Jogadores tratam diretor adjunto de futebol do Corinthians como “bico de sapato”

Apelidado “Toto” nos bastidores da política alvinegra, por conta da submissão aos que frequentam o poder, o diretor adjunto de futebol, Jorge Kalil, virou motivo de chacota dos atletas do Corinthians.

Quando aparece no CT logo se escuta nas rodinhas:

“Lá vem o “bico de sapato””

A “homenagem” se dá por conta do protuberante nariz em desarmonia com o restante da face do dirigente.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.