Advertisements

O inferno astral de uma ex-associada do São Paulo

Em 2016, Ester Andrade de Carvalho Leite, recém separada de Anderson Cristiano Leite, indignou-se ao ser barrada na entrada do São Paulo, clube que frequentava na condição de dependente associativa do ex-marido.

A situação piorou quando outra mulher passou a usufruir da regalia.

Por conta disso, Ester ingressou com ação contra o clube e seu ex-companheiro, alegando que, na separação, obteve direito de metade do título associativo, exigindo, de ambos, reparação de danos na casa dos R$ 115 mil.

A Justiça não entendeu assim.

Segundo a juíza, o direito de Ester era sobre o valor econômico do título – se negociado, não sobre as benesses sociais, que pertenceriam apenas ao titular e aos dependentes por ele escolhidos.

Ester, que queria voltar a frequentar o São Paulo, acabou condenada a pagar R$ 15 mil ao ex-esposo, ampliando a dor de cabeça.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: