Advertisements

Fernando Garcia se complica: penhora judicial dificulta contratação do atacante Davó pelo Corinthians

Fernando Garcia

Há alguns meses, o Corinthians costura a contratação do atacante Davó, oriundo do Guarani, por supostos R$ 8 milhões.

Para viabilizar o negócio, o agente Fernando Garcia, irmão do conselheiro alvinegro Paulo Garcia, dono da Kalunga, adquiriu 40% dos direitos do atleta.

No Parque São Jorge, todos sabem, para ingressar no futebol alvinegro o jogador precisa pertencer, ao menos em parte, a três agentes: Garcia, Carlos Leite e Kia Joorabchian/Giuliano Bertolucci.

Para ser vendido, a intermediação do iraniano é fundamental.

Porém, recente decisão judicial pode melar o negócio.

Por conta de dívida do Guarani com um de seus credores, o juiz Francisco José Blanco Magdalena, da 9º Vara Civil de Campinas, ordenou:

“(…) oficie-se ao “Sport Club Corinthians Paulista”, no endereço a ser informado pela exequente, comunicando da penhora sobre os efeitos econômicos que advêm dos direitos federativos atrelados ao atleta “Matheus Alvarenga de Oliveira” (Davó), para que sejam adotadas as providências cabíveis no sentido de que eventual transação com o “Guarani Futebol Clube” os valores da compra sejam depositados em conta judicial à disposição deste Juízo”

Garcia terá agora que sentar com os credores e negociar, já que o Guarani, certamente, não possui recursos para quitar sequer as contas do mês, quanto mais as anteriores.

Se nada se resolver e o negócio, ainda assim, se concretizar, haverá razões para suspeitas de que o pagamento ocorreria, talvez, ‘por fora’, levando-se em consideração a pouca probabilidade de clube e agente aceitarem ceder o atleta sem a devida contrapartida financeira liberada.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: