Advertisements
Anúncios

Bolsodoria ou Judasgripino ?

Em esperado comportamento, justificador de sua notória má-fama, o candidato ao Governo de São Paulo, João Agripino da Costa Doria Junior, antes mesmo da definição de primeiro turno das eleições presidenciais, já enfiava a faca nas costas do candidato de seu partido, Geraldo Alckmin (aparecendo em vídeo de apoio ao adversário, Bolsonaro), mesmo tendo sido, por ele, ajudado nas eleições municipais.

Refém de algum rabo preso ou, talvez, esperando a definição do pleito estadual, o PSDB engoliu a seco, quando deveria, imediatamente, tê-lo expulsado.

Alckmin não aguentou e tratou-o, em reunião interna do partido, como “traíra”.

Sem dar bola, Agripinio Dória adequou discurso aoà da extrema direita e passou, em postagens de mídias sociais, a assinar comentários com a hashtag “#bolsodoria”, evidenciando constrangedor oportunismo.

Ainda assim, mesmo rastejando para Bolsonaro, trata-se de união unilateral, marcada por declarações contundentes de dirigentes do PSL contra o reprovável tucano, entre os quais o Major Olímpio, eleito senador.

O povo, assim como já ocorreu entre políticos e a imprensa, há de perceber.

A face Escariotes de Dória, talvez pela inabilidade em esconde-la, é ainda menos grave do que o histórico de vida antes e durante o exercício do cargo na Prefeitura de São Paulo, que abandonou pouco mais de um ano após ter jurado não fazê-lo, na tentativa, fracassada, de candidatar-se à presidência, amenizada pelo partido com a indicação ao Governo do Estado.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: