 2 milhões entrariam nos cofres do Corinthians.

Para azar de Garcia, Matheus Pereira fracassou, jogando apenas dois jogos pelo Empoli, que o negociou, no dia 28 de agosto de 2017, à Juventus, também da Itália, pelo valor de 2 milhões de Euros.

Destes, segundo a cláusula nº 5.6, 10% do montante seria destinado ao Corinthians.

Em verdade: 95% a Fernando Garcia.

Na cotação atual, dos 200 mil Euros – 10% (R$ 1,26 milhão), 190 mil Euros (R$ 1,2 milhão) foram pagos ao agente, restando ao Timão apenas 10 mil Euros (R$ 63 mil).

Inexiste menção a estes valores no Balanço Financeiro do Corinthians.

No de 2016, consta apenas o valor total a receber do Empoli (R$ 4,6 milhões), avaliado com a cotação à época do Euro, enquanto, no de 2017, não há discriminação do repasse a Fernando Garcia ou a qualquer de sua empresas satélites:


Na mesma data da assinatura do contrato com o Empoli, o Corinthians, por ordem de Roberto de Andrade, enviou à FIFA um TMS, datado de 18 de março de 2015 (um mês após a saída do mandatário anterior), dando conta de que, no dia 01 de julho de 2013, repassou 60% dos percentuais do atleta a terceiros e, em julho de 2014, 35% a um clube notoriamente ‘laranja’, todos ligados a Fernando Garcia.

Tratava-se, ao que parece, de uma fraude, conforme comprova contrato assinado pelo presidente Mario Gobbi, que repassou apenas 30% dos direitos ao agente:

Segundo o TMS, a divisão dos direitos econômicos ficou assim discriminada:

  • Luis Fernando (Garcia) Assessoria Esportiva Ltda: 26%;
  • GT Sports: 19% (4% a mais do que o contrato assinado com o Corinthians);
  • BF2: 15%;
  • Sociedade Esportiva Vitória (SEV-Hortolândia): 35%
  • Corinthians: 5%

No dia 05 de dezembro de 2016, o Corinthians recebeu 999.950 Euros, através da conta corrente nº 37325-6, da agência 0002, do Itaú/Unibanco, transformados, após transação cambial, em R$ 3.591.820,40, referentes à primeira parcela do acordo de transferência de Matheus Pereira ao Empoli (R$ 1 milhão de Euros com desconto de 50 euros).

O documento foi assinado pelo presidente Roberto de Andrade e pelo diretor de finanças Emerson Piovesan, provável candidato a vice-presidente de Paulo Garcia, irmão do agente Fernando Garcia.

Após receber os valores, o Corinthians, diante da obrigação contratual explicitada no TMS da FIFA, apesar de destoante do contrato assinado pelo presidente Mario Gobbi, teria, por obrigação, que repassar 95% de 1 milhão de Euro a Fernando Garcia, faltando, ainda, o 1,4 milhão de Euro, a ser liquidado posteriormente.


Em tempo: não há nos balanços financeiros do Corinthians, de 2013 e 2014, período do repasse dos direitos de Matheus Pereira aos ‘satélites’ de Fernando Garcia, qualquer menção ao ocorrido.

Abaixo, a íntegra do contrato de rapasse dos 30% do atleta, assinado pelo Presidente Mario Gobbi, apesar de, na FIFA, o Corinthians ter declarado como se fossem 95%:

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: