Advertisements
Anúncios

Madame obriga Luxemburgo e jogadores do Palmeiras a beijarem as mãos de seu ‘garoto de ouro’

Leila Pereira e Paulo Serdan

Ontem (10), em vez da preparação para a dura temporada que está por vir, o treinador V(W)anderlei(y) Luxemburgo e três de seus jogadores, Dudu, Felipe Mello e Bruno Henrique, foram obrigados, por iniciativa indireta de ‘Madame’, soprada no ouvido do serviçal que preside o Palmeiras, a encontrarem-se com dirigentes da facção ‘Mancha Verde’.

Além do presidente da afamada ‘torcida’, André Guerra, estava o ‘garoto de ouro’, Paulo Serdan, por quem o dinheiro da Crefisa tem trabalhado bastante.

Limitações intelectuais natas, notórias dos interlocutores, resultaram no que já era esperado: um vazio total.

É nesse clima de amadorismo, em que a intimidação prévia é confundida como ação de estimulação, que o Palmeiras tem jogado dinheiro ao vento, revelando, cada vez mais, a incompetência e despreparo dos que, de fato, decidem as coisas pelo clube.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: