Advertisements

Dinheiro de Andres Sanches estaria escondido em Fundo com participação do ‘Grupo Globo’

Marcelo Campos Pinto (Globo), Andres Sanches e Ricardo Teixeira

‘Seguir o rastro do dinheiro’ é procedimento básico de todas as investigações criminais, afamado após a prisão do famigerado Al Capone, mitológico gangster americano.

No Brasil, é grande a impunidade dos cartolas que enriquecem de maneira nebulosa no futebol.

Corrobora para esse estado de coisas desde o desinteresse do Estado em puni-los até as facilidades encontradas para esconder o produto de seus desvios.

O presidente do Corinthians, Andres Sanches, apesar de apresentado como ‘grande empresário’, assumiu o clube, em 2007, morando de aluguel no bairro da Lapa e sobrevivendo à custa de práticas, segundo relatório da Receita Federal inserido em ações criminais contra o dirigente, conhecidas, popularmente, como ‘golpes de arara’.

Doze anos depois, apesar de não receber, oficialmente, salários do clube, o patrimônio do alvinegro, acusado nesse meio tempo de receber propina da Odebrecht e de lucrar, indevidamente, em diversos negócios realizados pelo Timão, atingiu patamares milionários.

Nem tudo, porém, aliás, quase nada, está em seu nome.

Boa parte dos negócios vem sendo tocado pelo filho Lucas Sanchez, que, de garoto desempregado, surgiu no mercado com a fama de investidor do mercado de entretenimento.

Por conta dessa movimentação empresarial, sob influência dos métodos, provavelmente, sugeridos pelo pai, o rapaz, passou de preposto discreto à réu em processos oriundos destes negócios.

Num deles, em que teria aplicado calote no aluguel de ponto comercial em que hoje funciona um restaurante ironicamente nomeado ‘Fábricca Illegale’, que dispensa tradução, o filho de Andres teve revelado, por ex-sócio prejudicado, o local em que investe parte dos recursos que movimenta, mas não consegue, por razões óbvias, esclarecer a origem, ao menos de maneira convincente.

O dinheiro, que pode conter, talvez, os citados repasses da Odebrecht, está depositado na conta da administradora de fundo ‘Órama DTVM S/A’, que tem entre seus proprietários, desde 2016, o Grupo Globo, administrador da Rede Globo de Televisão, além doutras empresas ligadas à corporação.

Em junho de 2017, a FOLHA noticiou a entrada da Globo no negócio:

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/06/1895222-grupo-globo-compra-fatia-na-corretora-orama-para-expandir-negocios.shtml

Recentemente, executivos da emissora foram acusados, em investigação criminal nos EUA, de facilitar e também operar esquema de pagamento de propinas para aquisição de direitos de televisão dos principais campeonatos do Planeta.

As tratativas seriam realizadas, segundo as suspeitas, pelo ex-executivo da emissora, Marcelo Campos Pinto, em encontros, justamente, com cartola do futebol.

Sanches e Pinto mantém estreita amizade.

A Rede Globo, em editoriais, nega todas as acusações, mas, de maneira estranha, diz sempre ‘não ter encontrado’ o ex-funcionário para prestar esclarecimentos.

Voltando ao processo citado, promovido pela RRM Empreendimentos Imobiliários Ltda contra Lucas Sanchez, após novo descumprimento de acordo para pagamento, firmado em juízo, e a exposição do local em que o dinheiro do herdeiro de Andres utiliza para movimentar seus recursos (não encontrado em buscas pelo sistema bancário), o juiz Marcello do Amaral Perino, da 42ª Vara Civil de São Paulo, no último dia 03 de outubro, sentenciou:

“Oficie-se à Órama DTVM S/A para que para que proceda à liquidação das cotas de fundo em nome do executado LUCAS GOMES NAVARRO SANCHEZ, CPF 438.439.548-52, transferindo-se o valor financeiro para conta judicial junto ao Banco do Brasil S/A à disposição deste Juízo”

O dinheiro a ser executado, neste caso, perfaz a quantia de aproximados R$ 40 mil.

Existem ações criminais tramitando contra Andres Sanches, pai de Lucas, que encontram grande dificuldades em mapear o dinheiro do cartola alvinegro e, por esse motivo, seguem com lentidão os trâmites processuais.

Em alguns casos, empresas em nome de ‘laranjas’, como a ‘Orion Embalagens’ já foram atribuídas ao cartola e multadas pela Receita Federal.

Talvez seja um bom caminho para os MPS, estaduais e federal, além da Polícia Federal, seguir esse novo ‘rastro de dinheiro’.

Além do grupo Globo, que é, ao menos no papel (em controle acionário), minoritário na constituição da ‘Órama DTVM S/A’, os demais mandatários conhecidos são:

  • Selmo Nissembaum, implicado em suspeitas da ‘Operação Lava-Jato’, enquanto CEO da ‘Ágora Corretora’ (vendida, posteriormente, ao Bradesco), nas investigações que mapeavam, ou buscavam relevar, origem e destino do dinheiro do criminoso Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro.

Nissembaum chegou a ser expulso e proibido de entrar na sede da Ágora pelo então sócio Eduardo Plass, também investigado

  • Habib Nascif (CEO) e Roberto Campos Rocha (diretor)

Em maio de 2017, a Órama, sediada à Praia de Botafogo, 228 – 18º andar, Rio de Janeiro/RJ, foi multada em R$ 12 mil pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) por não enviar a documentação necessária, prevista em Lei, para operar no mercado financeiro, recorreu e teve a punição mantida pelo colegiado do órgão, em novembro de 2018:

Punição Órama – CVM

Selmo Nissembaum é dono, também, da construtora ‘Debret S/A’, tendo como sócio o empresário Ricardo Stabile.


GLOBO COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A (“TV Globo”), empresa inscrita no CNPJ sob o nº 27.865.757/0001-02, com sede na Rua Lopes Quintas nº 303, Jardim Botânico, nesta Cidade, vem, por meio da presente, NOTIFICÁ-LO do que segue:

A notificante tomou conhecimento de que, no dia 24/10/2019, foi postado no blog denominado “Blog do Paulinho”, de responsabilidade do notificado, reportagem intitulada ‘Dinheiro de Andres Sanches estaria escondido em Fundo do ‘Grupo Globo’, conforme consta da url https://blogdopaulinho.com.br/2019/10/24/dinheiro-de-andres-sanches-estaria-escondido-em-fundo-do-grupo-globo/.

Contudo, o título da reportagem traz informações inverídicas a respeito da propriedade do referido fundo de investimentos, já que afirma que tal fundo seria da propriedade do Grupo Globo, o que não corresponde à realidade, na medida em que, como informado no próprio corpo da reportagem, uma empresa sob controle comum da notificante detém somente participação minoritária na empresa Órama DTV (25%). O referido fundo pertence a terceiros e é apenas distribuído pela Órama, tendo muitos outros cotistas.

Além disso, a reportagem também traz informações infundadas ao afirmar que  (…)“recentemente, executivos da emissora foram acusados, em ação criminal nos EUA, de facilitar e também operar esquema de pagamento de propinas para aquisição de direitos de televisão dos principais campeonatos do Planeta” (…), já que não é de conhecimento do Grupo Globo que qualquer de seus executivos seja réu em ação criminal nos Estados Unidos.

Pelo exposto, fica V.Sa. NOTIFICADO para que retifique o título da publicação e as afirmações constantes da referida matéria a respeito de seus prepostos, uma vez que não são verdadeiras, sendo tal retificação divulgada no mesmo espaço do blog onde consta a publicação objeto desta notificação ou fique a esta atrelada através de link, sob pena de adoção das medidas legais cabíveis.

Atenciosamente,

GLOBO COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A.

Advertisements

Facebook Comments

2 comentários em “Dinheiro de Andres Sanches estaria escondido em Fundo com participação do ‘Grupo Globo’”

  1. Muito boa a matéria sobre Andrés Sanchez figura bem controversa
    Aliás, diga-me com quem andas que lhe direi quem és…deveriam investigar também a relação dele com o ex presidente Lula, figura tão controversa quanto, e que por mágica fez aparecer um estádio na gestão do próprio Sanchez !!!

  2. Se fuçar mais nesse fundo vai achar muita gente poderosa. Não é a toa que a globo está preocupada. E muita gente também.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: