Advertisements

Rogério Ceni tropeça no retorno ao Fortaleza

Rogério Ceni é um treinador estudioso, nitidamente inteligente, mas precisa, urgentemente, de orientação.

É incrível sua incapacidade de definir bons rumos para a carreira.

De início, foi enganado por Leco, no São Paulo, e usado para fins eleitorais, sendo descartado na sequência.

Acertou ao escolher reinício no Fortaleza, local que poderia utilizar, sem grandes cobranças, como laboratório para aperfeiçoar-se.

Fez muito mais: ganhou o principal título da história do clube, a Copa do Nordeste.

Empolgado com o sucesso, tornou a errar, trocando um ambiente em que era tratado como ídolo por um mar de lama que se tornou o Cruzeiro.

Quando aceita-se trabalhar com criminosos, das duas, uma: adere ao sistema ou é engolido por ele.

Ceni, por razões óbvias, foi demitido.

Faltando pouco para o final da temporada, e, até onde se sabe, sem dificuldades financeiras, Rogério teria prazo de sobra para analisar propostas e direcionar os próximos passos da carreira, mas, ansioso, voltou a trabalhar.

Novamente se equivocou.

Ao retornar ao Fortaleza, nas condições atuais, à beira do rebaixamento, além da pouca possibilidade de, ainda que executando trabalho excepcional, conseguir grandes conquistas, Ceni jogou fora mais alguns meses de evolução.

Se vencer o Campeonato Cearense ou até mesmo o Nordestão, as conquistas não terão o impacto de outrora, e, em perdendo esses torneios, será questionado pela imprensa, mercado e até por aqueles que hoje tratam-no com idolatria.

Advertisements

Facebook Comments

2 comentários em “Rogério Ceni tropeça no retorno ao Fortaleza”

  1. concordo bela analise Paulinho si eu fosse ele ficaria descansado até o final da temporada mais eu detectei no Rogeiro ele não sabe viver sem está perto do Futebol aqui é diferente da NBA Por exemplo a onde o jogador ao entrar Na NBA ele tem todo amparo psicológico para conviver com toda a fama que ele vai ter a transformação que vida daquele aleta vai passar quando ele também estiver para si aposentar das quadras ele também tem todo preparo que aquela fama que teve não vai tem mais aqui no Brasil não si tem isso tanto que vimos diversos casos de jogador caído em depressão nas drogas na bebida depois que ele para de jogar o ROGERIO ele é caso especial tanto na carreira de jogador como na técnico ele tem pressa para vencer igual senna era assim também por isso que acaba tomando essas decisões equivocadas.

  2. bela analise Paulinho mais vou colocar meu ponto de vista si eu fosse o Rogério eu descansaria até o fim do ano não pegava o Fortaleza até porque si Fortaleza cai a lua de mel que torcida do fortaleza com Rogerio si fortaleza cair vai virar ódio assim eu vejo que Rogerio não consegue ficar longe do ambiente do Futebol por isso ele toma essas decisões equivocadas um exemplo quando um jogador entra na NBA ele tem um amparo psicológico da transformação que vida vai virar como lidar com a fama quando esse jogador está para parar de jogar ele também tem esse amparo psicológico que vida dele vai mudar ele não vai ter aquela fama de antes aqui no Brasil não temos esse preparo psicológico com o jogadores você pode ver que muitos jogadores quando param ficam em depressão cai na bebida nas drogas no caso do rogerio ele tem presa de vencer era sim como jogador é assim como técnico também por isso que ele pegou o são Paulo cruzeiro eu comparo essa presa do Rogerio com SENNA .

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: