Advertisements
Anúncios

Palmeiras é condenado a pagar R$ 2,2 milhões à CET

No dia 27 de julho, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), ingressou com ação de cobrança contra o Palmeiras, por serviços extras prestados no entorno da Arena Palestra, em dias de jogos e shows.

O valor do calote: R$ R$ 2,2 milhões.

A juíza Maria Fernanda de Toledo Rodovalho, da 16ª Vara de Fazenda Pública, julgou procedente o pedido, condenando o clube a arcar, também, com as custas judicais.

O Verdão terá agora a difícil tarefa de cobrar a WTORRE, que, co-autora de muitos destes eventos, apesar de não apenada neste processo (não era réu), evidentemente mantém responsabilidade sobre parte das pendências.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: