Advertisements

Raí cai na vala comum ao submeter jogadores às “Organizadas”

Cada vez mais pressionado pela falta de resultados e por contribuir para negociatas em seu departamento (os últimos gerentes de futebol contratados intermedeiam transações de jogadores), o ex-jogador Raí caiu ainda mais na vala comum da cartolagem após a derrota, vergonhosa, para o Talleres da Argentina, pela primeira rodada da Pré-Libertadores.

Ontem, os jogadores Hernanes, Nenê, Arboleda, Diego Souza e Everton foram obrigados pelo dirigente a reunirem-se com membros da facção “Independente”, de histórico conhecido nos bastidores da bola.

Esse tipo de atitude, além de ineficiente, expõe os jogadores ao convívio direto com marginais e, consequentemente, piora a relação destes com os dirigentes.

O São Paulo tem se esforçado bastante para a inédita “conquista” do rebaixamento.

Em 2019, seguindo nessa toada, tem tudo para conseguir o “objetivo”.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: