Advertisements

Rosenberg e a “ambição” do BMG dentro do Corinthians

Luis Paulo Rosenberg

Apesar de não ter participado de nenhuma reunião para o acerto da parceria entre BMG e Corinthians (por decisão de Ricardo Guimarães, dono do banco, que não lhe suporta), o “primeiro ministro” alvinegro, Luis Paulo Rosenberg, sem constrangimento, tentou faturar com o episódio.

Conduziu a entrevista coletiva sobre o anuncio do negócio e, como de hábito, alfinetou um dos rivais do Timão:

“(…) queríamos um parceiro, que estivesse na camisa sem nenhuma ambição ambição política dentro do clube”

Sem querer, porém, Rosenberg deu brecha ao contragolpe.

O Blog do Paulinho escutou, ontem, de relevante palmeirense:

“O Rosenberg deveria querer um parceiro sem nenhuma ambição em jogadores do clube”

É notório que o BMG atua no mercado de atletas como intermediador e também dono de direitos federativos (possui até um time para esquentar as operações, o Coimbra/MG), em parceria com os agentes Kia Joorabchian e Giuliano Bertolucci, verdadeiros responsáveis pelo contrato firmado, esta semana, entre o afamado “banco do mensalão” e o Corinthians.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: