Advertisements
Anúncios

Marketing do Corinthians faz “lobby” de empresas ligadas a Rosenberg em entrevista a site de torcedores

Andres Sanches, Luis Paulo Rosenberg e Caio Campos, em confraternização da SPR – julho de 2017

Ontem, num site de torcedores, dizem, simpático ao diretor de marketing do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, o funcionário deste departamento no Timão, Caio Campos, concedeu panfletária entrevista.

Disse, em exemplo, que o clube ofereceu a parceiros antigos a possibilidade de fechar patrocínio master na camisa alvinegra, citando, especificamente, Hypermarcas, Medial Saúde e CAIXA.

O que não explicou, talvez por não ter sido questionado, é que as duas primeiras são clientes pessoais de Rosenberg.

A Hypermarcas, inclusive, gerando condenação recente ao Corinthians após promessa a intermediário de comissionamento pago “por fora”, mas não honrado:

Saiba como Corinthians, Ronaldo e Rosenberg prometeram 10% “por fora” a intermediador de contrato com Hypermarcas

E a Medial, figurando à época em que chegou ao Timão, em 2009, no site de Rosenberg, com este se gabando de ter fechado negócios de R$ 253 milhões, pelos quais, evidentemente. foi comissionado:

Rosenberg e Medial Saúde

Com relação à CAIXA, investigada pelo MPF por não aplicar clausula contratual que puniria o Corinthians por ter em seu quadro diretivo dois parlamentares (proibido por lei), é difícil acreditar em negócio neste momento.

A dissimulação de Caio Campos extrapolou limites quando o assunto do bate-papo passou a ser a “SPR”, ex-“Poá Têxtil”, empresa em que ocupava a função de CEO até um mês atrás, sob as ordens de Rosenberg e Andres Sanches, sócios ocultos do empreendimento.

Existem dezenas de ações judiciais interpostas por lojistas da rede “Poderoso Timão, vítimas de irregularidades diversas da “franqueadora” e também “fornecedora” de produtos.

Sobre isso, Campos respondeu:

“Esse problema tem de ser resolvido. O Luis Paulo (Rosenberg, diretor de marketing) está em cima disso, estamos perto de resolver, de um acordo para uma solução. Temos cerca de 50 lojas oficiais hoje em dia. A diretoria e a SPR estão perto de um acordo para resolver essa situação toda das lojas oficiais, só não consigo nem posso falar os termos desse acordo. Mas precisamos que as coisas sejam como eram antes, trata-se de um dos nossos quatro pilares no departamento. Já deu muito dinheiro no passado e precisa voltar a dar dinheiro agora. Há várias pendências dos dois lados, mas é preciso resolver o quanto antes”

A “diretoria e a SPR”, na prática, são as mesmas pessoas.

O problema mais famoso envolvendo lojista e a SPR é o da loja oficial localizada à porta do Parque São Jorge, sede do Corinthians.

Há algum tempo, tudo indica, com objetivo de absorver o ponto comercial, Nike e SPR pararam de fornecer material do clube para revenda, obrigando o proprietário, que vem ganhando ações judiciais contra todas as partes – inclusive o conivente Corinthians, a se virar.

Dissimulado, Caio Campos explicou:

“Eu já conversei com o dono da loja, o Rodrigo, a gente está tentando um acordo, seja para ele sair ou continuar, assim como ele desejar melhor…mas temos de resolver. Não podemos ter uma loja no clube daquele jeito, com produtos que não são do clube, prejudicando a todos. Queremos melhorar a situação para o nosso torcedor. Estamos pensando em várias possibilidades, queremos um acordo. Se não tiver, pensaremos em outras estratégias para atender ao torcedor. A questão do processo e do aluguel ele já ganhou, ele tem direito de explorar comercialmente o local, só não pode explorar com produtos que não sejam do clube”

Para finalizar, o dirigente alvinegro deu “ar de suspense” ao responder se a parceria “SPR” e Corinthians”, ambos controlados pelas mesmas cabeças, continuará:

“O acordo entre o clube e a SPR está vigente. A licença exclusiva de branding (gestão da marca) é da Nike, a gente vai sentar com eles (gestores da empresa americana) para decidir isso também, quem continua ou não. É importante para a Nike, até pelo contrato longo com o clube, que tenha um ótimo relacionamento com a empresa que for tocar isso dentro das diretrizes dela. Estamos definindo isso, mas sempre consultando a Nike antes de tomar qualquer decisão”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: