Advertisements

Fernando Diniz no Fluminense

Contratado pelo Fluminense até o final de 2019. Fernando Diniz inicia, na próxima quarta-feira, a dura tarefa de conseguir colocar na cabeça de jogadores mal preparados desde as categorias de base sua doutrina de futebol, bela, mas que demonstrou eficiência apenas numa oportunidade: quando, injustamente, perdeu o título paulista de 2016 para o Santos.

Para dar certo faz-se necessário jogadores com bom preparo intelectual, habilidade para o futebol (principalmente no fundamento do passe) e uma retaguarda diretiva para eventuais resultados insatisfatórios no início do trabalho.

Cumprir o acordo até o final do ano é o prazo mínimo necessário à inseminação do conceito.

Foi assim no Audax e, guardadas as gigantescas proporções, que o Barcelona tornou-se conhecido pela maneira sempre clássica de jogar.

Unir beleza a resultados é um risco que o Fluminense faz bem em correr, alicerçador, em dando certo, de novos torcedores e de repercussão midiática, ambos necessários não apenas aos resultados esportivos, mas também a interesses comerciais.

Ficar como estava é que não levaria a lugar algum.

Entre ousar para voltar a crescer ou assegurar, covardemente, um lugar mediano no futebol brasileiro, o Fluminense fez a escolha correta, mas precisa trabalhar muito – e com paciência – para que as coisas aconteçam como planejado.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: