Advertisements

A cara de pau de Branco

O ex-jogador Branco, que submete-se a ser diretor das categorias de base da CBF, mesmo diante da realidade de convocações viciadas, quase sempre para satisfação do mercado da bola, em detrimento dos, eventualmente, melhores, mas desapadrinhados, demonstrou imensa cara de pau ao comunicar o corte do flamenguista Ranier do Mundial sub-17:

“O motivo (para a ausência de Reinier) foi o não cumprimento de um acordo de cavalheiros que a gente tinha feito, da CBF com o clube”

“Ele teria de voltar (à seleção) no dia 14, mas, como não se apresentou, a gente tomou a decisão de convocar o Pedro, que já fazia parte da nossa seleção, inclusive fez parte do torneio na Inglaterra”

A impressão, diante dessa fala, é a de que a Casa Bandida puniu jogador e clube, quando, em verdade, foi o Flamengo que vetou a convocação.

O clube da Gávea agiu com rara coragem, preservando seus direitos de clube pagador dos salários do atleta, mas, diante do histórico de retaliações contra quem afronta poderes do futebol, todo o cuidado, daqui por diante, será pouco, por conta da pressão política a ser sofrida pela arbitragem.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: