Advertisements
Anúncios

Em quatro dias, Bolsonaro se acertou com Temer e votou para retirar saúde e educação da população

Na sexta-feira, antes da votação da PEC 241, proposta pelo Governo Temer, que congelou investimentos em saúde e educação pelos próximos 20 anos, o deputado Jair Bolsonaro, em vídeo, criticou duramente a medida, explicitando voto contrário à proposta.

Logo após, acertou-se com o presidente.

Terça-feira, apenas quatro dias passados da gravação, não só ajudou a aprovar a imoralidade, como, em enorme cara de pau, postou vídeo desdizendo tudo o que havia pregado, anteriormente.

No Congresso, muitos parlamentares, principalmente os que permanecem, por décadas, no ofício, agem assim: vendem dificuldades para colher facilidades.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

4 comentários em “Em quatro dias, Bolsonaro se acertou com Temer e votou para retirar saúde e educação da população”

  1. Qual o procedimento para n ficar recebendo notificações suas?? por favor n quero mais receber suas notificações!!

  2. a verdade dói não é, Luiz Falconi? deve ser triste ter de bancar o avestruz para não ver as falcatruas e a desonestidade do seu corrupto de estimação…

  3. Também não acho que Bolsonaro seja a solução para nosso país.
    Mas essa ladainha de #elenão só mostra que o #elesim seria o bandido
    ex-presidente que está atrás das grades.
    Esse nunca mais, e nem seus representantes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: