Advertisements

A quem Fernando Garcia convencerá?

Fernando Garcia, Paulo Garcia e Andres Sanches

O agente de jogadores Fernando Garcia, irmão do candidato a presidente do Corinthians, Paulo Garcia, dono da Kalunga, respondeu, em Nota Oficial, as informações publicadas pela mídia sobre os 52 atletas que intermediou para o clube.

Na verdade, mais de cem, levando-se em consideração suas empresas ‘satélites’.

As explicações são de doer.

Vamos analisá-las (o texto de Garcia está em negrito):


Andres Sanches, Fernando Garcia e Paulo Garcia

“Em matérias publicadas recentemente pela imprensa dizendo que a Elenko Sports participou da chegada de 52 atletas ao Sport Club Corinthians Paulista, temos o dever de esclarecer:”

“Jamais fomos procurados pelos responsáveis pelas matérias para confirmar os nomes citados nas veiculações. Não houve apuração dos fatos”

Ninguém disse que a ELENKO participou de TODAS as intermediações, mas sim que Fernando Garcia o fez, não necessariamente utilizando-se apenas dessa empresa.

Não há necessidade de procurar o empresário para ‘consulta’ se os dados dos atletas e suas ligações com agentes são públicas, notórias, documentadas e listadas nos próprios sites das empresas.


“As referidas matérias têm objetivo claramente político para atingir a minha empresa e ao meu irmão, Paulo Garcia, que não é e NUNCA foi sócio da Elenko Sports”

O leitor do Blog do Paulinho, em fase irônica, acredita que o fato de Paulo Garcia não figurar no contrato social da ELENKO dificultaria eventual repasse de recursos entre irmãos.


Andres Sanches, Guilherme Miranda e Fernando Garcia

Gostaria ainda de deixar bem claro que não sou sócio da Kalunga desde Julho de 2003, e que a Elenko Sports foi fundada somente em 30 de outubro de 2014.

Assim, não condiz fazer um levantamento dos últimos dez anos, já que a empresa tem pouco mais de cinco anos.

Fernando Garcia acredita que o Blog do Paulinho desconhece que ele atuava no Corinthians pela Luis Fernando Assessoria, desde que Andres Sanches instalou-se no poder, e que não sabe nada sobre a origem da ELENKO, criada por conta da associações do agente com ex-sócios de Delci Sonda, entre os quais Guilherme Miranda.


Em um ano eleitoral, criaram uma relação entre Elenko Sports e Paulo Garcia que não existe, com o único objetivo de prejudicar a mim e a meu irmão.

Pelos valores morais que aprendi em casa, essa situação só pode ser criada por pessoas que visam atingir o poder sem pensar nas consequências que tais informações incorretas possam causar.

Os ‘valores morais’ de Fernando Garcia estão sendo questionados pelo Ministério Público Federal, que o acusa por diversos crimes em investigações de transações de jogadores, e, como o Blog do Paulinho demonstrou, ontem (07), pela Justiça de São Paulo, que suspeita de fraude na aquisição do jogador Davó, quando este atuava no Guarani.


Alguns atletas que chegaram ao Corinthians por meio de outros agentes decidiram mudar para Elenko por conta do trabalho apresentado por nossa empresa ao longo desses anos.

Até as árvores do Parque São Jorge sabem que os atletas são, digamos, ‘estimulados’ a adotar Fernando Garcia quando chegam ao Corinthians por razões notórias e que dispensam maiores explicações.


Em resumo: Garcia manda nas negociações do clube em território nacional e Kia Joorabchian nas realizadas no Exterior.

Ambos, não por acaso, tem fama de sócios do presidente Andres Sanches, que também, assim como Paulo Garcia, não consta no contrato social da ELENKO.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: