Advertisements

R$ 50 mil: áudio de intermediário revela outra cobrança de Gleguer, com suposto aval de Horley Senna, para colocar jogadores no Guarani

Horley Senna (esq.) e Gleguer (dir.)

Na última semana, o Blog do Paulinho revelou esquema, contado pelo pai de uma das vítimas, protagonizado pelo ex-presidente do Guarani, Horley Senna, e seu suposto “laranja”, o ex-goleiro Gleguer, com objetivo de tomar dinheiro de familiares de garotos em troca de inseri-los nas categorias de base do clube:

Comentarista da BAND está envolvido em esquema de ex-presidente para tomar dinheiro de garotos no Guarani

A repercussão foi grande, mas, apesar disso, a BAND o mantém como comentarista em Campinas.

Anteontem, fomos procurados por fonte bugrina, que repassou-nos áudios atribuídos ao intermediário de jogadores Paulo Sérgio, que, em duas conversas (ocorridas em 2017) com funcionário do Guarani, confirmou a existência do esquema.

Gleguer é citado por, supostamente, ter cobrado R$ 50 mil para colocar outro garoto no clube,.

O ex-goleiro é acusado, ainda, de não pagar a comissão prometida a Paulo Sergio.

Vale a pena escutar o áudio, absolutamente esclarecedor, que publicamos logo abaixo, com a devida transcrição (pedimos desculpas pelo português, bem ruim, do interlocutor):


1ª conversa

“Fala Sérgio… boa tarde, tudo bem ? Eu sou Sérgio também, de Mogi Mirim, Paulo Sergio, meu nome… você está vendo o Capone e o Macedo ai comigo na foto… eu trabalho com base e indicação de alguns jogadores também, entendeu ?”

“O ano passado eu andei indicando um garoto pra base, ai, do Guarani… abri as portas para um parceiro… eu e o Gleguer que fazíamos essa colocação de garotos ai, né… então, o Gleguer abriu as portas do Guarani para eu estar negociando alguns jogadores… e tinha até uma comissão que eles davam ai… prometeu que ia me dar uma comissão”

“Eu fechei… um amigo meu trouxe um garoto de fora… não vou citar o nome do garoto aqui… pra por ai na base… estava o Senna, o Horley Senna, que estava de Presidente…. os caras cobraram R$ 50 mil pra por um garoto ai dentro do Guarani, entendeu ?”

“R$ 50 mil… e ficaram de me dar uma comissão”

“No fim o Gleguer falou que ia, não deu… falou que não pegou nada… o Neto falou que não pegou nada… falou que foi na mão do presidente, não sei o que”

“Então, isso caiu aqui no ouvido de alguns parceiros meus… o Capone… de vários amigos aqui do futebol… e os caras falaram pra mim ligar pra estar conversando ai, com você, com vocês…”

“Eu fui tentar com o Gleguer, o Gleguer acabou saindo do clube… o Horley Senna já não é mais o presidente… ai eu fiquei sem ter nada, na verdade… o menino deve estar ai no Guarani, ainda.. eu eu não quero prejudicar o menino, o garoto.. e eu queria pelo menos passar pra vocês essa possibilidade de, pelo menos, abrir a porta pra mim…”

“Não quero dinheiro de vocês, nada… quero que vocês só abram a porta pra mim continuar trabalhando com vocês… eu não quero sujar o Guarani, não quero sujar ninguém daí, com essas conversas, entendeu ? Só queria ver se você poderia dar ai alguma exceção pra gente estar trabalhando junto… entendeu ?”

“Eu tenho aqui a foto do presidente do Guarani, do pai do garoto… tenho tudo aqui, sabe ? As conversas tudo aqui… de Gleguer… todas as conversas eu tenho”

“Esse dias o meu parceiro estava para ir no programa do Neto, até… comentou comigo “não vou falar nada não”… “o Gleguer já não está mais lá, o Senna já não é mais presidente”… ai falou: “não, mas é o nome do Guarani que está em jogo”… ai eu falei “não, não vamos comentar nada disso… se os caras pisaram na bola com a gente…”, apesar de que o Senna não sabia que eu estava envolvido, que eu tinha aberto a porta… mas ai eu falei para ele: “vamos tentar ligar pra alguém, conversar com alguém lá… ver se os caras abrem as portas pra mim negociar direto com o clube, e deixar esses caras de lado… esse Gleguer”

“O Gleguer foi pra fora, na Coreia, agora, e então ele acabou nem mais comentando nada comigo”

“Eu acho que o outro rapaz está ainda colocando jogador ai, acredito eu”

“Então, eu só queria passar pra você que os caras não foram de palavra ai comigo… e eu só queria que vocês abrissem a porta ai pra gente estar colocando ai alguns garotos, sabe… negociando, entendeu ?”

“A gente é honesto… não quer dinheiro de ninguém… de empresário… a gente só quer essas oportunidades… que vocês abram essa oportunidade pra gente estar negociando, ta bom ? Esse jogador ai é de um amigo, e ele está querendo negociar com o Guarani, e eu estou apresentando pra vocês passar por pessoal ai, faz favor…”

2ª conversa

Ah! Tudo bem “seu” Sergio… já consegui entrar em contato com o pessoal aqui… já estou conseguindo aqui acessar o número do Gleguer, de novo, ai o Gleguer vai entrar em contato comigo pra estar conversando… ele falou que essa gestão ai não tem mais nada a ver com a outra gestão antiga… eu só queria mesmo uma informação… mas tranquilo”

“Mas surge ai esse jogador…. ve se você consegue negociar… a gente consegue ganhar ai em cima, entendeu ?”

“O empresário dele é um amigo meu.. se conseguir trazer ele ai, a gente racha: 50% pro clube, 50% o empresário racha com a gente”

“Se você conseguir alguma coisa ai pra gente… tá bom meu querido ? Muito obrigado, tá?”

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “R$ 50 mil: áudio de intermediário revela outra cobrança de Gleguer, com suposto aval de Horley Senna, para colocar jogadores no Guarani”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: