Advertisements

O Ministério Público e o Cruzeiro

Meses após o Blog do Paulinho ter revelado que o Cruzeiro estava sendo utilizado por um grupo de agentes de jogadores como vitrine para enriquecimento de particulares, o Ministério Público de Minas Gerais, apesar de ciente do assunto, manteve-se inerte.

Recentemente, o Fantástico, da Rede Globo, abordou o mesmo tema, mas ainda assim os promotores evitaram o assunto.

Afinal, investigar as falcatruas do Cruzeiro significa cutucar um sistema frequentado por Aécio Neves, os irmãos Perrela, Itair Machado e demais semelhantes.

O MP-MG, historicamente, parece querer distância dessa gente.

Porém, por conta da pressão diante de fatos tão reveladores – e amplamente documentados, e tão somente após, os promotores mineiros tornaram público, através de mídia social, que iniciarão investigações sobre o comportamento dos cartolas cruzeirenses.

Ou seja, um aviso aos possíveis infratores, em vez de atuação sigilosa.

De fato, estranho.

Para verificar se o MP-MG executará a promessa, e não estaria apenas jogando para a mídia, basta observar procedimentos, que, em regra, são utilizados quando não se quer chegar a conclusão alguma durante investigações.

O principal deles: a quantidade de testemunhas chamadas a depor.

Se a prioridade estiver calcada em provas documentais, com uma ou outra convocação pontual de pessoas, para esclarecimentos, os indícios são claros de seriedade.

Agora, se os depoentes forem chamados às dezenas, não tenha dúvida, a intenção é protelar e, provavelmente, sabotar a operação.

Muitos são os interesses envolvidos e não só a imprensa, mas também torcedores e conselheiros do Cruzeiro precisam ficar atentos em todos os níveis deste importante trabalho de investigação.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: