Advertisements

A covardia do ‘Super-Herói’ da Lava-Jato

Ao solicitar à Policia Federal investigação sobre as movimentações financeiras do jornalista Glenn Greenwald, o Ministro da Justiça, Sergio Moro, revela a covardia habitual dos poderosos quando desmascarados.

Apesar de diversos órgãos de imprensa estarem divulgando a ‘vaza-jato’, conjunto de mensagens trocadas entre procuradores e juiz que revela promiscuidade entre as partes, o ex-magistrado não teve coragem de intimidar os mais fortes (FOLHA, VEJA, etc), partindo para o ataque contra o menos protegido.

Moro, desde o depoimento no Senado, ação repetida, ontem, na Câmara, tem tratado Greenwald, ganhador dos principais prêmios da profissão, como se fora iniciante em busca de fama, em manobra calculada de desqualificação.

O objetivo é jogar uma ‘cortina de fumaça’ sobre os fatos.

A atitude, de utilizar a PF, como se fosse segurança particular, contra um jornalista que cometeu o ‘crime’ de divulgar verdades que os poderosos queriam escondidas, pode significar apenas o início de um comportamento repressivo do Governo contra a imprensa, sugerido em campanha, mas até então controlado.

Sociedade e os órgãos de classe ligados ao jornalismo precisam reagir com severidade.

Advertisements

Facebook Comments

2 comentários em “A covardia do ‘Super-Herói’ da Lava-Jato”

  1. Correto o Post, parece que a maioria dos comentários aí acima quer mudar o assunto; precisam de um ídolo ou mito. Estão piores que os PTistas com Lula. Já se fechou muito o olho pra esse Moro; o cara negociou cargo de ministro quando juiz entre outras inúmeras barbaridades.

  2. O verdevaldo não gostou de saber que a PF pediu ao COAF pra investigar suas movimentações financeira e tá verde de raiva e dando chiliquinhos no twitter!!! Hummmm…. Deve ser porque ele não gosta de notícias verdadeiras.

    Para informação aos desavisados, Sérgio Moro não solicitou nenhuma investigação contra o verdevaldo, talvez isso fosse uma prática dos anões morais do PT que os antecederam no Ministério da Justiça: Marcio Thomas Bastos, Tarso Genro e o JEC.

    Repetindo, quem pediu ao COAF para investigar a movimentação financeira do verdevaldo foi a PF e não o Moro. Esse pedido se refere ao inquérito que investiga a autoria dos crime de hackeamento dos celulares de autoridades.

    Agora as notícias boas….

    Na CPI do BNDES, Palocci caguetou o Lula!!! Afirmou que as gestões do PT distribuíram para as empresas amigas nada menos que R$ 500 bilhões. O ex-ministro de Lula disse ainda que o ex-presidente era o grande articulador do esquema de corrupção no banco.

    E em Curitiba, o juiz da Lava Jato – Luiz Antônio Bonat – arquivou todas as chicanas processuais do Zanin e está pronto pra condenar Lula no processo em que ele é acusado de receber R$ 12,5 milhões da Odebrecht na forma de um apartamento vizinho ao seu em São Bernardo e do imóvel do instituto Lula…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: